Programas assistenciais representam 28% da renda dos mais pobres, diz IBGE

Os programas de transferência de renda, como o Bolsa Família do governo federal, já representam 28% do rendimento das famílias mais pobres brasileiras, segundo estudo divulgado nesta sexta-feira (17) pelo IBGE (Insituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em 2009, de acordo com a Síntese de Indicadores Sociais, o rendimento proveniente do trabalho (ou seja, o salário) representava 66,2% do orçamento dos lares brasileiros entre as famílias mais pobres, que possuem renda per capita de até ¼ de salário mínimo. Por sua vez, aposentadoria e pensão representam 5,8%.

Nesse mesmo grupo, 28% do rendimento foi classificado como “outras fontes”, o segundo mais importante na composição da renda. Na média nacional, esse índice é de 5%.

Como “outras fontes”, o IBGE inclui, além dos programas de transferências de renda municipais, estaduais e federais, rendimentos provenientes de alugueis, aplicações e até adoções.

Em 1999, as “outras fontes” representavam apenas 4,4% da renda das famílias mais pobres. O IBGE atribui esse aumento do peso das “outras fontes” na renda (de 4,4% para 28%) à “expansão recente de programas de transferência de renda focalizados na população mais pobre, como o Bolsa Família, o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social, entre outros de âmbitos estadual e municipal”.

Nas famílias em que a renda per capital varia de ¼ a ½ salário mínimo, a segunda faixa mais pobre, a renda proveniente de “outras fontes” é a que possui o menor peso no orçamento (10,7%). Em primeiro lugar vem trabalho (75,2%) seguido por aposentadoria e pensão (14%).

Na média nacional, o trabalho representa 76,2% do rendimento familiar, aposentadoria e pensão, 18,8%, e outras fontes, 5%.

renda_pobres2

Fonte: Folha

+ sobre o tema

Convenção da extrema direita espanhola é alerta para o Brasil

"Manter o ideal racial de um continente branco de...

Aprovado no Senado, PL dos planos de adaptação esboça reação a boiadas do Congresso

O plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (15/05)...

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

para lembrar

Jornalistas da Folha de S.Paulo debatem sobre desigualdade social no Galpão ZL

De um lado, profissionais de um jornal de grande...

Carta Aberta Sobre o Estatuto da Igualdade Racial

MANIFESTO EM DEFESA DOS DIREITOS E DA AUTONOMIA POLÍTICA...

A internet é vitrine onde a classe C se mostra e quer ser vista

Renato Meirelles: 17% acham que mal vestidos deveriam ser...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um alerta sobre o impacto econômico e social das mudanças climáticas que atinge todo o mundo....

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2024, ano-base 2023, termina em 31 de maio. Até as 17 horas do dia 30 de...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...
-+=