Professora lança livro sobre mulheres negras de sucesso

A trajetória escolar e profissional de docentes negras, da rede municipal de ensino de Cuiabá, é tema do livro da professora Carmem Cinira Siqueira Leite, que será lançado nesta terça-feira (08-11), às 19h30, no Instituto de Educação da UFMT.

A publicação é resultado de uma pesquisa realizada pela autora para a elaboração da dissertação de mestrado, apresentada em 2006.

O estudo revela histórias de superação de mulheres afrodescendentes em relação ao sexismo e racismo, que atuam como professoras na capital, denominadas “mulheres negras de sucesso”.

Carmem Cinira Siqueira Leite é cuiabana e professora efetiva da rede municipal de ensino de Cuiabá. Atualmente, desempenha a função de assessora pedagógica na Secretaria Municipal de Educação (SME) e atua como formadora na área de Educação para as Relações Etnicorraciais. Carmem é licenciada em Pedagogia, especialista em Relações Raciais e Educação e mestre em Educação pela UFMT. Também é pesquisadora associada do Núcleo de Estudo e Pesquisa sobre Relações Raciais e Educação (NEPRE).

Fonte: Circuito Mato Grosso

+ sobre o tema

Machismo e racismo são cerne da violência cotidiana contra mulheres negras

No mar de violência contra a mulher, nos deparamos...

Como Aretha Franklin transformou uma música sexista em hino feminista

Uma das gravações mais influentes na história do R&B,...

Transmissão ao vivo do Workshop: Enfrentando a Violência Racial e de Gênero

Geledés Instituto da Mulher Negra esta realizando o Workshop ...

para lembrar

Não basta estuprar, tem que filmar e jogar na internet

Isso aconteceu no penúltimo domingo e até agora só...

Permanência e mudanças: mulheres negras no trabalho

Reivindicações de escravos do século XVIII guardam semelhanças com...

Rebeca Andrade é prata no solo, e Flávia Saraiva fica com bronze

O Brasil colocou duas ginastas no pódio das finais...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=