Universidade da Integração da Lusofonia Afro-brasileira inaugura campus no município baiano de São Francisco do Conde

Ministra Luiza Bairros participa de solenidade na tarde de hoje, assim como o o ex-presidente Lula, o governador da Bahia, Jaques Wagner, e o ministro da Educação, José Henrique Paim, e a reitora da Unilab, Nilma Lino Gomes

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

Situado a 67 quilômetros de Salvador, São Francisco do Conde celebra hoje (12/05), a inauguração do campus da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) no município. A ministra Luiza Bairros, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), participa  da solenidade assim como o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, o governador da Bahia, Jaques Wagner, e o ministro da Educação José Henrique Paim, e a reitora da Unilab, Nilma Lino Gomes.

As atividades acadêmicas do Campus de São Francisco do Conde foram iniciadas em fevereiro de 2013, com cursos de graduação e pós-graduação a distância. Mas é a partir do dia 26 deste mês, que começarão as atividades dos cursos presenciais, o que motivará a ocupação mais efetiva do campus e o fortalecimento das áreas de ensino, pesquisa e extensão. Na modalidade graduação presencial serão oferecidos os cursos de Bacharelado em Humanidades (BHU) e Letras – Língua Portuguesa. Na modalidade a distância, na graduação, o curso de Administração Pública (Bacharelado) e, na pós-graduação, as especializações ‘Gestão Pública’, ‘Gestão Pública Municipal’ e ‘Gestão em Saúde’.

Unilab – a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira é uma autarquia do Ministério da Educação, com sede na cidade de Redenção, estado do Ceará. A instituição foi criada pela Lei nº 12.289, de 20 de julho de 2010, e instalada em 25 de maio de 2011, e tem o objetivo de ministrar ensino superior, desenvolver pesquisas nas diversas áreas de conhecimento e promover a extensão universitária.

A universidade tem como missão institucional específica formar recursos humanos para contribuir com a integração entre o Brasil e os demais países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP, especialmente os africanos, bem como promover o desenvolvimento regional e o intercâmbio cultural, científico e educacional. A CPLP é integrada pelo Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Metade das vagas dos cursos de graduação da Unilab são destinadas a brasileiros e a outra metade para estrangeiros. Além da perspectiva da Cooperação Internacional Solidária Sul-Sul, a Unilab está alinhada com a política de interiorização do Ensino Superior do Ministério da Educação, o que motiva a instalação de seus campi no interior do Ceará e da Bahia.

Minha Casa, Minha Vida

Hoje, além da inauguração do campus da Unilab, a prefeitura de São Francisco do Conde entregará 60 casas do programa municipal ‘Sonho Meu – Minha Casa de Verdade’, para famílias que vivem em situação de risco habitacional, social, ou estão no programa de auxílio aluguel. A cidade é também parceira do Governo Federal no programa “Minha Casa Minha Vida”, através do qual estão sendo construídos 320 apartamentos no bairro do Gurugé. A meta, com os programas federal e municipal, é entregará mais 380 casas até o final do ano.

De acordo com a prefeita Rilza Valentim, a prefeitura investiu R$23 milhões nos programas habitacionais “Sonho Meu – Minha Casa de Verdade” e “Tá Rebocado e Pintado”, desde 2009. No primeiro, são construídas e doadas as casas. No segundo, o beneficiário recebe apoio para reformar o imóvel do qual já é proprietário. O objetivo é eliminar o déficit habitacional e melhorar as condições de moradia no município de 36.677 habitantes.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Francisco do Conde

Fonte: Seppir

+ sobre o tema

Bolsista do ProUni convida Lula para festa de formatura

A estudante de jornalismo Rita Correa Garrido, de 26...

UNEafro abre inscrições para cursinho

UNEafro abre inscrições para cursinho VAGAS ABERTAS 2017 Você quer ser...

Universitários brasileiros são brancos, moram com os pais e estudam pouco

Pesquisa traçou perfil do estudante que cursa os últimos...

Como a Academia se vale da pobreza, da opressão e da dor para sua masturbação intelectual

Texto originalmente publicado em RaceBaitR como “How Academia Uses...

para lembrar

A reforma ministerial e os negros

O silêncio de chumbo dos diversos segmentos do Movimento...

Saúde da População Negra corre o risco de permanecer negligenciada no Ministério da Saúde

Na contramão de projeto encaminhado pela SEPPIR, secretário do...
spot_imgspot_img

Misoginia e racismo na renúncia em Harvard

Muitos têm sido os desdobramentos da guerra em Gaza, cujos efeitos se estendem para além da catastrófica situação da população palestina. Os EUA têm sido especialmente tensionados pela...

20 de novembro — para além de uma data no calendário

O 20 de novembro não é uma data qualquer em nosso país. É um dia de relembrar a luta contra a escravidão realizada pelos...

Unilab, universidade pública mais preta do Brasil, pede ajuda e atenção

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) surgiu com a proposta de fazer a integração de alunos de países africanos de língua...
-+=