Tenente gay é absolvido da acusação de deserção na Bahia

A Justiça Militar decidiu absolver o tenente da Polícia Militar da Bahia Ícaro Ceita do Nascimento, homossexual assumido, da acusação de deserção. Ele diz que está afastado da polícia em razão de “danos psicológicos”, segundo avaliação médica, causados por “perseguição homofóbica” na corporação.

Por: MATHEUS MAGENTA

Para ele, a vitória não foi só pessoal, “mas do movimento GLBT [gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros] e da democracia brasileira”. Segundo o Grupo Gay da Bahia, foi a primeira vitória na Justiça Militar brasileira de um homossexual assumido.

De acordo com a Polícia Militar, o processo de exoneração foi iniciado em 2008, porque o atestado médico obtido pelo tenente não foi homologado pela corporação -daí o entendimento de que o policial havia desertado.

O capitão Marcelo Pitta, chefe da unidade de imprensa da PM da Bahia, não quis comentar -apenas disse que a corporação vai respeitar a decisão da Justiça. “Não há nenhuma perseguição ao tenente pelo fato de que ele assumiu a homossexualidade.”

 

 

Fonte: Folha de S.Paulo

+ sobre o tema

Homofobia: Confundidos com casal gay, pai e filho são espancados em São Paulo

O caso aconteceu em uma feira agropecuária de São...

‘O amor une. A homofobia, não’: MEL lança primeiro comercial com beijo gay da TV brasileira

O Movimento do Espírito Lilás (MEL) em parceria com...

A fabulosa geração de gays que nasceu para ser tudo que ninguém quer

Apropriam-se de termos, criam linguagem própria e um andar...

Candidato homofóbico do PSDB causa revolta e vergonha alheia

Candidato homofóbico pretende 'ensinar meninos a gostarem somente de...

para lembrar

Pelo fim do Sexismo, da homofobia e intolerância religiosa nas Escolas brasileiras

O Plano Nacional de Educação (PNE) acaba de ser...

Jovem é agredido e queimado vivo em ritual de ‘purificação de gays’ em BH

Um jovem gay de 19 anos foi brutalmente torturado em...

Homem acusado de matar filho no Rio por ser ‘afeminado’ vai a júri popular

Alexandre Soeiro foi preso em fevereiro, por matar o...
spot_imgspot_img

Homofobia em padaria: Polícia investiga preconceito ocorrido no centro de São Paulo

Nas redes sociais, viralizou um vídeo que registra uma confusão em uma padaria, no centro de São Paulo. Uma mulher grita ofensas homofóbicas e...

ONG contabiliza 257 mortes violentas de LGBTQIA+ em 2023

Em todo o ano passado, 257 pessoas LGBTQIA+ tiveram morte violenta no Brasil. Isso significa que, a cada 34 horas, uma pessoa LGBTQIA+ perdeu...

Justiça manda Governo do RJ pagar R$ 80 mil a Cacau Protásio por ataques em gravação em quartel dos bombeiros

A Justiça do Rio de Janeiro determinou, em segunda instância, que a atriz Cacau Protásio seja indenizada em R$ 80 mil por ataques e...
-+=