Guest Post »

Sobre o tráfico negreiro, série Rotas da Escravidão estreia no Brasil

Desde o século VII e por mais de 1.200 anos, a África foi o principal cenário do tráfico humano mundial. O sistema escravista, implantado no continente africano pelos países europeus, desencadeou a comercialização em massa de seres humanos e resultou em mais de 20 milhões de africanos escravizados ao redor do planeta.

Do Filmow

Imagem: Curta! / Divulgação

série “Rotas da Escravidão”, que estreia com exclusividade no Brasil no Curta!, revela, ao longo de quatro episódios, os caminhos do comércio de escravos e como a África se tornou o epicentro dessa tragédia social.

O primeiro episódio conta 700 anos de história e como as populações subsaarianas se tornaram, ao longo dos séculos, a principal “matéria-prima” do tráfico de escravos. Estreia na Sexta da Sociedade, 19, às 23h.

Filho de um sapateiro e de uma quituteira, Solano Trindade foi um poeta e ativista político que fez dos versos uma arma contra as injustiças do mundo.

O episódio inédito da série exclusiva do Curta! “República da Poesia” traça um perfil de Trindade. Ney Matogrosso, Jorge Mautner e Ruth de Souza estão entre os entrevistados que comentam a trajetória do poeta, um dos fundadores do Congresso Afro-Brasileiro. Um dos poemas mais conhecidos de Trindade, “Tem gente com fome”, foi transformado em música por Ney Matogrosso. Estreia na Quinta do Pensamento, 18, às 20h.

Segunda da Música – 15/10

22h15 – “O Piano que Conversa” (Documentário)

Os encontros do pianista Benjamim Taubkin com diferentes formações e tradições musicais, tanto no Brasil quanto na Coreia do Sul ou na Bolívia. Narrado apenas por sons, o documentário é uma experiência musical sem entrevistas ou depoimentos. Diretores: Caio Jobim e Pablo Francischelli. Duração: 77 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 16 de outubro, terça-feira, às 2h15; 17 de outubro, quarta-feira, às 10h15; 20 de outubro, sábado, às 9h05.

Terça das Artes –  16/10

20h – “Arquitetos” (Série) – Episódio “Jáuregui”

O episódio mostra o impacto da identidade latino-americana nos trabalhos realizados pelo arquiteto Jorge Mario Jáuregui, nascido na Argentina, radicado no Brasil e com projetos que reconfiguram a geografia, a precariedade e a informalidade do Rio de Janeiro.Diretor: Herbert Henning. Duração: 26 min. Classificação: livre. Horários alternativos: 17 de outubro, quarta-feira, à 0h; 18 de outubro, quinta-feira, às 8h; 20 de outubro, sábado, às 21h30.

Quarta de Cinema – 17/10

20h – “A Vida é Curta!” – traz três conteúdos com o tema “cidades líquidas”

Aluga-se (Documentário)

Quanto o espaço urbano influi no nosso espaço interior? Como será amar alguém numa cidade que vive apagando sua memória? Na história de Clarice e Antonio, um retrato da verticalização caótica de São Paulo e a percepção do espaço público como uma tradução de nós mesmos. Diretora: Marcela Lordy. Duração: 15 min. Classificação: livre. Horários alternativos: 18 de outubro, quinta-feira, à 0h; 19 de outubro, sexta-feira, às 8h; 20 de outubro, sábado, às 14h.

Ofusca (Ficção)

Quatro pontos de vista, um triângulo amoroso e um carro. Com os atores Fernando Alves Pinto, Petrônio Gontijo e Júlia Feldens no elenco. Diretor: Flávio Frederico. Duração: 12 min.Classificação: livre. Horários alternativos: 18 de outubro, quinta-feira, à 0h20; 19 de outubro, sexta-feira, às 8h20; 20 de outubro, sábado, às 14h20.

A Cidade (Documentário)

Distante de outros centros urbanos, Itapuã (RS) é uma comunidade com hábitos bem característicos. A localidade, que abrigou 1.454 pessoas durante mais de 70 anos de existência, conta hoje com apenas 35 moradores, todos acima de 60 anos. Diretora: Liliana Sulzbach. Duração: 15 min. Classificação: livre. Horários alternativos: 18 de outubro, quinta-feira, à 0h40; 19 de outubro, sexta-feira, às 8h40; 20 de outubro, sábado, às 14h40.

21h20 – “Infância Clandestina” (Ficção)

Juan e sua família retornam à Argentina. Assim como sua mãe, seu pai e seu adorado tio Beto, ele usa outro nome fora de casa. Juan, na escola, se chama Ernesto, conhece Maria e descobre o amor. Baseada em fatos reais, esta é uma história sobre o primeiro amor e o fimde uma infância clandestina. Diretor: Benjamín Avila. Duração: 112 min. Classificação: 14 anos. Horários alternativos: 18 de outubro, quinta-feira, às 1h20; 19 de outubro, sexta-feira, às 9h20; 20 de outubro, sábado, às 22h10.

Quinta do Pensamento – 18/10

20h – “República da Poesia” (Série) – Episódio “Solano Trindade”

Solano Trindade fazia dos seus versos uma arma contra as injustiças do mundo. Recifense do Bairro de São José, filho de um sapateiro e uma quituteira, Francisco Solano Trindade foi poeta, ativista político e artista múltiplo. Diretor: Beto Viana. Duração: 45 min.Classificação: livre. Horários alternativos: 19 de outubro, sexta-feira, à 0h; 21 de outubro, domingo, à 0h.

Sexta da Sociedade – 19/10

23h – “Rotas da Escravidão” (Série) – Episódio “476 – 1375: Além do Deserto”

O primeiro episódio da série conta 700 anos de história e revela como as populações subsaarianas se tornaram, ao longo dos séculos, a principal “matéria-prima” do tráfico de escravos da história. Diretores: Daniel Cattier, Fanny Glissant e Juan Gélas. Duração: 52 min.Classificação: livre. Horários alternativos: 20 de outubro, sábado, às 3h10 e às 12h; 21 de outubro, domingo, à 23h; 22 de outubro, segunda-feira, às 17h.

Artigos relacionados