Uma nova geração reclama a continuação do sonho de Martin Luther King

Enviado por / FonteRádio Monçambique

Uma nova geração de líderes e activistas negros regressou este sábado ao lugar onde, há 50 anos, Martin Luther King pronunciou o seu discurso I have a dream, para recordar que a sua missão continua inacabada, que o movimento pelos direitos civis têm hoje novos objectivos e que é preciso continuar a trabalhar pela igualdade.

“A nossa geração não pode permanecer sentada, disfrutando dos méritos e das glórias passadas”, disse perante dezenas de milhares de pessoas concentradas no monumento a Lincoln, na grande explanada do centro de Washington, Cory Booker, presidente da cámara de Newark (New Jersey), candidato democrata ao Senado e um dos mais brilhantes e renovadores dirigentes negros na actualidade.

A seguir imagens que nos levam do distante ano de 1963 até aos dias de hoje, passados cinquenta anos sobre o famoso discurso do herói negro norte-americano

1 Luther king
Agosto de 1963. Martin Luther King dirige-se aos manifestantes durante o seu discurso “Tenho um sonho” no monumento a Lincoln em Washington/(AP)

 

2 Luther king
Agosto de 1963 – Vista panorámica do palanque situado em frente ao monumento a Lincoln durante o discurso de Martin Luther King/(Gamma- / Keystone / Getty Images)
4 Luther king
Agosto de 1963. Edith Lee Payne, uma jovem de Detroit, participa na marcha pela Liberdade e o Trabalho celebrada em Washington. Nesse dia, ela completava 12 anos/Rowland Scherman (GETTY)
5 Luther king
Agosto de 1963. Joan Baez e Bob Dylan actuam durante a marcha dos direitos civis de agosto de 1963 em Washington/Rowland Scherman (GETTY)

 

6 Luther king
Agosto de 2013. Milhares de pessoas concentram-se junto ao palanque situado em frente ao monumento a Lincoln em Washington/Jon Elswick (AP)
7 Luther king
Agosto de 2013. Estudantes da Universidade de Howard caminham desde o seu campus até ao monumento a Lincoln para comemorar o 50º aniversário do discurso de Martin Luther King, líder do movimento pelos direitos civis/James Lawler Duggan (REUTERS)
8 Luther king
Agosto de 2013. Dançarinas do Impact Repertory Theater actuam durante a homenagem à marcha pela Paz e o Trabalho de agosto de 1963 encabeçada por Martin Luther King/JAMES LAWLER DUGGAN (REUTERS)
9 Luther king
Martin Luther King III, juntamente com a sua mulher Andrea e sua filha Yolanda este sábado em Washington. O filho de Luther King pediu que se continue a luta que, há 50 anos, foi iniciada pela geração do seu pai/Carolyn Kaster (AP)

+ sobre o tema

para lembrar

Beyoncé anuncia ‘Act 2’, do Renaissance, e lança duas músicas; ouça

Beyoncé anunciou, durante o Super Bowl, o "Act 2", do...

Lizzo comemora as 6 indicações ao Emmy 2022: ‘Em choque’

Lizzo comemorou as 6 indicações ao Emmy 2022 em publicação feita no...

Michelle Obama revela que fez fertilização in vitro para gerar suas filhas

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama revelou que...
spot_imgspot_img

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta pela primeira vez no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...

14 de maio e a Revolta dos Malês

Quem passa pelo Campo da Pólvora, em Salvador, nem imagina que aquela praça, onde ironicamente hoje se encontra o Fórum Ruy Barbosa, foi palco...
-+=