Professora expulsa aluna que levou filha a universidade e turma deixa sala em protesto

A professora justificou alegando que "pessoas não matriculadas não podem ficar em sala de aula”.

Estudante de pedagogia da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) foi expulsa da sala de aula, pois precisou levar a filha de 6 meses para a faculdade. A professora justificou alegando que “pessoas não matriculadas não podem ficar em sala de aula”.

A aluna disse que, geralmente, o marido fica com a bebê, mas ele precisou trabalhar até mais tarde naquele dia, então, ela levou a filha para a aula, já que não encontrou ninguém que ficasse com a menina em cima da hora.

“Já ocorreram outros imprevistos, precisei levar ela comigo e fui super acolhida na faculdade. Então, a meu ver, não tinha nenhum impedimento para levá-la comigo”, conta a jovem.

Ela foi repreendida pela professora na frente dos colegas, que não aceitaram a decisão. Assim, os alunos da sala resolveram apoiar a menina e combinaram de sair da sala para ninguém assistir à aula da professora.

O caso ganhou repercussão e outros alunos da faculdade se uniram à estudante e fizeram manifestação pelo direito de educação das mães matriculadas na instituição. Mulheres protestaram com cartazes e entoaram: “Ah, não vou parar. Eu tenho filho, mas eu quero estudar!”.

Diante da repercussão negativa, a professora pediu desculpas à estudante em sala de aula, apesar de reiterar que a criança não poderia ocupar espaços da faculdade.

+ sobre o tema

Nota de preocupação e repúdio

Carta Aberta à Drª Gilda Carvalho Ministério Público Federal NOTA DE...

Dia de Luta pela Saúde da Mulher e de Redução da Morte Materna

A deputada Inês Pandeló, Presidente da Comissão de Defesa...

para lembrar

As possibilidades trazidas pela nota do Enem

Participantes podem acessar as universidades públicas e ter financiados...

‘Com a política de cotas, a universidade passa a ser uma possibilidade real’

Com a política de cotas, a universidade passa a...

Racionais são primeiros negros a receber título honorário da Unicamp

Em 35 anos de carreira, os Racionais MC’s quebraram...

Ensino Médio na pandemia: como recuperar a aprendizagem

Com altos índices de evasão escolar, baixo engajamento e...
spot_imgspot_img

Em defesa das cotas raciais – uma resposta à Folha de São Paulo

Nos últimos dias a Folha de São Paulo, um dos principais jornais do país, tem publicado matérias e editoriais defendendo abertamente o fim das...

Sindicatos e pesquisadores contestam parecer que pede exoneração de professora

É equivocado o parecer da Procuradoria Federal da Advocacia Geral da União (AGU) que determinou a exoneração imediata da professora da Universidade Federal do Espírito...

Implementar a Lei 10.639 é garantir o direito ao acesso à história

 “Na língua zulu , quando uma pessoa passa pela outra, uma diz: ‘Eu estou te vendo’. A outra responde: ‘Sim, eu estou aqui’. Quando...
-+=