SP: rapaz é preso por fazer ex-namorada de ‘escrava sexual’

Um  rapaz de 19 anos foi preso nesta terça-feira em Cosmorama, no interior de São Paulo, acusado de manter em cárcere privado a namorada, de 15 anos. A menina estava desaparecida havia uma semana, sem dar notícias para a família. Ela estava trancada em um quarto na casa do ex-namorado e era submetida a abusos sexuais sempre sob a mira de revólver ou faca e sofria ameaças de morte, caso tentasse fugir.

Por: Chico Siqueira

Nesta terça-feira, o rapaz esqueceu o celular e saiu, foi quando a menina conseguiu pegar o aparelho e ligar para a avó, que já tinha procurado a Polícia Militar para reclamar do desaparecimento da neta. Ao mesmo tempo, por meio de uma denúncia anônima, a PM conseguiu identificar o ex-namorado da moça, que já tinha passagens pela polícia e morava no bairro Vila Nova, em Cosmorama. Ao chegar à casa do rapaz, os PMs encontraram a moça num dos quartos.

A adolescente relatou aos PMs que o rapaz a mantinha presa dentro do imóvel desde quarta-feira da semana passada. Disse ter sofrido agressões e estupros. Segundo a polícia, o rapaz usava um revólver e uma faca de cozinha para ameaçar a menina e forçá-la a atender suas vontades. Ele também ameaçava matar a adolescente e a avó dela se ela tentasse fugir.

O delegado de Cosmorama, Elísio Aparecido Ferreira, prendeu J. A. P. (a polícia só divulgou as iniciais) em flagrante por cárcere privado e pediu exames do Instituto Médico Legal (IML) na adolescente Y. F. M para se comprovar as denúncias de estupro. “Só depois que sair esses laudos é que o delegado vai decidir se o acusa formalmente por estupro”, esclareceu a investigadora Michelle Amaral.

A garota contou que namorava o rapaz, com quem chegou a morar junto por um determinado tempo, mas que o romance terminou e ela começou a namorar outro jovem de sua cidade, até que na quarta-feira foi pega a força e levada até a casa do ex, onde ficou presa num quarto durante todo o tempo.

Fonte: Terra 

+ sobre o tema

A urgência do pensamento feminista negro para a democracia

O feminismo é um movimento político e de transformação...

Juntas: cinco mulheres têm o primeiro mandato compartilhado em Pernambuco

Elas conquistaram neste domingo o cargo de deputada estadual...

Pobreza tem cor no Brasil, por Sueli Carneiro

Pobreza tem cor no Brasil. E, existem dois Brasis. Por...

Instituto lança campanha pela igualdade de gênero e contra racismo

Ação também vai debater políticas públicas voltadas para a...

para lembrar

Luana Tolentino: O dia em que decidi não ser a mucama da sinhazinha

  Em homenagem ao dia do Trabalhador Doméstico, comemorado no...

Trabalho por conta própria com CNPJ cresce 36% entre mulheres pretas e pardas

Em um intervalo de dois anos, o trabalho por conta...

Maria Júlia Coutinho será a primeira mulher negra a apresentar o Jornal Nacional

Jornalista entra para o rodízio de apresentadores do noticiários...

Monalysa Alcântara encerra reinado com chave de ouro; veja o discurso

A piauiense de 19 anos fez seu último desfile...
spot_imgspot_img

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Novas pesquisas mostram que meninas nos EUA estão tendo sua primeira menstruação mais cedo. A exposição ao ar tóxico é parcialmente responsável. Há várias décadas, cientistas ao redor do...

Leci Brandão recebe justa homenagem

A deputada estadual pelo PC do B, cantora e compositora Leci Brandão recebe nesta quarta (5) o Colar de Honra ao Mérito Legislativo do...

Mais de 11 milhões de mulheres deixam o mercado de trabalho no Brasil

Pesquisa inédita do Centro de Pesquisa em Macroeconomia das Desigualdades (Made), da USP, sobre o custo da maternidade no Brasil mostra que 6,8 milhões...
-+=