Racismo – FBI investiga assassinatos de negros nos EUA

O FBI se juntou a uma investigação das mortes de três negros na cidade de Tulsa, no Estado americano de Oklahoma.

Três homens foram mortos a tiros e outros dois ficaram gravemente feridos na sexta-feira.

Os crimes ocorreram em um raio de cinco quilômetros e a polícia local afirma que podem se tratar de crimes raciais.

Líderes comunitários tentaram acalmar a população, que teme mais ataques.

A polícia está procurando um homem branco dirigindo uma caminhonete branca que foi visto na região de três dos disparos.

Mas ainda não foi confirmado se houve uma motivação racial para os ataques.

Fonte: BBC Brasil

+ sobre o tema

CPMI dos Atos Golpistas: o eixo religioso

As investigações dos atentados contra a democracia brasileira envolvem,...

Nova Iguaçu: Primeiro Núcleo de Atendimento às Vítimas de Intolerância Religiosa é inaugurado na cidade

Pioneiro no Brasil, o Navir vai oferecer atendimento psicológico,...

Série Heranças da Escravidão mostra a ascensão dos negros na nova classe média

  Série mostra diferenças sociais entre negros e brancos A quarta...

Ato marca cinco anos do dia de maior repressão das Jornadas de Junho

Sérgio Silva, fotógrafo que perdeu a visão por disparo...

para lembrar

Um problema de cor

Vidas negras importam? Não no Brasil, mostram os números...

Comissão do Senado aprova cotas de 50%

  A Comissão de Direitos Humanos do Senado...

Cotistas são recepcionados no ICC Norte

Fonte: Clica Brasilia - Johnatan Reis da Silva,...
spot_imgspot_img

Da neutralidade à IA decolonial

A ciência nunca esteve isenta das influências e construções históricas e sociais do colonialismo. Enquanto a Revolução Industrial é frequentemente retratada como o catalisador...

O papel de uma líder branca na luta antirracista nas organizações 

Há algum tempo, tenho trazido o termo “antirracista” para o meu vocabulário e também para o meu dia a dia: fora e dentro do...

Mortes pela polícia têm pouca transparência, diz representante da ONU

A falta de transparência e investigação nas mortes causadas pela polícia no Brasil foi criticada pelo representante regional para o Escritório do Alto Comissariado...
-+=