Redução da maioridade penal

Certa vez ouvi de um amigo que, numa determinada fase da vida, a memória fica mais forte em lembranças antigas do que fatos recentes. Não sei se isso é real ou por estar impressionado com os números divulgados sobre a morte de jovens negros no Brasil, mas, ultimamente, sempre me vem à mente o período de 12, 14 ,16 e 17 anos de idade, época que eu vivia em São Mateus, bairro periférico da capital paulistana, região de altos índices de violência em números que persistem por lá até hoje.

Por  Maurício Pestana via Guest Post para o Portal Geledés

O famoso, “mão na cabeça aí vagabundo!”, da primeira batida policial, não dá para esquecer, os minutos (poucos ou muitos), que se tem uma arma mirada para a cabeça com 11 ou 12 anos de idade te marcarão para sempre, principalmente quando cruzar com uma viatura da polícia no seu caminho.

Neste período outros fatos grudaram na minha memória de adolescente, em São Mateus, divisa com o ABC paulista, local de grandes manifestações metalúrgicas do final dos anos de 1970 que desafiaram a ditadura militar. Eram manifestações reprimidas também pelo tal “esquadrão da morte” – polícia política do Regime que tinha naquele bairro um dos locais de sua “desova”. Então, outro fato comum no caminho da escola quando eu ainda cursava o primário era cruzar, com corpos atirados no chão, que o povo dizia serem vítimas do esquadrão.

Quando recordo este período, lembro de muitos amigos quase crianças que não ultrapassaram essa fase da dupla jornada de estudo e trabalho para ajudar em casa, dos que também optaram por um sonho de riqueza fácil e uma vida curta, dos que o álcool e outras drogas, potencializado pela falta de perspectiva os levou, dos que desapareceram e continuam desaparecendo todos os dias deixando milhares de mães, irmãos, amigos na dor e desespero.

Todos, com uma coisa em comum, em geral a cor da pele e a falta de oportunidades, vítimas de décadas de abandono do Estado brasileiro. Oportunidade que uma boa parte desse Congresso quer diminuir ainda mais com a redução da maioridade penal para 16 anos.

+ sobre o tema

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira...

É sórdido condenar vítima de estupro por aborto

É sórdido e apequena a política o Projeto de...

Geledés repudia decisão da Câmara sobre aborto

Geledés – Instituto da Mulher Negra vem a público...

para lembrar

A Globo e seu TOC

Em A negação do Brasil (documentário datado de 2000),...

Por que bebês de várias partes do mundo estão dormindo em caixas de papelão?

Uma tradição que remonta à década de 1930 é...

Vice de Obama busca ‘sintonizar’ Brasil e EUA durante visita

  Figura política de peso no governo americano, o vice-presidente...

Boaventura Santos: “Desculpe, Presidente Evo”

Esperei uma semana que o governo do meu...

Mulheres vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio; confira locais dos atos

Mulheres vão às ruas de diversas partes do país em protesto contra o avanço, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que equipara...

Taxação dos super-ricos tem que ser encarada de frente, diz Neca Setubal

Maria Alice Setubal diz que não saiu ilesa daquele 2014. O ano era de eleição presidencial, e Neca, como é conhecida, integrava o núcleo duro...

Salário menor na advocacia é mais frequente entre mulheres e negros

A proporção de advogados na menor faixa salarial da categoria é maior entre negros e mulheres, segundo levantamento da OAB (Ordem de Advogados do Brasil) que...
-+=