Guest Post »

Sebrae abre 30 vagas para programa de fomento ao afroempreendedorismo

O Sebrae abriu as inscrições para o programa Sebrae Moda Afro. São 30 vagas no programa de fomento para donos de negócios negros do segmento de moda (desde que moradores da Região Metropolitana do Rio) e que produzam, de forma artesanal ou industrial, vestuário e acessórios com referências da matriz cultural afro-brasileira ou pan-africana, promovendo a valorização delas. As candidaturas serão aceitas até 16 de março.

Sebrae atende empreendedores gratuitamente Foto: Divulgação

Por Ana Clara Veloso, do Extra 

— O programa está dividido em duas etapas. Na primeira, ocorre a capacitação em gestão, com foco específico em gestão financeira e marketing digital. Na segunda, a parte específica para inovação do produto, com uma curadoria individualizada e focada em design e sustentabilidade. A gente espera com isso tornar os produtos mais competitivos para o mercado de moda do Rio de Janeiro. Às vezes, uma mudança na etiqueta torna o produto mais vendável — afirma a analista do Sebrae/RJ, Suzana Mattos.

Os focos do programa, inédito em todo o país, foram determinados a partir de um estudo de demandas dos afroempreendedores. A pesquisa identificou, por exemplo, que a moda é o segmento predominante entre eles.

— Os produtos não servem só pra ganhar mais renda. Há toda uma questão de resgaste à cultura afrobrasileira — completa Suzana.

O edital e o formulário de inscrição para o Sebrae Moda Afro estão disponíveis aqui. O resultado será divulgado no site do Sebrae/RJ, no dia 3 de abril. O Sebrae dará ainda apoio para a legalização completa do negócio – CNPJ (MEI), alvará de funcionamento e cadastro na Nota Carioca.

 

Related posts