Racismo, pornografia infantil e apologia a crimes contra vida lideram delitos na internet

De acordo com pesquisa da Safernet Brasil, instituição formada por cientistas, professores e pesquisadores que buscam combater crimes e violações aos direitos humanos na internet, o número de reclamações relativas somente à rede social Facebook cresceu 264% em 2012.

 
Fonte: EBC

+ sobre o tema

Perda de direitos trabalhistas coloca em risco a dignidade humana

O século 20 foi marcado por muitas guerras, mas...

A Frente Negra Brasileira

por Clovis Moura No bojo dessa movimentação ideológica da comunidade...

para lembrar

Stephanie Ribeiro: Nossa apatia também colocou o nazismo nas ruas

Colunista de Marie Claire, Stephanie Ribeiro compara os ataques...

Esta foto circulou pelo WhatsApp em mais um absurdo episódio de racismo no Brasil

Edna Matos e a filha, Dandara Matos, tiveram foto...

“Fui presa por solicitar socorro a uma pessoa negra baleada”

Andreia Luiza Rosa, 42 anos, moradora da zona leste...

Chimamanda Ngozi Adichie: ‘É impossível falar sobre racismo sem causar desconforto’

Escritora nigeriana cria trama de amor e preconceito que...
spot_imgspot_img

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....
-+=