Guest Post »

Programa de TV se desculpa por quadro ‘racista’

fonte: Abril –

 

O apresentador de um programa de calouros australiano pediu desculpas pela exibição de uma paródia do Jackson Five depois que ela foi apontada como racista. O quadro foi apresentado por seis homens brancos, cinco deles com o rosto pintado de preto e um maquiado de branco. Um dos jurados, o ator americano Harry Connick Jr, considerou a sátira ofensiva e deu nota zero.

O incidente aconteceu na quarta à noite, durante o programa Hey Hey It’s Saturday (assista ao vídeo abaixo). Cinco homens entraram no palco, todos de perucas afro e de maquiagem negra. Vestidos de ternos brancos, eles começaram a cantar e dançar, até que entrou um sexto personagem, parodiando Michael Jackson, com o rosto pintado de branco. Apesar de ser um tipo de humor comum na Austrália – assim como no Brasil -, essa forma de representar os negros é considerada racista nos Estados Unidos.

 

Quando chegou o momento de dar sua nota, Connick, de 42 anos, estava visivelmente incomodado. “Cara, se eles aparecessem assim nos Estados Unidos, não haveria mais show”, afirmou. Diante do constrangimento, o apresentador Daryl Somers voltou a tocar no assunto no final do programa, para se desculpar: “Eu sei que, para os seus compatriotas, é um insulto ter uma rotina desse tipo no programa, então eu peço desculpas”, disse.

 

Connick aceitou o pedido, mas destacou que não teria vindo ao programa se soubesse do esquete. “Só quero dizer, em nome do meu país, que eu sei que foi feito com intenção de humor, mas nós gastamos muito tempo tentando fazer os negros não parecerem bobos e quando vemos algo assim, realmente machuca”, explicou.

 

Matéria original

Related posts