sexta-feira, setembro 30, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaRapper Akon anuncia contrato de R$ 31 bilhões para construir “Wakanda” na...

Rapper Akon anuncia contrato de R$ 31 bilhões para construir “Wakanda” na África

Akon garantiu um contrato de US$ 6 bilhões, cerca de R$ 31,2 bi, para construir sua cidade temática de sua própria criptomoeda no Senegal, relata o PRWeb. O cantor americano senegalês assinou um contrato com a empresa de engenharia e consultoria dos Estados Unidos, KE International, no início deste mês. A KE International recebeu US$ 4 bilhões iniciais dos investidores e os utilizará para concluir a primeira e a segunda fases da construção.

Espera-se que a primeira fase seja concluída até o final de 2023. Ela incluirá a construção de estradas, um campus do Hospital Hamptons, Hamptons Mall, uma delegacia, uma estação de tratamento de resíduos, uma escola e uma usina. A Fase 2 terminará em 2029 e se concentrará na integração de negócios para rodar na criptomoeda AKOIN da Akon. Também haverá parques, um estádio, universidades e um complexo industrial.

Os parceiros da Akon City incluem o empresário e investidor queniano com sede nos EUA, Julius Mwale. Como Akon, Mwale está trabalhando com a KE International para criar seu projeto de US $ 2 bilhões chamado Mwale Medical and Technology City no Quênia. Além disso, o presidente do Senegal, Macky Sall, atribuirá à Akon City uma zona tributária especial, com incentivos fiscais destinados a incentivar as empresas a investir.

Através da KE International, a Akon City será uma cidade certificada como Líder em Energia e Design Ambiental (LEED), operação com energia 100% renovável. Esta será apenas a segunda cidade LEED na África, depois da cidade médica e tecnológica de Mwale, em Mwale. Espera-se que toda a construção da cidade de Akon seja concluída em 2030.

Em algumas entrevistas, Akon não negou que sua inspiração para a Akon City foi a cidade fictícia de Wakanda. terra do herói Pantera Negra, o local altamente tecnológico e desenvolvido fica escondido do resto do mundo. O que não vai acontecer com a Akon City, que tem tudo para se transformar em um grande ponto turístico do Senegal.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench