Rio de Janeiro terá corrida contra racismo no dia 20 de novembro

A intervenção pretende mobilizar 120 pessoas

Do Webrun

No dia da Consciência Negra acontece a 1ª corrida “Sim à Igualdade Racial”, que celebra o lançamento da campanha de mesmo nome, no Rio de Janeiro. Promovida pela ID_BR tem como objetivo mobilizar a população para uma conscientização sobre o tema. Ao todo são esperadas cerca de 120 pessoas no evento. O evento é gratuito.

Os interessados podem confirmar a participação pelo Facebook, na página “Sim à Igualdade Racial”. A corrida, de cinco quilômetros será uma grande intervenção pelo roteiro histórico do Rio. A concentração será nos Arcos da Lapa e a chegada no Cais do Valongo, local que já foi a porta de entrada para milhares de escravos no Brasil, no século XIX.

Os 50 primeiros que chegarem ao local, e derem check in como participantes da corrida, ganharão a camisa da campanha “Sim à Igualdade Racial” e poderão fazer o percurso com ela.

Como parte das atividades do evento, a partir das 12h30, haverá um debate sobre o lançamento da campanha “Sim à Igualdade Racial”, com a CEO da ID_BR, Luana Génot, e, logo depois, a exibição de trechos do filme “A Princesa e o Sapo”, com discussão sobre a questão racial no filme e ainda a exposição Negro Nobre. Na chegada, no cais do Valongo, acontecerá um show do MC Aori e convidados e será feito um grafite com a logomarca da campanha Sim à Igualdade Racial.

De acordo com a CEO da ID_BR, Luana Génot, a campanha “Sim à Igualdade Racial” tem como intuito engajar continuamente a sociedade civil, independente da cor de pele ou raça, na luta contra o racismo e na reflexão sobre causas sociais que movem a população.

Informações
Data: 20 de novembro
Horário: 12h30 (Pré- corrida) – Debate sobre racismo
13h45 -14h Check in Corrida- Os 50 primeiros a chegarem na largada e derem check in como participantes da corrida, ganharão a camisa da campanha “Sim à Igualdade Racial”
14h (Arcos da Lapa) – Alongamento Afrovibe e largada

+ sobre o tema

Comunidade quilombola do Amapá recebe certificação

  A comunidade remanescente de quilombolas Kalumbu do...

e-Book: Onde está Jonathan Makeba

Jonathan Makeba é um personagem real. Ele é...

‘Cherish the Day’: Nova série de Ava DuVernay ganha data de estreia

‘Cherish the Day’, nova série da OWN criada por...

Adriana Alves mostra o rostinho de Olivia, sua filha com Olivier Anquier

Adriana Alves mostrou o rostinho de sua primeira filha...

para lembrar

Actor Danny Glover arrestado durante protestas en Washington

El actor estadounidense Danny Glover fue arrestado este...

Poesia Erótica nos Cadernos Negros

O erotismo está presente na literatura da antigüidade até...

‘Olhos que Condenam’, a série da Netflix sobre caso de condenação injusta de 5 jovens negros

Dirigida por Ava DuVernay, produção divida em 4 episódios...

Acordo que permitirá presença de juízes de Moçambique em cursos da Enfam

Ministro Cesar Rocha assina acordo que permitirá presença de...
spot_imgspot_img

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...
-+=