Somos prisoneir@s passionais de uma falsa democracia

Por: Arísia Barros

 

Eles chegam de madrugada esquivando-se da luz do sol
Invadem nossos jardins,
Atropelam toda a grama e atiram sobre rosas, ainda meninas, produtos de uma forjada democracia.
Quem quer dinheiro?
E nós dizemos: sim, senhor!
Eles nem ao menos pedem licença, escancaram a porta de nossa casa e entram, em nome de uma forjada democracia, para negociar melhor preço na aquisição de consciências.
Quanto vale a sua?
Eles confeccionam vídeos homofóbicos que investem na condenação de uma suposta candidatura e espalham e consolidam a intolerância pelo dito ‘diferente”.
Direitos humanos?
E usam o dinheiro das muitas gentes miseráveis das Alagoas para espalhar essa mesma intolerância em um estado que é já é líder nacional em violência explosiva.
Mortos a quilo espalhados nos caminhos insólitos da impunidade
E nós dizemos: sim, senhor!
Em véspera de campanha política eles, sempre, chegam de madrugada e usam artifícios medonhos e autoritários para espalhar a insegurança e o medo da população.
E eles retornam no outro dia, passivos e desatentos que estamos, corrompem todo verde do jardim e borrifam nossos olhos com a máscara do capitalismo feroz.
Estamos cegos!
Você não vê?
E nós dizemos; sim, senhor!
Eles chegam em surdina despem nossa a roupa e deixam nua a alma ,ainda, virgem das intempéries da política crua exercida na calada da noite.
E nós dizemos; sim, senhor!
A eles não importa as milhares de crianças que são estupradas e mortas, diariamente, no estado mais pobre entre os pobres, pela ausência de políticas públicas efetivas: saúde, educação, segurança e trabalho.
Para eles somos simplesmente números e votos.
Ousam , déspotas que são, comprar nosso poder de decisão
Conseguirão?
Estamos no caminho, com Maiakovski?

 

Fonte: Cada Minuto

+ sobre o tema

Minha Casa, Minha Vida: Governo amplia limite de renda para compra da casa própria

Rendimento mensal máximo sobe de R$ 4.900 para R$...

Sobre leite, achocolatado, bananas e vitamina por Marcos Rezende

Antes de eu saber que era meramente comercial,...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

Candidaturas coletivas podem acabar já em 2024; a quem isso interessa?

As candidaturas coletivas podem deixar de existir já a...

para lembrar

Mino Carta e a Herança da Casa Grande

Não quero que os ricos chorem, dizia o líder...

Bolsonaro faz da mentira sua tática política sobre a ditadura

Ao presidente cabe esclarecer suas declarações que violam compromissos...

Para Dilma, interpretação de frase sobre luta é ‘vilania’

Pré-candidata do PT disse que não se referia a...

Serra prometeu à Chevron mudar regras do pré-sal

Wikileaks revela que José Serra, então pré-candidato do PSDB...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=