Semana da Consciência Negra: confira as atrações que começam hoje 15 de Novembro

 

Na semana em que se comemora o Dia da Consciência Negra (dia 20) –referência à data de morte do líder Zumbi dos Palmares– o “Guia” indica shows, exposições, filmes, peças de teatro e passeios, entre outros eventos relacionados à ocasião.

As atividades começam hoje (dia 15, feriado da Proclamação da República), no Memorial da América Latina, que sedia o Afroétnica Flink Sampa – Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, com mais de 70 atrações, até domingo (dia 17).

A festa segue durante a semana com o festival Back2Black e uma série de shows no Vale do Anhangabaú, no centro, que receberá nomes como o norte-americano Keith Sweat e os rappers Emicida e Dexter. Confira a programação a seguir.

Dia de zumbi

Memorial da América Latina
Com programação extensa que inclui shows, mostra de cinema, encontros literários, festival internacional de teatro, rodas de samba e de capoeira e atividades educacionais, o Afroétnica Flink Sampa – Festa do Conhecimento, Literatura e Conhecimento oferece atrações de hoje (dia 15) a domingo (17/11). Entre as performances musicais estão os rappers Emicida, Dexter e Rappin Hood, o compositor Jair Rodrigues e a sambista Leci Brandão. Também na seleção, a Festa Literára Negra organiza debates com escritores como Ferréz (“Capão Pecado”) e Paulo Lins (“Cidade de Deus”). O teatro será contemplado com peças de companhias vindas de países como Angola (“A Órfã do Rei”), São Tomé e Príncipe (“O Rei Obô”) e Moçambique (“Mentes e Sonhos”). Entre os filmes, destaque para “Cruz e Sousa – O Poeta do Desterro”. Veja a programação completa no site www.flinksampa.com.br.

Memorial da América Latina – av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, portão 1, Barra Funda, região oeste, tel. 3823-4600. Livre. Estac. (R$ 7 e R$ 10, portões 4, 8 e 15 – convênio). GRÁTIS

Filmes
Cruz e Sousa – O Poeta do Desterro, sex.: 15h. Alva Paixão, sex.: 13h. Raça, sáb.: 12h. Carolina Maria de Jesus, sáb.: 13h30. O Homem que Virou Suco, sáb.: 14h. Simonal, Ninguém Sabe o Duro que Dei, sáb.: 15h. O Discreto Charme da Burguesia, sáb.: 17h.

Teatro
O Rei do Obô, sex.: 16h30. A Orfã do Rei, sex.: 17h. Cheiro de Feijoada, sáb.: 11h. Mentes e Sonhos, sáb.: 16h. Balur di Mindjer, dom.: 12h.

Shows
Música Mecânica ou Dj Makeda, sex.: 10h às 11h45. Black Voices, sex.: 12h às 12h40. Jam com Universo Gafieira Convida: Roberta Gomes, Letícia Oliveira, Thulla Melo, Rappin Hood, Max de Castro e Grupos Negros Dançar, sex.: 13h às 14h40. Emicida, sex.: 15h às 15h40. Afro Oyá, sex.: 16h às 16h40. Grupo Afoxé das Águas de São Paulo, sex.: 16h50 às 17h20. Baile do Simonal, sex.: 17h40 às 19h. O Melhor do Samba de São Paulo com Marquinhos Dikuã e Convidados: Thobias da Vai Vai, Serginho Meriti, Toninho Geraes e Letycia Oliveira, sáb.: 13h às 15h. Escola de Samba Passa Pela Praça Cívica, sáb.: 15h às 15h30. Rappin Hood, sáb.: 15h45 às 16h45. Jair Rodrigues, sáb.: 17h às 18h. O Mundo Mágico de Ooohs Apresentando Rapper Dexter, sáb.: 18h30 às 19h30. Dj, dom.: 10h às 12h. Edu Santos, dom.: 12h às 12h30. Pé na África, dom.: 13h às 15h. Leci Brandão, dom.: 15h30 às 17h.

Vale do Anhangabaú
Na terça (dia 19) e na quarta (20), o evento Consciência Negra em São Paulo reúne vertentes da música negra, uma feira gastronômica e outras atividades, como saraus e oficinas, no Vale do Anhangabaú. Artistas renomados como Arlindo Cruz, Izzy Gordon (foto acima), os rappers Dexter, Rappin Hood e Emicida, além do cantor norte-americano Keith Sweat, se apresentam no palco principal. Intervenções musicais realizadas por grupos que se destacaram nas décadas de 1970 e 1980, como Zimbabwe, Chic Show e Black Mad, entre outros, são apresentadas durante o intervalo dos shows. No mesmo local, a Feira Gastronômica e Cultural traz quitutes e uma exposição de artefatos criados por produtores negros. Em razão do evento, o metrô funcionará até a 1h da manhã.

Vale do Anhangabaú, s/nº, região central, s/tel.

Palco feira
Sarau Literatura Nossa e Sarau Palmarino, ter.: 16h. A 4 Vozes, ter.: 16h30. Filafro, qua.: 10h30. Ilu Oba De Min – Oficina para Crianças, qua.: 11h. Mc Sofia, qua.: 12h. Projeto Raízes (teatro), qua.: 13h. Roda da Capoeira, qua.: 13h30. Mulheres do Hip Hop, qua.: 14h10. Projeto Raízes, qua.: 15h. Rinha dos MC’s, qua.: 15h30. Sarau Suburbano Convicto Alessandro Buzo, qua.: 16h. Ilu Oba De Min – Cortejo, qua.: 17h. GRÁTIS

Palco principal
Adler São Luis, ter.: 17h. Ubaldo Waru, ter.: 17h30. Mulheres Negras Cantam Izalu e Amanda Negra SIM, ter.: 18h. Aláfia canta com Lurdez da Luz e convidados, ter.: 18h45. Izzy Gordon, ter.: 19h30. Originais do Samba com Tereza Gama, ter.: 20h15. Rappin Hood, ter.: 21h15. Arlindo Cruz convida Oswaldinho da Cuíca, ter.: 22h15. Os Danados, Menor do Chapa, Menor HM, Negra Soul, MC Pet Daleste, MC Léo da Baixada e MC Thauane, qua.: 18h. Turma do Pagode, qua.: 19h. Dexter, qua.: 20h. Keith Sweat, qua.: 21h. Emicida, qua.: 22h. Até 20/11. Livre. GRÁTIS

Back2Black
A segunda edição paulista –quinta brasileira– do festival de cultura negra ocorre na terça (dia 19), no HSBC Brasil. Em versão reduzida, o evento tem como atrações o “soulman” norte-americano, Bobby Womack (foto acima) e o rapper Emicida. Entre um show e outro, DJs fazem set dançante. No fim, um outro palco recebe edição especial da festa Talco Bells.

HSBC Brasil – r. Bragança Paulista, 1.281, Santo Amaro, tel. 4003-1212. 4.000 pessoas. Ter. (19): 22h. 18 anos. Ingr.: R$ 35 a R$ 350. Valet (R$ 35). Ingr. p/ www.ingressorapido.com.br.

Auditório Ibirapuera
O músico Itamar Assumpção (1949-2003) será homenageado em diversas atrações realizadas no espaço. Às 11h de quarta (dia 20), Zélia Duncan se apresenta para a plateia externa do auditório. Na ocasião, ela transitará pela obra do artista em espetáculo que contará com a participação de Tulipa Ruiz e Anelis Assumpção, filha do músico. Na mesma data será exibido, às 17h, o documentário “Daquele Instante em Diante”, dirigido por Rogério Veloso. Já na quinta (21), a banda Isca de Polícia, que acompanhou Itamar, sobe ao palco para executar músicas como “Nego Dito”, “Fico Louco” e “Beijo na Boca”, entre outras.

Auditório Ibirapuera – plateia externa – av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portões 2 e 3, parque Ibirapuera, tel. 3629-1075. 15 mil pessoas. Zélia Duncan, 90 min., livre, qua.: 11h. Estac. (R$ 3 p/ 2h – Zona Azul). GRÁTIS
Plateia interna. 800 lugares. Daquele Instante em Diante, 110 min., 12 anos, qua.: 17h. Isca de Polícia, 90 min., livre, qui.: 21h. Retirar ingr. 90 min. antes. Estac. (R$ 3 p/ 2h – Zona Azul). GRÁTIS

História
Na sombra do largo do Arouche, está um busto de Luiz Gama (1830-1882), poeta, jornalista e abolicionista. Gama foi escravo em sua juventude, frequentou aulas na Faculdade de Direito, hoje parte da USP, mas não pôde obter o diploma por ser negro. Mesmo assim, atuou como advogado e ajudou a libertar centenas de escravos antes da Lei Áurea. Seu corpo está sepultado no Cemitério da Consolação.

*Inauguração *
Na quarta (dia 20), o Museu Afro Brasil abre a exposição “A Nova Mão Afro- -Brasileira”. Com curadoria de Emanoel Araújo, a mostra reúne obras dos séculos 18 e 19, produções modernistas e peças de 15 artistas contemporâneos, como Ayrson Heráclito, Arjan Martins e Eustáquio Neves, entre outros –eles participarão de um debate às 11h. A coletiva também celebra os 25 anos do lançamento do livro “A Mão Afro-Brasileira – Significado da Contribuição Artística e Histórica” (leia abaixo)

Itaú Cultural
Na quarta (dia 19), Anelis e Serena Assumpção, filhas de Itamar Assumpção, participam do “Encontros Poéticos”, programa de web-rádio comandado pelo poeta Sérgio Vaz, idealizador do Sarau da Cooperifa, evento realizado na zona sul da cidade. A gravação do encontro pode ser acompanhada pelo público –os ingressos são distribuídos com meia hora de antecedência.

Itaú Cultural – av. Paulista, 149, Bela Vista, tel. 2168-1776. 219 lugares. 60 min., 12 anos, ter.: 20h. Estac. c/ manob. (R$ 14 a 1ª h; sáb. e dom.: R$ 10 ). GRÁTIS

Casa das Rosas
O charmoso casarão na av. Paulista realiza, às 10h, de quarta (dia 20), uma oficina com o percussionista Caio Ignácio. Às 11h, será exibido o documentário “Dança das Cabaças – Exu no Brasil”, dirigido pelo músico Kiko Dinucci. O vídeo discute a figura dessa entidade ligada ao candomblé e à umbanda. Outro destaque é o Saraokê, mistura de sarau com karaokê, no qual o público é convidado a recitar poemas acompanhado de fundo musical.

Casa das Rosas – av. Paulista, 37, Bela Vista, região central, tel. 3285-6986. 50 pessoas. Percussão no Mundo: Exposição e Vivência, qua.: 10h às 11h. Dança das Cabaças – Exu no Brasil, qua.: 11h às 12h. Vivências Populares Moçambicanas, qua.: 14h às 15h. A África e Suas Reciprocidades, qua.: 16h às 17h30. Saraokê, qua.: 18h às 19h. Cortejo Afro do Grupo Cangarussu, qua.: 19h. Até 20/11. Livre. GRÁTIS

Casa Guilherme de Almeida
O grupo Chama Poética homenageia o repertório afro-brasileiro da cantora Clara Nunes (1942-1983) com participação de Neide Nell nos vocais, Liw Ferreira no violão e André Oliveira na percussão.

Casa Guilherme de Almeida – r. Macapá, 187, Sumaré, região oeste, tel. 3673-1883. 100 pessoas. Qua.: 15h. Até 20/11. 90 min. Livre. GRÁTIS

Fábrica de Cultura
A cantora e atriz Zezé Motta apresenta na terça (dia 19), na Fábrica de Cultura do Jaçanã, o show Negra Melodia, com composições do carioca Luiz Melodia. A apresentação também será realizada na Fábrica de Cultura Jardim São Luís, na quinta (21).

Fábrica de Cultura do Jaçanã – r. Raimundo Eduardo da Silva, 138, Conjunto Habitacional Jova Rural, região norte, tel. 2249-8010. 300 lugares. Ter.: 19h30. Até 19/11. 75 min. Livre. GRÁTIS
Fábrica de Cultura Jardim São Luiz – r. Antônio Ramos Rosa, 651, Parque Santo Antônio, região sul, tel. 5510-5530. 260 lugares. Qui.: 19h30. Até 21/11. 80 min. Não recomendado para menores de 14 anos. GRÁTIS

Galeria Olido
O espaço localizado no centro recebe a tradicional roda de samba Pagode da 27, criada no Grajaú (zona sul), para a apresentação de músicas de seus álbuns mais recentes, “A Comunidade Chegou” (2010) e “Filhos da Favela” (2013). No dia 20, o grupo Z’África Brasil leva ao público o show “O Rap É Grande”, tendo no repertório músicas como “Reparação”, “Z’Africanos” e “Tá na Responsa”.

Galeria Olido – vitrine da dança – av. São João, 473, República, região central, tel. 3397-0171. 200 pessoas. Pagode da 27, ter.: 19h. Z’África Brasil, qua.: 19h. 90 min. Livre. GRÁTIS

Praça das Artes
O cantor, dançarino e ator Tony Tornado é um dos participantes do festival Mestres da Soul, que será realizado na terça (dia 19) e na quarta (dia 20). O evento, que terá a banda Black Rio como base, levará ao palco nomes celebrados da música soul brasileira, como Carlos Café e Gerson King Combo.

Praça das Artes – av. São João, 281, região central, tel. 3311-0194. 1.000 pessoas. Banda Black Rio e Convidados, ter.: a partir das 18h. Gerson King Combo, Di Melo, Lady Zu e Luis Wagner, qua.: a partir das 14h. Até 20/11. Livre. GRÁTIS

Praça João Azevedo Borges
A bateria da escola de samba Camisa Verde e Branco e o bloco carnavalesco Inajar de Souza são algumas das atrações que ocuparão o espaço localizado na zona norte. Além deles, o festival “Kizomba na Primavera”, leva ao bairro os grupos Espaço Ousadia, Bezerra Caxambu e Banda, Comunidade do Buraco do Sapo, Comunidade do Samba na Feira, Grupo NNT, Pan, Alex & Convidados e Grupo Na Palma da Mão, Banda Mr. Black e DJ Ninja.

Pça. João Azevedo Borges – s/nº, Jardim Primavera, região norte, tel. 2233-9270. 4.000 pessoas. Qua.: a partir das 10h. Até 20/11. Livre. GRÁTIS

Teatro Leopoldo Fróes
O tradicional grupo Samba da Vela, que organiza uma roda de música toda segunda-feira na zona sul de São Paulo, adotou esse nome por, em suas apresentações, acender uma vela e tocar até que ela se apague. Na apresentação marcada para quinta (dia 21), a comunidade recebe convidados como a sambista paulistana Fabiana Cozza e o DJ Kri, responsável pela primeira gravação dos Racionais MC’s, realizada em 1988. Ao final da apresentação, a cantora Izzy Gordon assume a discotecagem.

Teatro Leopoldo Fróes – r. Antônio Bandeira, 114, Vila Cruzeiro, região sul, s/ tel. 111 lugares. Samba da Vela e Fabiana Cozza com Dj Dri e Izzy Gordon, qui.: a partir das 19h. Até 21/11. 120 min. Livre. GRÁTIS

MIS
O Museu da Imagem e do Som homenageia as raízes afro-brasileiras com o evento Samba, Chorinho e Cachaça, que será realizado na quarta (dia 20). Duas rodas de samba se apresentarão ao ar livre, a partir das 15h. A primeira, com o grupo Bora Barão, é formada por músicos especializados em chorinho e em samba de gafieira. Às 17h, é a vez do cantor João Borba, 75, membro da velha guarda da escola de samba Pérola Negra, agitar o público ao lado de sua banda. No repertório estarão clássicos de Paulinho da Viola, de Martinho da Vila e de Cartola. A tarde será contemplada com degustação grátis de cachaça.

  1. MIS – área externa – av. Europa, 158, Jardim Europa, região oeste, tel. 2117-4777. 1.000 pessoas. Qua.: 15h e 17h. Até 20/11. 90 min. Livre. Estac. (R$ 8 – convênio). GRÁTIS

Associação Cachuera!
O espaço guarda registros em texto, áudio e vídeo de manifestações religiosas e culturais de origem africana na região Sudeste. Uma das coleções é dedicada em documentários. A visita ao acervo precisa ser agendada. A associação também estuda e promove outras vertentes da cultura popular e realiza eventos. Prepare-se: no próximo sábado (23), haverá o Baile das Beneditas, com apresentação de jongo, dança de origem africana.

R. Mte. Alegre, 1.094, Perdizes, região oeste, tel. 3872-8113. Seg. a sex.: 10h às 16h30. Dias 15 e 20: fechado. Evento permanente. Livre. Visita monitorada p/ [email protected]. GRÁTIS

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos
Embora um pouco danificada por fora, a igreja laranja no largo do Paissandu é toda decorada por dentro, com vitrais e ornamentos nas paredes e no teto. Nas laterais, altares trazem imagens de santos negros como são Benedito, santo Antônio de Categeró e santa Efigênia. A construção atual foi inaugurada em 1906. Antes disso, a Irmandadade de Nossa Senhora dos Homens Pretos possuía outra igreja na praça Antônio Prado, próxima à rua 15 de Novembro. Do lado de fora do templo está a escultura “Mãe Preta”, criada por Júlio Guerra, que retrata uma ama de leite negra amamentando uma criança branca. A obra é da década de 1950 e fez parte das atrações do 4º centenário da cidade.

Lgo. do Paissandu, s/nº, região central, tel. 3223-3611. Seg. a sex.: 7h às 19h. Dom.: 7h às 12h. Missa: seg. a sex.: 7h30, 8h30 e 18h. Dom.: 7h30, 9h e 10h30. Livre. GRÁTIS

Igreja Nossa Senhora da Boa Morte
A construção do período colonial com estilo barroco foi uma das primeiras a receber os negros, pois era costume os escravos condenados à morte passarem por ali antes de irem para a forca, que ficava no bairro da Liberdade.

R. do Carmo, 202, Sé, região central, tel. 3101-6889. 90 lugares. Seg. a dom.: 24 horas. Livre. GRÁTIS

Museu Afro Brasil
Após a inauguração da exposição “A Nova Mão Afro-Brasileira”, o espaço recebe outras atrações no feriado do dia 20. A tarde começa com apresentação do cantor e compositor baiano Riachão, 92, conhecido por músicas como “Vá Morar com o Diabo”, gravada por Cássia Eller, “E Cada Macaco no Seu Galho”, eternizada por Caetano Veloso e Gilberto Gil. Depois, é a vez
da performance do Maracatu Bloco de Pedra. A agenda ainda traz projeção do filme “Hereros – Angola”, de Sérgio Guerra. Para encerrar, o público é convidado para curtir um coquetel no qual serão servidas batidas e licores, acarajés e abarás.

Museu Afro Brasil – av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, parque Ibirapuera, tel. 3320-8900. A Nova Mão Afro-Brasileira, qua.: 10h às 17h. Riachão, qua.: 12h30. Grupo Maracatu Bloco de Pedra, qua.: 13h. Até 20/11. Livre. GRÁTIS

Museu da Casa Brasileira
A moçambicana Lenna Bahule e a dupla senegalesa Mamour Bá e Cheikh Bá são as convidadas da Orquestra Mundana, de Carlinhos Antunes, na apresentação do espetáculo “Muvuca”, que reúne música oriental, nordestina, africana e latina.

Museu da Casa Brasileira – terraço – av. Brig. Faria Lima, 2.705, Jardim Paulistano, região oeste, tel. 3032-3727. 200 lugares. Carlinhos Antunes e Orquestra Mundana, qua.: 11h. Oficina de Papietagem, qua.: 14h30 às 17h. Até 20/11. Livre. Valet (R$ 12 a R$ 20). GRÁTIS

Paróquia de Nossa Senhora Achiropita
Embora seja mais conhecida pela festa anual com pratos italianos, a igreja possui uma pastoral afro desde a década de 1980. Por lá, são realizadas missas, batizados e casamentos acompanhados de atabaques e outros elementos inspirados nas tradições africanas, mas que não deixam de lado os ritos católicos.

R. Treze de Maio, 478, Bela Vista, região central, tel. 3283-1294. Livre. GRÁTIS

Fonte: Folha

+ sobre o tema

Fotógrafa russa se surpreende com racismo no Brasil e decide captar a beleza de mulheres negras

Muita gente ainda acha que não existe racismo no Brasil....

Beyoncé e Jay-Z são o casal famoso mais rico, segundo a “Forbes”

Os cantores Beyoncé e Jay-Z são pelo segundo ano...

‘Torto Arado’ será adaptado para o teatro por Aldri Anunciação

O fenômeno literário "Torto Arado", do escritor e colunista da Folha Itamar...

para lembrar

Encontro reúne filósofos da América e da África

A conferência assume-se como um contributo ao diálogo «fluído»...

Há 6 anos, Beyoncé lançava o aclamado álbum “Lemonade”

Há exatos 06 anos atrás, Beyoncé parava o mundo com o...

Basquetebol: As rainhas de África

Por Jorge Pessoa e Silva     «Estas jogadoras são verdadeiras samurais»,...

Quilombos, espaços de resistência: Você sabe o que é o quilombismo?

Eu sempre gostei das aulas de História nos tempos...
spot_imgspot_img

Inéditos de Joel Rufino dos Santos trazem de volta a sua grandeza criativa

Quando faleceu, em 2015, Joel Rufino dos Santos deixou pelo menos dois romances inéditos, prontos para publicação. Historiador arguto e professor de grandes méritos, com...

Carnaval 2025: nove das 12 escolas do Grupo Especial vão levar enredos afro para a Avenida

Em 2025, a Marquês de Sapucaí, com suas luzes e cores, será palco de um verdadeiro aquilombamento, termo que hoje define o movimento de...

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...
-+=