quinta-feira, outubro 15, 2020

    Tag: ódio racial

    Image processed by CodeCarvings Piczard ### FREE Community Edition ### on 2015-10-13 13:28:28Z | http://piczard.com | http://codecarvings.com

    Breve história do ódio: linchamentos, rolêzinhos e a reação racista à mobilidade social

    Os dia 31 de janeiro de 2014, cerca de 30 rapazes em 15 motos cercaram quatro adolescentes na avenida Rui Barbosa, no bairro carioca do Flamengo, aparentemente sob pretexto de que pareciam suspeitos. Dois meninos abordados conseguiram fugir. Por Luiz Eduardo Do Justificando Os outros dois viram uma pistola 9mm com um dos motoqueiros e não correram. Foram espancados. Um deles fugiu. Seu parceiro de infortúnio, um adolescente negro, foi amarrado pelo pescoço a um poste, onde o deixaram nu, sangrando como uma presa abatida. Os justiceiros foram embora. Logo surgiram mais notícias sobre a gangue de motoqueiros. Outros jovens pobres foram surrados e deixados nus, sob ameaça de linchamento. Enquanto batiam em suas vítimas, os motoqueiros as acusavam de terem cometido roubos e outros delitos. Os sinais parecem claros, mesmo que não fossem conscientes. Por que amarrar pelo pescoço a um poste? Por que deixar a vítima nua? Havia mensagens ...

    Leia mais

    Discurso de ódio

    Tal discurso mira o fomento do ódio e ao estímulo a hostilidade, discriminação, e agressão contra um indivíduo ou grupo em atributo a sua nacionalidade, gênero, raça, condição física, religião, orientação sexual, ou outra particularidade. por Sergio Leandro Carmo Dobarro Especial para o CenárioMT O citado discurso tem sido usado para ultrajar, perseguir e fundamentar a privação dos direitos humanos e, em episódios derradeiros, para dar ensejo a agressões graves, e homicídios. Variados fatos mundiais ocorridos por conta do discurso de ódio, em especial o Holocausto na Alemanha Nazista durante a Segunda Guerra Mundial, acenderam a apreensão com as implicações nocivas de tais discursos e a precisão de se instituírem legislações que coibissem sua difusão. Não obstante, o bloqueio do discurso do ódio entra em conflito com o direito à liberdade de expressão, garantido por diversos documentos e legislações internacionais, de suma importância para a democracia de nosso país. Neste diapasão, ...

    Leia mais

    Suécia alerta que ódio a africanos atingiu níveis alarmantes no país

    Governo afirma que violência e segregação são cada vez maiores contra afrodescendentes Por Wellington Calasans, no R7 Relatório divulgado na segunda-feira (3) pelo governo sueco apresenta um cenário preocupante para as pessoas de origem africana. Segundo a publicação, a “afrofobia” contribui claramente para tornar os afrodescendentes mais vulneráveis do que outros grupos, em termos de discriminação e crimes de ódio na Suécia. O relatório define a afrofobia como “a hostilidade para com as pessoas de raízes da África subsaariana”. Na Suécia, a afrofobia se manifesta em agressões verbais, bloqueios de espaços sociais, ataques físicos e na discriminação, incluindo emprego, habitação e na educação. No mesmo estudo, há uma categoria chamada “afro-suecos” que inclui todos os residentes de ascendência africana. O número desse grupo é de cerca de 180 mil pessoas, dos quais 90% têm origem na África subsaariana. O restante é do Norte da África, América do Sul e outros países. ...

    Leia mais

    Blog da Cidadania aponta “escalada do ódio político no Brasil”

    ."Provocações surgem entre grupos que controlam os grandes meios e os que não têm mídia – ou que, hoje, têm pequenas mídias graças à internet", escreve o blogueiro Eduardo Guimarães, que traz à tona o post de um usuário no Facebook pedindo a morte de Dilma e de "todos os simpatizantes do PT"; segundo ele, "não há dúvida" de que a grande imprensa "é culpada por exacerbar o ódio político" no País desde o advento da República Por: Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania "Cinquenta (...) anos atrás , um jovem fotógrafo do Arkansas Democrat (...) foi cobrir o primeiro dia de aula de um grupo de estudantes negros na maior e melhor escola média de Little Rock . Esse pedaço de história ficou gravado no negativo de número 15. Eram apenas nove os jovens negros selecionados pela direção do principal colégio da cidade, o Central High School, para ...

    Leia mais

    Racismo sem limites nas redes sociais

    Comissão de Igualdade Racial da OAB-RJ vai acionar MP para Facebook retirar páginas do ar CONSTANÇA REZENDE Rio - Racistas estão usando a rede social Facebook para promover a intolerância racial de maneira aberta, com nome e sobrenome e sem medo do artigo 5º da Constituição Federal, que considera a prática crime inafiançável, imprescritível e sujeito à pena de reclusão. Nas mais de cinco páginas que derivam da frase “O Racismo Começa” e o “O Racismo Começa Quando”, são publicadas centenas de ofensas a negros, que são abastecidas com frequência. São postadas várias fotos do ditador austríaco Adolf Hitler — que levou a fornos crematórios milhões de judeus e ciganos durante a Segunda Guerra — associando sua imagem a frases que incitam o ódio a negros e outras de conteúdo altamente ofensivo. Há ainda uma foto do cantor americano Michael Jackson, com os dizeres “Quem tem fé se cura”. Uma das páginas chega ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist