quarta-feira, dezembro 7, 2022
InícioDiscriminação e PreconceitosRepórter da Globo relata ataque de xenofobia contra o filho

Repórter da Globo relata ataque de xenofobia contra o filho

Correspondente da Globo e da GloboNews em Nova York, a jornalista Sandra Coutinho contou ao vivo que o filho, Gabriel, sofreu ataque de xenofobia na semana passada em uma rua de Nova York.

O comentário foi feito ao vivo durante o programa Em Pauta, da Globonews, na sexta-feira 13. A discussão no estúdio abordava as reações intempestivas e furiosas de Donald Trump e o exemplo que essas atitudes poderiam dar ao cidadão comum. “Discurso controverso do presidente eleito influencia comportamento do americano comum?” era o que aparecia no vídeo.

Coutinho, então, falou:

“Eu tenho de contar uma história pessoal, apesar de meu filho não querer que eu conte de jeito nenhum, que é a seguinte: anteontem, meu filho estava andando ouvindo música brasileira no fone de ouvido – está com mania de Seu Jorge, como eu – e uma pessoa parou ao lado dele e o olhou, incomodada. O sujeito simplesmente puxou o fone de ouvido dele, o empurrou e falou assim: “volta pro seu país, sua bicha”.

Sandra Coutinho foi promovida recentemente pela Globo. Sua promoção teria ocorrido após sua participação numa entrevista coletiva de Barack Obama e Dilma Rousseff, em Nova York. A pergunta da jornalista foi: “O Brasil se vê como um ator global e liderança no cenário mundial, mas os EUA nos veem como uma potência regional. Como você concilia essas duas visões?”. Desde então, Coutinho tem aparecido com reportagens da cidade americana no Jornal Nacional, principal telejornal da emissora.

No Twitter, a jornalista tinha adiantado o caso do filho e finalizado com: “Era Trump”.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench