Ban Ki-moon diz que “racismo ainda é ameaça” em todo o mundo

Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, para a data, observada em 25 de março de 2013.

 

“O comércio de escravos durou 400 anos e fez mais de 15 milhões de vítimas. Os africanos e as pessoas de ascendência africana foram vítimas desses atos brutais e continuam sofrendo suas consequências.

No Dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravidão e do Comércio Transatlântico de Escravos, dizemos ao mundo que nunca esqueça este crime contra a humanidade.

Não devemos nunca esquecer as torturas, os estupros e os inocentes assassinados, homens, mulheres e crianças, as famílias que foram separadas, as vidas que foram interrompidas e as horríveis condições nos navios negreiros, nas plantações e nos mercados de escravos. Estas degradações não podem ser enterradas pelo tempo, elas devem ser examinadas e compreendidas.

Ao refletir sobre as consequências desta tragédia contemporânea, vamos lembrar a coragem daqueles que arriscaram tudo pela liberdade e daqueles que os ajudaram nesse caminho perigoso. A sua coragem deve nos inspirar na luta contra as formas contemporâneas de escravidão, o racismo, a discriminação racial, a xenofobia e a intolerância correlata.

Neste ano, juntamente com a reflexão solene, temos um motivo especial para comemorar. Lembramos os 150 anos desde que Abraham Lincoln libertou milhões de afro-americanos da escravidão.

Este ano marca também outros acontecimentos importantes. Em 1833, a escravidão terminou no Canadá, nas Índias Ocidentais Britânicas e no Cabo da Boa Esperança. Há 170 anos, em 1843, a Lei da Escravatura Indígena foi assinada. A escravidão foi abolida há 165 anos na França, há 160 anos na Argentina, há 150 anos nas ex-colônias holandesas e há 125 anos no Brasil.

Neste dia, comprometamo-nos a honrar e restaurar a dignidade das pessoas afetadas e intensificar os esforços para eliminar os resquícios de escravidão que ainda persistem em nosso mundo.”

 

Fonte: ONU

+ sobre o tema

Retomando O Avesso da Pele

“O Avesso da Pele permite compreender como é ser negro...

“Avatar” acusado de racismo

Uma «fábula messiânica branca» ou «uma fantasia racial por...

Fernando Conceição – A grande mídia contra as ações afirmativas

- Fonte: Observatório da Imprensa - Por Fernando Conceição*...

para lembrar

Mapa da violência 2010 – Anatomia de Homicídios no Brasil

Criada no início do processo preparatório da III Conferência...

Crispim Terral denuncia caso de racismo em banco de Salvador

Crispim Terral denunciou nas redes sociais, nesta segunda-feira, 25,...
spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=