segunda-feira, agosto 3, 2020

    Tag: invisibilidade

    Iluareação: Ella Byworth for Metro.co.uk

    A “tia do cafezinho” e as invisibilidades diárias do povo negro

    De acordo com o jurista Silvio Almeida, autor da obra "O que é Racismo Estrutural"geralmente quando pensamos o que é racismo imaginamos uma violência direta praticada contra uma pessoa negra, impedir que alguém em decorrência da sua cor entre em algum lugar ou seja seguida no shopping. No entanto o racismo se constitui uma normalidade racionalizada produzindo ações conscientes e inconscientes. O racismo está na superestrutura como parte da engrenagem do sistema capitalista influenciando diretamente todas as relações humanas e reproduzimos a todo momento um conjunto de padrões que nem conscientizamos se tratar de racismo como o uso dos termos "denegrir", "lista negra", "mulata"… O racismo produz uma série de comportamentos com vistas a retirar a humanidade de pessoas negras, (de forma consciente ou não) ao trata-las de maneiras coisificadas, sem identidade, sem um nome, "a tia do café" "o negão da fila, "aquele negão da borracharia" "que cabelo assim ...

    Leia mais
    Adobe

    Na quarentena refletindo sobre nossa invisibilidade feminina

    Recentemente ouvi de um amigo intelectual, a frase: “escrever na primeira pessoa não é para qualquer um”, isso referente a um texto que escrevi sobre a pandemia que nos afligiu em 2020. Essa fala foi um gatilho. Lembre-me da minha defesa do artigo de especialização em História Agrária da Amazônia Contemporânea, na conceituada Universidade Federal do Pará, no ano de 2018. Na ocasião eu falava sobre o machismo e sexismo que mulheres gestoras de escolas do campo sofriam, inclusive eu. A minha orientadora foi Anna Maria Linhares, não há laudas suficientes se eu começar a descrever o quanto ela é maravilhosa, uma mulher que enfrenta o patriarcado com muita força e nos influencia a observar, refletir e resistir a essa sociedade misógina que nos exclui, invisibilizada e elimina. Ela estava lá ao meu lado, com seus grandes brincos e imenso bom senso, me encorajando com seu olhar, enquanto, minhas pernas ...

    Leia mais
    blank

    Catálogo lançado na Flip questiona invisibilidade negra feminina

    Obra reúne dados sobre produção intelectual de 181 mulheres. Organizadora fala em 'política de construção de direitos para mulheres'.   Por Luís Filipe Pereira Do G1 A invisibilidade negra voltou a ser tema de debate na tarde deste sábado (29), na 15ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). Com dados sobre a produção intelectual de 181 mulheres negras, e dividido de acordo com a área de atuação, o "Catálogo de mulheres negras visíveis" é definido pela organizadora Giovana Xavier como "um registro de histórias que não estão submersas". O lançamento da obra reuniu aproximadamente 300 pessoas – entre elas a professora aposentada Diva Guimaraes, que emocionou o ator Lázaro Ramos em mesa realizada na véspera – que se espremeram no espaço acanhado da Casa Amado Saramago. "Esse projeto não é uma resposta. É uma política de construção de direitos para mulheres e tem um sentido político afirmar isso numa festa literária. ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist