‘Único país em que vi babás de branco é o Brasil’, afirma Alexandra Loras consulesa da França

Do Rede Tv

A consulesa não concorda com a visão de que o preconceito no Brasil é econômico e revela sofrer preconceito racial por conviver com a elite do país. Alexandra Loras confidencia que recebe ‘olhares tortos’ em clube por ser confundida com a baba do filho, que é loiro, e não usar uniforme. Ela já morou na Inglaterra, na Alemanha, na Espanha, na Suécia e só aqui presenciou essa situação. Para ela, obrigar as babás a usarem branco é algo segregacionista.

A consulesa é jornalista e estudou a visibilidade das minorias na mídia. Ela afirma ter descoberto personalidades negras francesas de grande relevância que não são citadas em livros didáticos.

No Brasil, onde mais de 50% da população é negra, Alexandra Loras acha terrível que só 4% tenham representatividade na TV, quase sempre em papéis de faxineiros, seguranças e criminosos.

Leia também:  Babás de branco: promotora vê conflito de interesse e pede anulação de decisão favorável a clubes 

 

+ sobre o tema

Feminista Joice Berth fala sobre a mulher negra e a arquitetura

Joice Berth, arquiteta e militante do movimento negro, fala...

‘Não se trata de rótulo, se trata de identidade’

Casada com a assessora de imprensa Poliana Martins desde...

100 livros infantis com meninas negras – 50/100 Parte I

Sobre o projeto 100 meninas negras Este é um projeto...

Serena Williams owes black men nothing for her white fiancé

by George Johnson Thursday afternoon, the internet was flooded...

para lembrar

Sueli e Thereza: mulheres negras

Em 1975, a ONU reuniu mulheres de diversos países...

SEPPIR pretende reverter suspensão dos editais do MinC feitos para negros

A SEPPIR-PR (Secretaria de Políticas de Promoção da...

Piedad Córdoba: A despedida de uma lutadora incansável pela paz.

En el día de ayer fallecío la senadora colombiana...

Mateus Solano e a hipersexualização do negro

Um negão para o Félix chamar de seu Não é...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=