quinta-feira, dezembro 3, 2020

    Tag: Zózimo Bulbul

    Joel Zito (Foto: Imagem retirada do site O Globo)

    Casa de Machado de Assis, a ABL abre suas portas pra Joel Zito Araújo

    Casa de Machado de Assis (1839-1908), a Academia Brasileira de Letras (ABL) vai se tornar nesta quinta-feira palco para uma inflamada reflexão sobre racismo, colorismo e todas as demais matizes da aquarela da exclusão, numa visita do diretor Joel Zito Araújo, diretor de “A negação do Brasil” (2000) para falar sobre representação e identidade do legado africano em nossa população. Com 31 anos de estrada nas telas, o realizador do premiado “Filhas do vento” (2004) foi convidado pela ABL para ministrar, hoje (27/6), às 17h30, o colóquio “O Negro no Cinema Brasileiro”. A palestra dele encerra o ciclo “Vozes d’África na cultura brasileira”. A ABL, casa fundada por Machado de Assis, fica Av. Presidente Wilson, 203, Castelo. Em janeiro, o mineiro, nascido na cidade de Nanuque e reconhecido como um dos mais combativos documentaristas em atividade hoje no país, integrou a mostra Soul in the Eye, do Festival de Roterdã, ...

    Leia mais
    Alma no Olho (1973), é o filme de estreia do diretor brasileiro Zózimo Bulbul / Reprodução

    Ameaçado por cortes na cultura, cinema negro brasileiro é reconhecido fora do país

    Invisibilizado e muitas vezes ignorado pelos festivais brasileiros, o cinema negro desempenha uma função de reivindicação da cultura afro-brasileira e resiste em meio à falta de incentivos, algo que pode se intensificar com o governo de Jair Bolsonaro. Na contramão dos cortes, filmes protagonizados e dirigidos por negros ganham reconhecimento em mostras e festivais como o de Roterdã. Ainda durante a campanha, Jair Bolsonaro havia prometido a transformação do Ministério da Cultura em uma pasta do Ministério da Cidadania, o que se concretizou após sua eleição. Com a extinção do ministério, a Ancine ficou sob o comando de Osmar Terra (MDB), deixando a classe artística desamparada e sem perspectiva de novas políticas afirmativas, o que se soma a outras decisões anticultura do governo como a reavaliação dos patrocínios de incentivo à produção cultural da Petrobras. "Reconheço o valor da cultura e a necessidade de incentivá-la, mas isso não deve estar ...

    Leia mais
    Foto: Ierê Ferreira/ Reprodução Facebook

    Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbull: Pontes Históricas e Diaspóricas

    No calor da onda cinemanovista, o crítico e cineasta David Neves apresentou em 1965 a tese O cinema de assunto e autor negros no Brasil, na V Resenha do Cinema Latino-Americano em Gênova, na Itália. De modo pioneiro, David Neves debateu publicamente a presença negra no cinema brasileiro, indicando que negro sempre figurara como assunto, mas nunca como autor, de modo que o cinema de assunto negro era “quase sempre uma constante, quando não é um vício ou uma saída inevitável”.  E até o Cinema Novo o negro aparecia nas telas invariavelmente de duas formas: a partir da exploração comercial de imagens exóticas e racistas ou de modo indiferente e acidental na trama. Assim, o Cinema Novo teria inaugurado uma preocupação com a representação negra que fugisse das lógicas predominantes até então e que além disso, propusesse uma indissociação entre personagens negras e o ponto de vista do realizador do ...

    Leia mais
    imagem: Centro Afro Carioca de Cinema Zózimo Bulbul

    ‘Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul’ exibe mais de 90 filmes

    Fortificar a identidade negra e incentivar o intercâmbio cultural Brasil-África: é esse o principal objetivo do “Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe”, que chega ao 11º ano de 29 de agosto a 9 de setembro, com atrações em quatro espaços culturais do Rio e convidados como Lázaro Ramos e Djamila Ribeiro. imagem: Centro Afro Carioca de Cinema Zózimo Bulbul Para esta edição, foram selecionados 76 filmes nacionais, de cinco regiões do Brasil, e 29 filmes internacionais, entre longas e curtas-metragens, sob a curadoria do diretor Joel Zito Araujo e de Janaína Oliveira. As exibições acontecem no Cine Odeon, no CCJF (Centro Cultural Justiça Federal), no MAR (Museu de Arte do Rio) e no Cine Arte UFF (Universidade Federal Fluminense), em Niterói. Crédito: Divulgação Na programação, 'Carta Sobre o Nosso Lugar Mulheres do Vila Nova' tem direção de Rayane Penha [caption ...

    Leia mais

    Mostra destaca a contribuição de Zózimo Bulbul para a cultura negra

    O ator e cineasta Zózimo Bulbul, que morreu em janeiro de 2013, aos 75 anos, ganha nesta Semana da Consciência Negra  uma exposição em sua homenagem no Centro Cultural Justiça Federal (CCJF), no Rio de Janeiro. A mostra Zózimo Bulbul – Uma Alma Carioca, uma Celebração à Vida e ao Orgulho da Origem Africana, aberta na noite de hoje (18), mostra, em fotos e filmes, a trajetória do artista e de sua contribuição para a afirmação da cultura negra. Zózimo Bulbul foi primeiro ator negro a protagonizar uma novela na televisão brasileira, Vidas em Conflito, na extinta TV Excelsior, em 1969. No cinema, atuou ao longo de 50 anos de carreira em mais de 30 filmes e foi diretor em 12, entre curtas, médias e longas-metragens. Criou o Centro Afro Carioca de Cinema, responsável por um evento anual que promovia a aproximação entre cineastas brasileiros, africanos e caribenhos. “Com esta ...

    Leia mais
    Oscar-Micheaux-480x309

    Entre Micheaux e BulBul, o negro por um cinema independente – Por: Luiz Paulo Lima

    É com relativa frequência que verificamos nos dias de hoje, diferentemente de um passado recente, sucessivas mostras e lançamentos de produções de cinema independente, onde atrizes, atores, produtores (as) e diretores (as) negros (as) como protagonistas, deram  ao mundo audiovisual uma sensação de inclusão democrática, nessa fantástica linguagem conhecida como a sétima das artes. As provas disso, são quando as grandes capitais como São Paulo, acolhem  retrospectivas como; Oscar Micheaux: O negro e a segregação racial, realizada no CCBB, com a curadoria de Paulo Ricardo G. de Almeida, onde podemos assistir vinte e cinco do total em torno de quarenta filmes produzidas pelo cineasta entre os anos de 1919 e 1948. Cabe um destaque  relevante,  o cineasta produziu todas essas obras no período pleno de segregação racial nos EUA. Micheaux, polêmico, empreendedor nato, ficou conhecido como pioneiro no gênero ao escrever, produzir, roteirizar, dirigir e distribuir “The Homesteader”, em 1919, primeiro longa-metragem afro-americano. ...

    Leia mais
    zozimo bulbul

    Tributo a Zózimo Bulbul

    Cultne apresenta o Tributo a Zózimo Bulbul a partir do argumento, edição e direção de Filó Filho com quem Zózimo conviveu nos anos 70, durante a realização da peça teatral "Orfeu Negro" no Renascença Clube, zona norte do Rio de Janeiro. O ator e cineasta Zózimo Bulbul faleceu aos 75 anos no último dia 24 de janeiro de 2013, deixando um grande legado para comunidade negra. Ele nasceu Jorge da Silva em 1937, mas adotou o nome Zózimo Bulbul e se popularizou com um dos grandes nomes da produção cinematográfica afro-brasileira. Também foi um dos primeiros modelos negros brasileiros nos anos 60, Bulbul foi cineasta, ator, diretor e roteirista e o primeiro protagonista negro a beijar nas telas do cinema nacional. Filó e Zózimo Bulbul se conheceram nos início dos anos 70, quando iniciavam-se os primeiros passos para a mudança de imagem do Renascença, que trazia dentro da sociedade a marca ...

    Leia mais
    zozimo-bulbul-morreu-no-rio-aos-75-anos

    Corpo do ator Zózimo Bulbul será sepultado hoje no Rio

    O ator e cineasta Zózimo Bulbul vai ser enterrado nesta sexta-feira (25) no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária da cidade. Zózimo, que foi dos maiores militantes da cultura negra do Brasil, morreu na quinta-feira (24) aos 75 anos. Amigos e admiradores estiveram no velório, na Câmara Municipal, na Cinelândia, Centro do Rio. Zózimo participou de mais de 30 filmes. Carioca, nascido em Botafogo e estudante de contabilidade na juventude, Zózimo foi presença em obras históricas do cinema brasileiro como "Cinco Vezes Favela", "Quilombo", "Terra em Transe". Na televisão atuou em novelas e minisséries. O ator foi o primeiro negro protagonista de uma novela brasileira. Em 1969 ele fez par romântico com Leila Diniz na novela "Vidas em Conflito", da extinta TV Excelsior. Bulbul trabalhou até novembro do ano passado. "É um sentimento horrível, horroroso, mas o que existe agora é um grande alívio, pois ele estava sofrendo ...

    Leia mais
    Zozimo

    Morre o ator e cineasta Zózimo Bulbul, aos 75 anos

    O ator e cineasta Zózimo Bulbul morreu nesta quinta-feira aos 75 anos em sua casa em Botafogo. Ele sofria de câncer havia alguns anos e não resistiu a uma parada cardíaca pela manhã. Ator e diretor de mais de 30 filmes, 50 anos de carreira, estreou no cinema com "Cinco vezes favela" na década de 60 e trabalhou com ícones do Cinema Novo como Glauber Rocha. Zózimo Bulbu  Um dos maiores expoentes afro-brasileiros do Cinema Novo nas décadas de 60 e 70, Zózimo Bulbul construiu sua trajetória no cinema através da história do seu povo no Brasil. Bulbul atuou também em clássicos como Terra em Transe (Glauber Rocha), Compasso de Espera (Antunes Filho) e, mais recentemente, em Filhas do Vento (Joel Zito Araújo), entre outros.  Em 1974, realizou seu primeiro trabalho, Alma no Olho. O título foi inspirado no livro do líder dos Panteras Negras Eldridge Cleaver,Alma no Exílio. O livro de Cleaver ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist