segunda-feira, julho 13, 2020

    Tag: igualdade de gênero

    Elisabeth Moreno (Foto: GALLO IMAGES VIA GETTY IMAGES)

    França: Quem é Elisabeth Moreno, ministra para a igualdade de género ?

    Após a derrota nas eleições municpais em França, o Presidente Emmanuel Macron tenta retomar o pulso com um novo governo e assim relançar o seu quinquénio, que termina em 2022 e cujas linhas mestras serão por ele definidas no discurso para assinalar o 14 de julho, dia.da festa nacional em França. Dos 31 ministros nomeados esta segunda-feira 18 são mulheres e entre elas figura Elisabeth Monteiro, a nova ministra delegada junto do primeiro-ministro para a Igualdade de Género, Diversidade e Igualdade de Oportunidades. De origem cabo-verdiana, ela sucede no cargo à até então secretária de Estado Marlène Schiappa, nomeada ministra delegada junto do ministro do Interior, para a Cidadania. Desconhecida do grande público e sobretudo na política, Elisabeth Moreno, hoje com 49 anos de idade, é divorciada e mãe de duas filhas. Ela nasceu em Casa Choca, Santo Amaro, no concelho do Tarrafal, norte da ilha de Santiago, em Cabo Verde, a 20 de setembro de 1970 e ...

    Leia mais
    20200221 - FCA FIAT ACHRYSLER AUTOMOBILIES - Matéria para o Dia Internacional das Mulheres. Na foto Helena Cristina dos Santos Bastos (aposentada)-Foto Leo Lara/Studio Cerri

    “Lugar de mulher também é atrás do volante, se ela quiser”

    “Mulher no volante, perigo constante”. Você já refletiu sobre quantas vezes mulheres ouvem essa frase machista — tanto em tom de “brincadeira” quanto com a entonação de um xingamento — e sobre como elas se sentem? A reflexão é válida não apenas por ser uma rima preconceituosa disfarçada de ditado popular, mas porque está longe de ser verdade. Os dados mais recentes divulgados pela Seguradora Líder, responsável por administrar o seguro obrigatório no Brasil (Dpvat), dão conta de que apenas 15% das indenizações pagas a motoristas por acidentes de trânsito são destinadas a mulheres. A diferença é significativa, especialmente considerando que o número de motoristas mulheres nas ruas do Brasil difere cada vez menos do número de motoristas homens. Segundo o último levantamento do Detran SP, 40% das 24 milhões de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) registradas no Estado de São Paulo pertencem a mulheres. Além disso, elas também amam ...

    Leia mais
    iStock

    Brasil é apenas 130º em ranking que analisa igualdade salarial entre homens e mulheres com trabalho semelhante

    Dados integram o relatório do Fórum Econômico Mundial divulgado nesta terça-feira e que analisa a desigualdade de gênero em 153 países. No G1 iStock Numa classificação de 153 países, o Brasil ocupa apenas no 130º lugar no quesito que analisa a igualdade salarial entre homens e mulheres que desempenham trabalho semelhante. Os dados integram o relatório do Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês) divulgado nesta terça-feira (17) e que analisa a desigualdade de gênero. O estudo mostrou ainda que o Brasil tem apenas 20% das empresas com mulheres em cargos elevados de gestão. A baixa presença feminina ocorre mesmo com boa parte da força de trabalho brasileira composta por mulheres – elas somam 45,09 milhões, enquanto os homens são 55,08 milhões. No relatório do WEF, o Brasil apareceu na 92ª posição no ranking global que analisa a desigualdade de gênero. Pelo levantamento, o país ...

    Leia mais
    Dezenas de mulheres participam de manifestação para denunciar os abusos e violências sofridos pelas mulheres.ORLANDO BARRÍA / EFE

    “O estuprador é você”, a catarse das meninas chilenas

    Sem liderança centralizada, porém com pautas políticas evidentes, centenas de anônimas se juntam para um manifesto estético contra os efeitos do patriarcado na vida cotidiana Por Débora Diniz e Gisele Carino, do El País Dezenas de mulheres participam de manifestação para denunciar os abusos e violências sofridos pelas mulheres. (Foto: ORLANDO BARRÍA / EFE) “O estuprador é você”, gritavam meninas e mulheres em coro e coreografia. Os dedos apontavam o poder político do Estado chileno, os olhos vendados serviam de contraste à força da voz. Um batuque solitário definia o ritmo dos corpos. Centenas de meninas e mulheres se postaram no centro da Plaza Italia em Santiago do Chile para uma das mais espetaculares manifestações do feminismo global no dia de eliminação da violência contra as mulheres, 25 de novembro. O vídeo da performance noturna carrega o sublime kantiano: um poder sem limites, uma beleza sem ...

    Leia mais
    GIRL UP

    Para o futuro chegar mais rápido

    Meninas: são elas a força capaz de acelerar os 108 anos que nos separam da igualdade de gênero Por LETÍCIA BAHIA, do El País  GIRL UP É verdade: 15% de mulheres no Congresso é uma cifra constrangedora, e coloca o Brasil no rodapé dos rankings globais de participação feminina na política. Mas é motivo de orgulho o aumento de 50% registrado nas últimas eleições. Do produtor hollywoodiano Harvey Weinstein ao pseudo médium João de Deus, temos sido testemunhas do ponto final em trajetórias de abusadores que torturaram meninas e mulheres por décadas, certos de uma conivência que vem se convertendo em revolta. O Brasil, quarto no ranking mundial de casamentos infantis, aprovou em março deste ano lei que proíbe o casamento de menores de 16 anos em qualquer circunstância. Pela primeira vez - e finalmente! - o Brasil tem uma mulher indígena na Câmara dos Deputados. ...

    Leia mais
    Foto: rawpixel.com

    Importância da igualdade de gêneros no mercado de trabalho

    A presença da mulher no mercado de trabalho é pauta recorrente no debate sobre a igualdade de gênero. Por Claudia Abdul Ahad Securato, no PromoView Foto: rawpixel.com Segundo pesquisa publicada pela Consultoria Especializada em Diversidade, Enlight, o número de mulheres ocupando cargos de liderança no Brasil cresceu de 6,3% para 7,3% de 2017 para 2018, sendo o maior aumento registrado desde 2015. Apesar de os números mostrarem uma evolução no que diz respeito ao crescimento no número de mulheres no mercado de trabalho e em cargos de gestão, existem outros fatores a respeito da inclusão feminina que podem ser determinantes para a obtenção de maiores resultados pelas empresas, bem como para a melhoria de sua reputação diante de seus clientes, público interno, acionistas e investidores. O relatório “Mulheres na gestão empresarial: argumentos para uma mudança”, publicado em maio de 2019 pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), indica que a ...

    Leia mais
    Relatório Medidas Igualitárias 2030: 2,8 bilhões de mulheres e meninas desprotegidas por seus governos - 21/01/2018 (Chris J Ratcliffe/Getty Images)

    Nenhum país alcançará a igualdade de gênero até 2030, afirma a ONU

    Das 129 nações do ranking, apenas 21 tiveram avanços suficientes nos direitos das mulheres; Brasil está em 77º lugar, atrás de 11 latino-americanos Da Veja  Relatório Medidas Igualitárias 2030: 2,8 bilhões de mulheres e meninas desprotegidas por seus governos - 21/01/2018 (Chris J Ratcliffe/Getty Images) Nenhum país no mundo terá alcançado a igualdade entre os gêneros até 2030, de acordo com os dados do primeiro ranking de gênero dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDGs), estabelecidos pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Mesmo entre os líderes da avaliação, as nações nórdicas, nenhum alcançará as metas previstas em 14 dos 17 objetivos das Nações Unidas. Entre os 129 países que compuseram o ranking, o Brasil ficou em 77º lugar – na América Latina, atrás do Uruguai (32º), Chile (39º), Costa Rica (44º), Argentina (47º), Paraguai (55º), Colômbia (57º), Equador (58º), Panamá (63º), México (64º), Peru (66º) e Bolívia (68º). Os SDGs foram adotados ...

    Leia mais
    mulher com video

    Participação feminina em projetos audiovisuais bate recorde em 2019

    56% dos projetos apoiados serão desenvolvidos por mulheres. no Imirante Dos 143 projetos selecionados em dez editais, 80 serão dirigidos ou desenvolvidos por mulheres. (Foto- reprodução) No Dia da Mulher, comemorado em 8 de março, o setor do audiovisual tem avanços para comemorar, apesar do longo caminho que tem pela frente em direção à igualdade de gênero. A política de redução das desigualdades de gênero e de raça no setor audiovisual, iniciada em 2018, começa, aos poucos, a transformar a indústria cinematográfica do País. Com cotas para mulheres (cis e trans), negros, indígenas, novos realizadores e regiões, onze editais foram lançados no ano passado pela Secretaria Especial da Cultura (então Ministério da Cultura), sendo dez voltados para desenvolvimento e projetos de Audiovisual e um para a produção de festivais. Dos 143 projetos selecionados em dez editais, 80 serão dirigidos ou desenvolvidos por mulheres. Os 56% de ...

    Leia mais
    Getty Images O Banco Mundial diz que só há paridade total em seis das 187 nações analisadas em sua nova pesquisa intitulada Mulheres, Negócios e a Lei

    Dia Internacional da Mulher: os únicos seis países que garantem direitos iguais a homens e mulheres

    O número de países que dão direitos econômicos iguais para homens e mulheres ainda está em um dígito - seis -, segundo um estudo do Banco Mundial. no BBC Getty Images -  O Banco Mundial diz que só há paridade total em seis das 187 nações analisadas em sua nova pesquisa intitulada Mulheres, Negócios e a Lei A instituição diz que só há "paridade total" em 6 das 187 nações analisadas em sua nova pesquisa, intitulada Mulheres, Negócios e a Lei. Sediado em Washington, nos Estados Unidos, o maior e mais conhecido banco de desenvolvimento no mundo, examinou dez anos de dados de desigualdade financeira e legal e outros fatores, como liberdade de circulação, maternidade, violência doméstica e o direito de gerir ativos. Apenas Bélgica, Dinamarca, França, Letônia, Luxemburgo e Suécia foram avaliadas pelo Banco Mundial como lugares onde há igualdade entre os sexos nesses quesitos. ...

    Leia mais
    (Melanie Stetson Freeman/The Christian Science Monitor/Getty Images)

    Islândia é o primeiro país a proibir pagar salário inferior a mulheres

    Desde 1º de janeiro, organizações governamentais e empresas do setor privado podem ser multadas caso descumpram a obrigação Da Revista Claudia (Melanie Stetson Freeman/The Christian Science Monitor/Getty Images) Líder em igualdade de gênero no mundo, a Islândia tem em vigor, desde este 1º de janeiro, lei que proíbe que empresas e setor público paguem salários maiores a homens do que a mulheres. Na prática, órgãos governamentais e empresas do setor privado com mais de 25 funcionários terão que obter certificação atestando a existência de políticas de igualdade salarial efetivas em sua organização. As corporações que não cumprirem com o requisito serão penalizadas com multas diárias de cerca de 1 620 reais. Espera-se que a maior punição, entretanto, seja o constrangimento de não estarem em conformidade com políticas de combate à desigualdade. Empresas e grandes instituições com mais de 250 funcionários em seu quadro tiveram até o ...

    Leia mais
    blank

    Brasil cai cinco posições em ranking de igualdade de gênero

    Em 2018, o país aparece em 95.º lugar, em uma lista de 149 países, alcançando o pior resultado desde 2011 Do Exame Brasil perdeu espaço no ranking de igualdade de gênero divulgado nesta segunda-feira, 17, pelo Fórum Econômico Mundial (Victor Moriyama/Getty Images) Genebra – O Brasil perdeu espaço no ranking de igualdade de gênero divulgado nesta segunda-feira, 17, pelo Fórum Econômico Mundial. Em um ano, o País caiu cinco posições na classificação, que considera mais de 50 itens com o acesso à saúde, renda, e participação política. Em 2018, o Brasil aparece em 95.º lugar, em uma lista de 149 países, alcançando o pior resultado desde 2011. O que mais pesou foi a queda na participação das mulheres no mercado de trabalho e oportunidades de renda. “O Brasil registrou uma invertida significativa no que se refere ao progresso em direção à paridade”, alertou o informe. Ao ...

    Leia mais
    Designed by rawpixel.com / Freepik

    Hoje na História, 26 de agosto é Dia Internacional da Igualdade Feminina

    Sabia que, até 1934, mulheres casadas só podiam trabalhar com autorização dos maridos? Listamos essa e outras conquistas do movimento feminista! no Revista Glamour Designed by rawpixel.com / Freepik Estamos em 2018 e muita gente ainda acredita que o feminismo é a luta da superioridade da mulher em relação ao homem. Não é isso! É um movimento social e político que luta pela igualdade de gênero. E neste domingo, 26.08, em que é celebrado o Dia Internacional da Igualdade Feminina, acreditamos que vale a pena relembrar como essa luta é importante. Veja oito mudanças conquistadas no Brasil pelo feminismo! Estamos mais do que acostumadas a ver salas de aula com um número equilibrado entre homens e mulheres, mas nem sempre foi assim. No Brasil, mulheres só puderam frequentar a escola básica a partir de 1927. E nas universidades isso só aconteceu mais de 50 anos depois, em ...

    Leia mais
    Marcha Nacional das Mulheres Negras em Brasília. Foto: Ministério da Cultura/Janine Moraes

    Autoridades avaliam avanços e desafios da igualdade de gênero na América Latina

    Ministras e autoridades latino-americanas avaliaram os avanços na garantia da igualdade de gênero e dos direitos das mulheres da região durante o encerramento da 57ª reunião da Mesa Diretiva da Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e do Caribe, encerrada na terça-feira (31) na sede da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) em Santiago, no Chile. Da Onu Marcha Nacional das Mulheres Negras em Brasília. Foto: Ministério da Cultura/Janine Moraes Durante o encontro, os países aprovaram o Fundo Regional de Apoio a Organizações e Movimentos de Mulheres e Feministas, cujo objetivo geral é apoiar o desenvolvimento de projetos que contribuam para a igualdade de gênero, a autonomia das mulheres e a materialização de seus direitos em toda a América Latina e o Caribe. Ministras e autoridades latino-americanas avaliaram os avanços na garantia da igualdade de gênero e dos direitos das mulheres da ...

    Leia mais
    blank

    Susan Sarandon diz que Paul Newman lhe deu parte de cachê de filme para que ambos tivessem o mesmo salário

    À rádio BBC 5, atriz lembrou episódio ocorrido quando eles fizeram 'Fugindo do passado' (1998). Segundo ela, ao saber da diferença salarial, colega 'deu um passo à frente': 'Ele era uma joia'. Do G1 Susan Sarandon publicou uma carta nas redes sociais anunciando seu apoio para a candidata do Partido Verde, Jill Stein (Foto: Rueters/Patrick T. Fallon) Há 20 anos, o ator americano Paul Newman renunciou a parte do seu salário nas filmagens de "Fugindo do passado" para que a colega de elenco Susan Sarandon ganhasse o mesmo que ele, revelou a própria atriz nesta quinta-feira (8) em entrevista à rádio BBC 5. "Fugindo do passado" foi lançado em 1998 e tem um elenco protagonizado por três pessoas: Gene Hackman, Newman e Sarandon. De acordo com a atriz, os artistas trabalhavam com contrato "favoured nations", cláusula que diz que todos os protagonistas do filme devem ganhar ...

    Leia mais
    blank

    Islândia é o primeiro país a tornar ilegal o pagamento de salário menor a mulheres

    Órgãos governamentais e empresas do setor privado passam a ser obrigados a acabar com a desigualdade salarial. Da Revista Fórum  (FOTO: MAJA HITIJ/GETTY IMAGES) A Islândia já aparece no topo da lista dos países que apresentam a maior igualdade de gênero no mundo. Agora, tem um motivo a mais para não perder o posto. Nesta segunda-feira (1), entrou em vigor uma lei que torna ilegal pagar mais a homens do que as mulheres no país. A medida será aplicada tanto nos órgãos governamentais quanto nas empresas do setor privado com mais de 25 funcionários. Todos terão de obter uma certificação especial do governo, garantindo que ali existem políticas de igualdade salarial. Não conseguiu a certificação? Vai levar multa. Com isso, a Islândia vira o primeiro país no mundo a tornar a igualdade salarial obrigatória. A ilha nórdica pretende erradicar as disparidades salariais entre homens e mulheres até 2022. Ao anunciar ...

    Leia mais
    blank

    Planeta 50-50 em 2030

    Por um Planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero Da ONU Mulheres  Em 2015, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável. Com 17 objetivos globais, os Estados-membros aprovaram um plano de ação para promover o desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza. Foram definidas 169 metas globais com foco nas pessoas, no planeta, na prosperidade e na paz mundial. As metas para o alcance da igualdade de gênero estão concentradas no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 5 e transversalizadas em outros 12 objetivos globais. Em apoio à Agenda 2030, a ONU Mulheres lançou a iniciativa global “Por um planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero”, com compromissos concretos assumidos por mais de 90 países. Construir um Planeta 50-50 depende que todas e todos – mulheres, homens, sociedade civil, governos, empresas, universidades e meios de comunicação – trabalhem ...

    Leia mais
    blank

    Movimentos entregam ao MPF carta pública por igualdade de gênero e fim da violência contra mulheres

    Movimentos sociais e coletivos de mulheres protocolaram na sede da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, uma carta pública que lista ameças a direitos dessa população. O documento é assinado por um conjunto de 35 entidades – entre elas o CFemea, a Artemis, a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos das Mulheres, a Marcha Mundial das Mulheres e a União Nacional dos Estudantes. Foto: Reprodução/Mídia Ninja Do Justificando A carta destaca desafios como o fim do feminicídio e da cultura do estupro, as desigualdades de gênero e raça, as graves condições das mulheres em privação de liberdade, a transfobia e a lesfobia, assim como a luta pelos direitos de indígenas, quilombolas, mulheres do campo e de atingidas pela mineração. “Vivemos no Brasil uma ofensiva fundamentalista que ataca direitos. Uma combinação de racismo e machismo que faz das negras as vítimas principais da violência, dos ...

    Leia mais
    blank

    Ruanda tem congresso com maior igualdade de gênero no mundo

    Relatório do Fórum Econômico Mundial aponta país africano como um dos mais igualitários entre homens e mulheres na política. No entanto, problemas de liberdade de imprensa, liberdade democrática, saúde e qualidade de vida ainda são entraves. Por  Solon Neto, do  Alma Preta Ruanda é um dos países com maior igualdade de gênero no mundo na política, segundo relatório lançado pelo Fórum Econômico Mundial (FEM). Posicionado atrás apenas de Finlândia, Suécia, Islândia e Noruega, Ruanda pode ser considerado o quinto país com mais equidade entre homens e mulheres no planeta. Em número de mulheres eleitas para o Parlamento, Ruanda destaca-se como o primeiro colocado entre 144 países pesquisados. O relatório é de 2016, e foi organizado para apontar informações necessárias para o enfrentamento da desigualdade de gênero no mundo. Ruanda vive um boom econômico em uma escalada que vem desde 1994. O ano ficou marcado pelo genocídio que vitimou cerca de 800 mil ...

    Leia mais
    blank

    Fundo de Mulheres do Sul seleciona projetos sobre igualdade de gênero, até 20/3, em apoio à Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável

    As candidaturas só podem ser apresentadas em Espanhol ou Inglês. Depois de completar os documentos exigidos enviar por correio electrónico para [email protected] No “Assunto” do e-mail incluir o nome do programa: “Liderando desde o sul”, seguido do nome da organização candidata Clique aqui para acessar a íntegra do edital O Fundo de Mulheres do Sul anuncia a sua primeira Chamada de Propostas do Programa Liderando desde o Sul e convida grupos, organizações, movimentos e redes locais, nacionais, sub-regionais e/ou regionais dirigidas por mulheres a apresentar propostas inovadores e de alto impacto, com foco na defesa e promoção dos direitos das mulheres e a igualdade de gênero, para ajudar a impulsionar a implementação da Agenda 2030 das Nações Unidas focada no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 5 (ODS 5 – Igualdade de gênero), Os alvos de gênero dentro do ODS 1 (Fim da Pobreza), ODS 2 (Fome Zero), ODS 3 (Saúde e ...

    Leia mais
    blank

    Governo sueco ‘responde’ a Trump com uma foto de mulheres do gabinete

    Vice-primeira-ministra assina uma proposta ambiental rodeada por sete colaboradoras do Executivo Do El Pais  A ‘número dois’ da Suécia, com colaboradoras do Governo. EL PAÍS A vice-primeira-ministra da Suécia, Isabella Lövin, respondeu ao presidente dos Estados Unidos. E o fez com uma fotografia em que aparece rodeada por sete mulheres do gabinete do país nórdico. Essa imagem imita uma das primeiras divulgadas pela Casa Branca sobre Donald Trump, em que aparecia assinando uma ordem acompanhado apenas por homens. Lövin postou em suas redes sociais a imagem em que é vista, com a caneta na mão e uma pasta aberta, rodeada por colaboradoras do Executivo – uma delas, grávida. “Somos um Governo feminista, como mostra essa foto. É o observador que deve a interpretar essa imagem”, disse a número dois do Governo da Suécia. Fotografia de 23 de janeiro no Salão Oval. EFE Na fotografia da Casa Branca, que provocou uma onda ...

    Leia mais
    Página 1 de 5 1 2 5

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist