Racismo: UEFA ameaça sanções mais pesadas e avisa árbitros

Resolução da UEFA pretende intensificar o combate à discriminação

 

A UEFA emitiu uma resolução que pretende «intensificar» a luta contra o racismo. Recomenda expressamente aos árbitros para interromperem jogos no caso de manifestações racistas e pede às Federações e Ligas que façam o mesmo.

Esta tomada de posição é uma resolução do Conselho Estratégico do Futebol Profissional da UEFA, que inclui representantes das federações nacionais, dos clubes, das Ligas e dos jogadores, e foi aprovada por unanimidade. C

Começa por constatar que, apesar das medidas tomadas, temos assistido a «manifestações racistas generalizadas no continente», e conclui condenando todas as formas de discriminação, além do racismo no sentido mais restrito.

A resolução também pede que sejam criadas sanções mais pesadas e que os organismos disciplinares as apliquem. Apela igualmente aos jogadores e treinadores, «nomeadamente os que têm mais influência junto dos autores de atos racistas, «para falarem, mesmo que isso signifique criticar os seus próprios adeptos ou jogadores».

 

 

Fonte: Mais Futebol

+ sobre o tema

Contra preconceito, jovens de Cascavel apagam pichações xenofóbicas da cidade

Contra preconceito, jovens de Cascavel apagam pichações xenofóbicas da...

“Ninguém nasce odiando, para ser racista é preciso ter o aprendizado do ódio”

As educações que ensinam o racismo por Ricardo Alexandre Correa...

Nova Iguaçu: Primeiro Núcleo de Atendimento às Vítimas de Intolerância Religiosa é inaugurado na cidade

Pioneiro no Brasil, o Navir vai oferecer atendimento psicológico,...

Estará a maré a virar contra Farage?

Por: MARIA JOÃO GUIMARÃES  -  Foto: ADRIAN DENNIS/AFP Declarações racistas contra romenos...

para lembrar

Julgamento de jovens brancos relança debate sobre racismo na África do Sul

Mural com imagem de Nelson Mandela: 16 anos...

Lázaro Ramos causa alvoroço na Marcha contra Genocídio do Povo Negro em Salvador

Por: Marivaldo Filho O ator baiano Lázaro Ramos participou, na...

Movimentos sociais protestam em SP contra violência policial no Brasil

  Movimentos sociais se reuniram na terça-feira, em...

“O Brasil é um país racista envergonhado”

“Não que a pessoa seja racista 24 horas, ela...
spot_imgspot_img

Como o diabo gosta

Um retrocesso civilizatório, uma violência contra as mulheres e uma demonstração explícita do perigo que é misturar política com fundamentalismo religioso. O projeto de lei...

Homens, o tema do aborto também é nossa responsabilidade: precisamos agir

Nesta semana, a escritora Juliana Monteiro postou em suas redes sociais um trecho de uma conversa com um homem sobre o aborto. Reproduzo aqui: - Se liberar o...

A falácia da proteção à vida

A existência de uma lei não é condição suficiente para garantir um direito à população. O respaldo legal é, muitas vezes, o primeiro passo...
-+=