quinta-feira, maio 21, 2020

    Tag: Sojourner Truth

    Foto retirada do Blog da Boitempo

    Angela Davis: A potência de Sojourner Truth

    No aniversário de 135 anos de morte de Sojourner Truth, o Blog da Boitempo recupera uma reflexão clássica de uma das maiores vozes do feminismo negro no mundo hoje sobre o legado da militante abolicionista, pioneira na luta pelos direitos civis dos negros e das mulheres nos EUA. Por Angela Davis, no Blog da Boitempo Foto retirada do Blog da Boitempo No aniversário de 135 anos de morte de Sojourner Truth, o Blog da Boitempo recupera uma reflexão clássica de uma das maiores vozes do feminismo negro no mundo hoje sobre o legado da militante abolicionista, pioneira na luta pelos direitos civis dos negros e das mulheres nos EUA. O trecho reproduzido abaixo integra o livro Mulheres, raça e classe, de Angela Davis. Nele, ainda sem o arcabouço teórico formal da interseccionalidade, a autora procura demonstrar as articulações entre classe e raça no início da campanha pelos direitos ...

    Leia mais
    (Photo by Hulton Archive/Getty Images)

    Sojourner Truth traz duro discurso contra a invisibilidade

    “Aquele homem ali diz que é preciso ajudar as mulheres a subir numa carruagem, é preciso carregar elas quando atravessam um lamaçal e elas devem ocupar sempre os melhores lugares. Nunca ninguém me ajuda a subir numa carruagem, a passar por cima da lama ou me cede o melhor lugar! E não sou uma mulher? Olhem para mim! Olhem para meu braço! Eu capinei, eu plantei juntei palha nos celeiros e homem nenhum conseguiu me superar! E não sou uma mulher? Eu consegui trabalhar e comer tanto quanto um homem – quando tinha o que comer – e também aguentei as chicotadas! E não sou mulher? Pari cinco filhos e a maioria deles foi vendida como escravos. Quando manifestei minha dor de mãe, ninguém, a não ser Jesus, me ouviu! E não sou uma mulher?” Esse parágrafo duríssimo extraio do livro “O que é Lugar de Fala?”, escrito da Mestre ...

    Leia mais
    blank

    28 mulheres negras ativistas que você precisa conhecer

    As contribuições das mulheres negras para moldar e mudar o mundo para melhor são muitas vezes minimizadas. Reunimos uma lista com algumas das mulheres negras ativistas para as quais devemos ser gratos: Ella Baker Ella Baker começou seu envolvimento com a NAACP em 1940. Ela trabalhou como secretária de campo e, em seguida, atuou como diretora de 1943 até 1946. Em 1957, Baker se mudou para Atlanta para ajudar a organizar nova organização de Martin Luther King, a Southern Christian Leadership Conference (SCLC). Ela também fez uma campanha de registro de eleitores chamados  “A Cruzada para a Cidadania”. Em 1 de Fevereiro de 1960, um grupo de estudantes universitários negros de North Carolina A & T University foram impedidos de almoçar em um restaurante no  Greensboro, Carolina do Norte. Baker deixou o SCLC após esse acontecido. Ela queria ajudar os novos estudantes porque eram jovens e ativistas. Baker organizou uma reunião na ...

    Leia mais
    blank

    Não sou uma mulher? Mulheres negras, gente ou bicho?

    “Aquele homem ali diz que mulheres têm que ser ajudadas para subir nas carruagens, e levantadas sob as valetas, e ter o melhor lugar onde seja. Ninguém nunca me ajuda a subir em carruagens, ou sobre lamaçais, ou me dá lugar melhor nenhum! Não sou eu uma mulher? Eu dei à luz treze crianças, e vi quase todas serem vendidas para escravização, e quando eu chorei meu pesar de mãe, ninguém além de Jesus me ouviu! Não sou eu uma mulher?” Por Emanuelle Goes* para a Revista Afirmativa No População Negra e Saúde (Sojourner Truth, 1851)** Evocando o discurso de Sojourner de 1851, começo a minha reflexão sobre o que somos, alem de um saco preto arrastado no asfalto.  Já se passaram dois anos e é como se nada tivesse acontecido, faz dois anos que Claudia Ferreira foi assassinada brutalmente, sendo arrastada como um saco preto sobre o asfalto. Mulher ...

    Leia mais
    blank

    50 tons de bege

    'Essa é a história de Cécile. Ela é uma menina normal, como eu e você. Cécile é linda, inteligente, engraçada, mas muito tímida. Cécile gosta muito de maquiagem, mas nunca comprou nada, muito menos provou algo no seu rosto. Ela tem vergonha de que a olhem diferente, que a chamem de palhaço, que zombem por ela colocar algo diferente em sua pele preta.  Toda semana ela compra revistas de moda e perde horas do seu dia lendo. Cécile olha as mulheres das revistas, todas diferentes dela, mas muito bonitas. Ela adora o fato de que todas as mulheres nas revistas usam maquiagem e isso fica bem nelas. Mas Cécile não se enxergar nessas mulheres. Ela lê tutoriais, sabe fazer tranças em cabelos lisos. A última revista que ela comprou, tinha uma matéria muito importante sobre como não ficar rosada no frio. Por Naomi Faustino, do The Black Cupcake Um dia, lendo essas ...

    Leia mais
    Sojourner Truth

    Sojourner Truth

    Fotógrafo: Mathew Brady. Foto sobre papel albuminado. Aproximadamente 1864. Isabella Baumfree Data e local de nascimento: c. 1797 Swartekill, Nova York Data e local de falecimento: 26 de novembro de 1883, com cerca de 86 anos, Battlecreek, Michigan, Ocupações: Empregada doméstica, abolicionista, escritora Pais: James e Elizabeth Baumfree Sojourner Truth (1797 - 26 de novembro de 1883) foi o nome adotado, a partir de 1843, por Isabella Baumfree, uma abolicionista afro-americana e ativista dos direitos da mulher. Truth nasceu no cativeiro em Swartekill, Nova York. Seu discurso mais conhecido,"Não sou uma mulher?", foi pronunciado em 1851, na Convenção dos Direitos da Mulher em Akron, Ohio. Juventude Foi um dos treze filhos de James e Elizabeth Baumfree, escravos do Coronel Hardenbergh. A propriedade dos Hardenbergh situava-se numa região de colinas, conhecida por Swartekill, um nome holandês, ao norte da atual Rifton, e localizada na pequena cidade de Esopus, Nova York, ao norte ...

    Leia mais
    Sojourner Truth e Michelle Obama

    Michelle Obama e Hillary homenageiam Sojourner Truth negra que lutou contra escravidão

    Washington, 28 abr (EFE).- Michelle Obama e Hillary Clinton homenagearam Sojourner Truth, uma das primeiras mulheres negras que lutaram contra a escravidão nos Estados Unidos e que ganhou hoje uma estátua na Galeria da Emancipação do Capitólio. O espaço está reservado às grandes personalidades do país, e Truth será a primeira negra a receber esta honra. A primeira-dama lembrou de suas origens e destacou que ela, que agora é o rosto mais visível dos Estados Unidos, também veio de uma família que foi vítima da escravidão gerações atrás. "Espero que Sojourner Truth esteja orgulhosa de me ver, uma descendente de escravos, servindo como a primeira-dama dos Estados Unidos", disse. Michelle destacou o legado de Truth, que, apesar de ser escrava, lutou pela abolição e pelos direitos das mulheres, e teve a oportunidade de conhecer o presidente Abraham Lincoln em 1864 e Ulysses Grant em 1870. Pensando no legado da abolicionista ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist