quarta-feira, setembro 23, 2020

    Tag: Afroempreendedorismo

    Najara Black ficou conhecida por causa da marca de roupas (Foto: Rafael Martins)

    Influenciadoras negras lutam para ser valorizadas pelas marcas

    Ao navegar pelo Instagram é possível encontrar muitas pessoas que trabalham produzindo conteúdo digital sobre diversos assuntos. Um nicho que fez muito sucesso nos últimos anos foi o das influenciadoras de moda, beleza e do chamado lifestyle (estilo de vida). Essas mulheres são pagas por marcas para divulgar seus produtos por causa da sua influência e popularidade. Antes, era muito comum a escolha de um influenciador para divulgar a empresa avaliando apenas o número de seguidores do seu perfil. Atualmente, com as novas métricas da plataforma, que são constantemente atualizadas, isso vem mudando. No entanto, o boom das influenciadoras digitais no Instagram se deu em um mercado dominado por mulheres brancas. Com o passar do tempo e com a profissionalização dessa prática, os influenciadores começaram a atingir outros públicos e, consequentemente, a plataforma ganhou criadores de conteúdo mais diversos. Mulheres negras conquistaram um local importante e se tornaram reconhecidas também ...

    Leia mais
    Dona de um brechó ambulante, Maricléia Camargo se reinventou na crise com ajuda do coletivo Foto: Instagram/@brecho_bemtequer

    Afroempreendedoras produzem máscaras e geram renda para trabalhadoras informais

    Antes da pandemia, Maricléia Camargo Cassiano, de 38 anos, pagava todas as suas contas com a venda de roupas de seu brechó, montado diariamente na Avenida Paulista. Mas, no fim de março, depois que São Paulo precisou adotar medidas de isolamento social para evitar mais contágios por coronavírus, a estudante de Moda viu as vendas caírem 90%.  Foi do coletivo Afro Máscras que recebeu a sugestão: por que não passar a confeccionar máscaras? Além do encorajamento, a empreendedora recebeu do grupo orientações para a produção de acordo com as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS), além de materiais como elástico e linha para dar os primeiros passos. Também pegou peças do seu acervo, desmanchou  e as transformou em itens que agora protegem centenas de pessoas contra a Covid-19. - O Afro Máscaras foi um pontapé, um estouro interno. Eu estava com medo de encarar o desafio, mas, quando fiquei ...

    Leia mais
    As criações da publicitária Taynara Cabral. Foto: BRENNO CARVALHO / Agência O Globo

    Agendas, cadernos e calendários com temáticas feminista e antirracista ganham destaque na papelaria nacional

    Falta de representatividade e a vontade de colocar em pauta personagens invisibilizados move artistas Por Talita Duvanel, do O Globo As criações da publicitária Taynara Cabral. Foto: BRENNO CARVALHO / Agência O Globo Nas folhas de um caderno cabem uma carta de amor, uma receita de bolo, um poema concreto ou a planta da casa dos sonhos. Nada mais justo que a capa desse item — ainda indispensável mesmo em tempos de smartphone — tenha uma imagem inspiradora. Mas tente encontrar, numa livraria ou papelaria, algo que saia do lugar comum e provoque algum tipo de reflexão. Foi essa a dificuldade da pedagoga paulista Ana Claudia Silva, da Afra, uma das marcas mais importantes no cenário da “papelaria de resistência”, um crescente negócio que imprime questões de raça e gênero nos outrora “triviais” cadernos e agendas. “Todo começo de ano, quando ia comprar material escolar, não ...

    Leia mais
    blank

    Afroempreendedorismo em foco no mercado financeiro Americano

    Executivo negro de maior prestígio no JP Morgan Chase, Sekou Kaalund é diretor administrativo da organização que figura entre os cinco maiores instituições financeiras do planeta. O jovem de origem de classe média, trabalhou com grandes clientes de bancos de investimento, incluindo gestores de ativos, investimentos, hedge e fundos de pensão. Kaalund ingressou no JP Morgan como Diretor Gerente e Chefe Global de Vendas de Serviços de Private Equity e Real Estate Fund Services. Ele, que já ocupou cargos de liderança no Citibank, atua em vários conselhos, incluindo a Fundação de Parques da Cidade de Nova York, a Escola de Políticas Públicas da Duke University, o Programa de Políticas Públicas e Assuntos Internacionais e o Conselho de Profissionais Urbanos, também é membro do Círculo de Líderes Jovens de Milken e da Sociedade de Bolsistas do Instituto Aspen. Kaalund obteve o título de Mestre em Políticas Públicas pela Duke University, onde ...

    Leia mais
    blank

    Mapa Brasil Afrotech destaca ações de empreendedorismo negro no Brasil

    A recém-lançada plataforma Mapa Brasil Afrotech pretende reunir e dar mais visibilidade a projetos e iniciativas de empreendedores negros no país. O projeto é uma realização do Núcleo de Informática Aplicada à Educação (Nied), da Unicamp, sob coordenação do analista de sistemas Odair Marques da Silva e do pesquisador João Vilhete Viegas d’Abreu. Por Inácio de Paula, Do ComCiência  (Foto: Reprodução/ Twitter) “A ideia é oportunizar um ambiente digital em que os afrodescendentes possam inscrever suas iniciativas e, a partir daí, fortalecer laços, redes e vínculos”, contextualiza Odair Marques. Além da visibilidade dos projetos cadastrados, o recurso pretende também fomentar relacionamentos em seminários e trocas de experiências. Para estar georreferenciado na plataforma, o interessado precisa entrar no site Mapa Brasil Afrotech e preencher o formulário. “Fazemos um breve balizamento interno das informações e, em seguida, marcamos o interessado no Mapa. Para participar é muito simples. O ...

    Leia mais
    Regina Ferreira, Luanna Teofilo e Bruna Inácio, mulheres empreendedoras Pérola Dutra - Reprodução:Facebook

    O sucesso de mulheres negras empreendedoras

    Mercado de trabalho ainda mantém padrões discriminatórios de contratação, mas elas driblaram o preconceito. Conheça três histórias inspiradoras por Hysa Conrado no  R7 Regina Ferreira, Luanna Teofilo e Bruna Inácio, mulheres empreendedoras Pérola Dutra - Reprodução:Facebook Mulheres negras têm 50% a mais de chances de serem afetadas pelo desemprego. O dado é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e revela um cenário tomado pela discriminação racial no Brasil. Mas, se o racismo fecha portas e o mercado de trabalho consente, as mulheres negras têm construído novas formas de empreender e de empregar. Esse é o caso de Luanna Teofilo, de 38 anos. A formação em Direito, um mestrado em Linguística na França e o currículo de carreira internacional não foram suficientes para manter o racismo distante. Ela trabalhava como executiva em uma empresa de comunicação internacional e foi demitida após adotar o visual das tranças box ...

    Leia mais
    Elida Monteiro (Foto: Juh Almeida)

    A investidora por trás da Afropolitan Station, boutique com 50 afroempreendedores

    Ela conheceu Nelson Mandela, Salvador Dalí e realizou o primeiro show do Olodum em São Paulo. Marie Claire encontrou Dona Elida Monteiro, mulher por trás da Afropolitan Station, boutique de São Paulo que reúne mais de 50 marcas de afroempreendedores - 71% das marcas são capitaneadas por mulheres. Por FERNANDA MOURA GUIMARÃES, da Marie Claire  Elida Monteiro (Foto: Juh Almeida) É impossível não ser cativada por Dona Elida Monteiro. Durante o encontro com Marie Claire, toda a equipe parou para ouvir (e se emocionar) com a história da mulher por trás do Afropolitan Station – espaço colaborativo recém-inaugurado no centro de São Paulo que reúne grifes e serviços exclusivamente de afroempreendedores. Umas das memórias que ela retoma com carinho é a do encontro fortuito com a então prefeita de São Paulo Luiza Erundina, nos anos 90. “Eu acabara de perder o marido e estava com meus ...

    Leia mais
    Eleni Guterres, dona do restaurante Atrium, em São Paulo (SP) (Foto: Divulgação)

    Ela faz sucesso com comida caseira feita “com carinho de mãe”

    Quando abriu o Atrium, há 16 anos, Eleni Guterres realizou um sonho que parecia distante. Hoje, ela fatura R$ 220 mil conquistando os clientes com seu capricho Por Ana Laura Stachewski, do Pequenas Empresas Grandes Negócios Eleni Guterres, dona do restaurante Atrium, em São Paulo (SP) (Foto: Imagem retirada do site Pequenas Empresas Grandes Negócios/ Divulgação) Nos anos 70, a mineira Eleni Guterres, 66, deixou a pequena cidade de Matipó (MG) para tentar uma nova vida em São Paulo (SP). Ela fugia da fome e da dificuldade de encontrar um emprego, que só aparecia sazonalmente em um munícipio sustentado pelo café. Ela ainda se lembra do frio que passou quando chegou à capital de chinelos nos pés e quase sem agasalhos. Sua aventura só foi possível porque seu irmão, já instalado por lá, tinha lhe arranjado um emprego. Ela trabalharia como doméstica e moraria na casa dos seus patrões. ...

    Leia mais
    blank

    ‘Você estimula o afroempreendedorismo quando reconhece a potência dele’

    Presidente do PretaHub, Adriana Barbosa, fala sobre qualificação para a mulher negra comandar negócio próprio Por Priscila Natividade, do Correio 24 Horas  Fotos Agência Ophelia Produtos e serviços voltados para a valorização da identidade negra. Esta é a base do ecossistema do Empreendedorismo Negro, que por onde passa encontra um valor agregado na afrodescendência como centro da sua produção. Para fortalecer esta tendência dentro de um mercado consumidor cada vez mais atento à diversidade, o programa de capacitação de empreendedores exclusivo para mulheres negras Afrolab está rodando o país com cursos de negócios voltados para estas mulheres. O Afrolab para Elas é uma realização da PretaHub e Instituto Feira Preta. A metodologia do projeto conta com atividades de autoconhecimento, ciclos de imersão criativa, aprendizagem, cursos e workshops. Depois de passar por São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES), a próxima parada do projeto ...

    Leia mais
    blank

    Bahia ganha programa sobre afro-empreendedorismo na TV aberta

    O programa Me Despache, que fala sobre empreendedorismo e desenvolvimento econômico da população negra, estreou na TV Kirimurê como o pioneiro a tratar do tema na TV aberta brasileira. Idealizado e apresentado pela publicitária Luciane Reis, o programa de entrevistas terá como foco a organização econômica, a promoção dos negócios focados na superação do racismo e a reflexão sobre a relação histórica dos negros com o dinheiro. Trazendo ainda reportagens, o Me Despache desenvolve o debate sobre questões financeiras para a casa das famílias baianas. Por  Daiane Oliveira, Do Notícia Preta (Imagem retirada do site Notícia Preta) Com apresentação todas as terças-feiras, às 21h, e reprise às quintas-feiras, 10h da manhã, o programa Me Despache é uma iniciativa da agência de Fomento a Negócios Locais e Étnicos Merc´Afro, em parceria com a TV Kirimurê (Canal da Cidadania). A direção do programa é de André Santana e ...

    Leia mais
    Maior evento de empreendedorismo negro da América Latina acontece no Brasil :COLETIVO ALMA PRETA FEIRA PRETA:DIVULGAÇÃO:JC

    Afroempreendedores revolucionam o ambiente de negócios brasileiro

    Maior evento de empreendedorismo negro da América Latina acontece no Brasil por Roberta Mello no Jornal do Comércio Maior evento de empreendedorismo negro da América Latina acontece no Brasil :COLETIVO ALMA PRETA FEIRA PRETA:DIVULGAÇÃO:JC Ao contrário de diversas expressões pejorativas relacionadas ao negro no vocabulário brasileiro, "grana preta" talvez seja aquela que logo vêm à mente quando buscamos alguma que seja sinônimo de algo positivo. Mas se, por um lado, a expressão hoje conota fartura, bem-estar e sucesso, ela também faz pensar sobre quando realmente o dinheiro esteve nas mãos negras deste País. Trazida ao Brasil para servir de mão de obra escrava, essa enorme parcela da população viveu séculos sem o direito a uma remuneração justa pelo seu trabalho. Contudo, mesmo na adversidade, muitas pessoas optavam por abrir seu próprio negócio e, assim, garantir ganhos melhores com mais respeito e liberdade. A criadora e presidente da Feira ...

    Leia mais
    CAROLINE LIMA:ESPECIAL PARA O HUFFPOST BRASIL

    Michelle Fernandes, a dona do poder de transformar mulheres em rainhas africanas

    Criadora da "Boutique de Krioula" começou a vender os turbantes que a ajudaram na transição capilar e virou uma empreendedora de sucesso. By RYOT Studio e CUBOCC no HuffPost Brasil CAROLINE LIMA:ESPECIAL PARA O HUFFPOST BRASIL A primeira amarração foi com um cachecol que tinha em casa. Meio sem jeito. Talvez meio tímida até. Após 24 anos, pela primeira vez lidava com seu cabelo natural, sem alisamento. Cortou bem curto. Nessa época, começou a procurar elementos que valorizassem a mulher negra e encontrou nos turbantes um grande impulso. Mas era isso. Fazia para si, com os pedaços de pano que tinha em casa. Hoje, a coisa é bem diferente. Ensina, dá workshops, faz amarrações diferentes. Vive disso – e inspira outras mulheres. Michelle Fernandes, 35 anos, criou em 2012 a marca "Boutique de Krioula"e hoje ela vê que seu negócio vai muito além da questão da moda. ...

    Leia mais
    blank

    Projeto Afro Digital promove workshops gratuitos de inovação e tecnologia na periferia de SP

    O empreendedorismo e a economia criativa têm impulsionado a economia e oferecido inúmeras oportunidades, principalmente para os jovens. Porém nas periferias, apesar do enorme potencial criativo, há uma dificuldade de acesso ao mundo das startups, à capacitação e aos eventos de inovação que acontecem nos grandes centros. Pensando nisso, para ajudar jovens empreendedores a desenvolver uma economia criativa competitiva e transformar seu potencial em uma ferramenta eficiente nas comunidades carentes, o Instituto FeaAfro criou o projeto Afro Digital. Do Terra  Foto: DINO / DINO Serão quatro eventos com workshops de inovação, criatividade, tecnologia, comunicação, internet e empreendedorismo da população negra. Entre os palestrantes estão Daniel Canton, consultor de Marketing Digital pela Dgrau Digital; Mário Mendes Junior, empresário na área de Tecnologia e referência na cultura de adoção de novas tecnologias para comunicação e mobilidade. Ainda haverá palestras sobre Marketing Digital e como divulgar seu negócio pela internet com executivos do ...

    Leia mais
    Divulgação

    Feira Preta realiza matchfunding para captar investimento para o projeto “AFROLAB para Elas”

    Como contrapartida, os apoiadores terão sua colaboração revertida em consultoria, palestras, diálogos sobre diversidade, vivências dentro do projeto entre outras recompensas Por Fabíola Ribeiro enviado para o Portal Geledés  Divulgação São Paulo, setembro de 2018 - Apoiar, promover e impulsionar o afroempreendedorismo no Brasil, por meio da oferta de conhecimento e capacitação técnica, com foco em inovação e inventividade. Esse é o objetivo do AFROLAB, que ganha uma edição exclusiva para mulheres negras: o AFROLAB para Elas. Idealizado pela Feira Preta, o projeto foi selecionado, em junho, no edital Negras Potências, e será viabilizado por meio de matchfunding, na plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria, em parceria com o  Movimento Coletivo, plataforma de investimento social da Coca-Cola. A meta é arrecadar entre R$ 76 mil e R$ 127. As doações podem ser feitas por médias e grandes empresas e pessoas físicas, até o dia 30 de outubro.  Para ...

    Leia mais
    A limonada vem em quatro sabores, mas todos levam mel (Foto: ME & THE BEES/ Reprodução/BBC)

    A menina que fundou negócio aos 4 anos e, aos 13, é CEO de sucesso

    As limonadas de Mikaila Ulmer estão em mais de 500 lojas dos Estados Unidos, mas na escola ela não foi tão bem assim: ela obteve um "C" em matemática. Ela conta ter pouco tempo para estudar, pois se dedica a tocar um negócio bem-sucedido, do qual é fundadora e chefe. Aos 13 anos, se um dia ela está na escola, no outro está dando palestra sobre empreendedorismo. "Não é moleza, isso é certo", diz ela. "Às vezes, tenho que faltar aula para dar uma entrevista, viajar ou participar de um programa de televisão. Outras vezes perco alguma coisa porque tinha uma prova ou algum projeto da escola." Vendendo 360 mil garrafas de sua limonada por ano em lojas caras, como a rede de supermercados Whole Foods, Mikaila é uma das empresárias mais jovens dos EUA. Ela virou adolescente faz pouco tempo, mas já toca seu negócio, baseado em Austin, no ...

    Leia mais
    Pedro Ventura/Agência Brasília.

    Afro-empreendedorismo e a importância da representatividade no mercado cosmético em debate

    A Inoar Cosméticos realiza mais uma vez em São Paulo o Congresso Cabelo & Ciência. Nesta quinta edição, o encontro vai abordar o Afro-empreendedorismo no Brasil, o Cabelo afro – A força está nos cachos, e a importância da Representatividade no mercado cosmético, painel que contará com a presença da atleta de natação paraolímpica Maiara Barreto, da atleta de wrestling Aline Silva, do gestor da Casa Florescer Alberto Silva e do cabeleireiro especialista em cabelos crespos e cacheados Wally Custódio. Do [email protected] Pedro Ventura/Agência Brasília. O congresso também irá apresentar estudos da área capilar para profissionais do setor com destaque para os protocolos de aplicação do Ácido Glioxílico. Liderada pela pesquisadora associada ao Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) da UFSCar, onde coordena o Laboratório de Cosmetologia, Dra. Valéria Longo, a palestra “Cabelo afro. A força está nos cachos” abordará os aspectos peculiares da estrutura do cabelo afro e modificações físico-químicas, em sua estrutura, decorrentes de alisamentos básico ...

    Leia mais

    Diáspora Black e a luta para prosperar da única startup de afroempreendedorismo acelerada na Estação Hack

    Carnaval, Capoeira e Maracatu, apenas para citar algumas grandes manifestações culturais do nosso país, são um dos principais chamarizes para turistas, além das paisagens naturais. Quando se fala em cultura negra brasileira, dois destinos vêm à cabeça: Salvador e Rio de Janeiro, certo? Mas onde está o restante da memória negra do Brasil? Quais histórias ainda precisam ser contadas ou resgatadas? Trabalhar essas questões é uma das metas da Diáspora.Black, que usa um modelo de negócio simples (uma rede de acomodações compartilhadas) para conectar viajantes e anfitriões interessados em cultura negra, sejam eles negros, brancos ou asiáticos. Por Juliana Destro, do Projeto Draft Carlos Humberto, Antonio Luz e André Ribeiros, da Diáspora Black, na Estação Hack, em São Paulo. (Reprodução/Projeto Draft) Criada pelos cariocas Carlos Humberto, 39, André Ribeiro, 34, e pelo soteropolitano Antonio Luz, 31, a plataforma já tem um ano e meio de vida. Não é um simples Airbnb (ainda que o modelo de negócio seja ...

    Leia mais
    blank

    Sebrae abre 30 vagas para programa de fomento ao afroempreendedorismo

    O Sebrae abriu as inscrições para o programa Sebrae Moda Afro. São 30 vagas no programa de fomento para donos de negócios negros do segmento de moda (desde que moradores da Região Metropolitana do Rio) e que produzam, de forma artesanal ou industrial, vestuário e acessórios com referências da matriz cultural afro-brasileira ou pan-africana, promovendo a valorização delas. As candidaturas serão aceitas até 16 de março. Sebrae atende empreendedores gratuitamente Foto: Divulgação Por Ana Clara Veloso, do Extra  — O programa está dividido em duas etapas. Na primeira, ocorre a capacitação em gestão, com foco específico em gestão financeira e marketing digital. Na segunda, a parte específica para inovação do produto, com uma curadoria individualizada e focada em design e sustentabilidade. A gente espera com isso tornar os produtos mais competitivos para o mercado de moda do Rio de Janeiro. Às vezes, uma mudança na etiqueta torna o produto mais vendável ...

    Leia mais
    blank

    A Era uma vez o Mundo cresceu e vai além

    A gente pensa com delicadeza na formação da identidade de nossas crianças, e queremos construir uma fabriquinha de sonhos pra chegarmos ao Brasil Inteiro. Bora? Arrumando a casa: R$ 15.000 Registrar as marcas e patentes dos brinquedos desenvolvidos, organizar a estrutura do espaço na baixada fluminense que receberá a nossa estação de trabalho e enviar as recompensas. Entenda mais sobre Era uma vez o Mundo e o Projeto - acesse  Juntos Obrigada por chegar aqui! Para nós é extremamente importante e significativo saber que temos você como pessoa disposta a colaborar com a construção e estruturação de uma empresa tão jovem. Nascemos em 2013 com o objetivo de criar brinquedos representativos para nossas crianças. De lá até aqui, passamos por muitas transformações e amadurecemos. Aprendemos no processo que temos um monte de etapas até conseguir atingir o tamanho que pretendemos e poder levar espelhos positivos para crianças em todo Brasil. Crescendo ...

    Leia mais
    Página 1 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    blank
    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist