Venezuela rompe relação com Colômbia

Por: ANDREA MURTA e FLÁVIA MARREIRO

Decisão ocorre momentos após Bogotá acusar Caracas na OEA, em Washington, de abrigar guerrilheiros das Farc

Evidências são fotos aéreas e vídeos; governo de Hugo Chávez ironiza provas e convoca órgão máximo da Defesa

A Venezuela anunciou ontem o rompimento de relações diplomáticas com a Colômbia, pouco após Bogotá apresentar na Organização dos Estados Americanos, em Washington, supostas provas da acolhida a guerrilhas colombianas no país vizinho.

Caracas fechou a sua embaixada na capital da Colômbia e deu 72 horas para que o embaixador colombiano deixe o país. O Executivo convocou uma reunião de emergência do Conselho de Defesa Nacional da Venezuela para estudar o caso.

O presidente Hugo Chávez acusou o colombiano Álvaro Uribe de tentar provocar uma guerra entre os vizinhos, com histórico de crises recentes.
As supostas evidências são fotografias, vídeos e fotos aéreas com identificações de coordenadas feitas pelos colombianos para indicar locais onde creem haver acampamentos das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e do ELN (Exército de Libertação Nacional) em solo venezuelano.

Há cinco acampamentos -quatro das Farc e um do ELN- cujas coordenadas foram, segundo a Colômbia, confirmadas por grupos desmobilizados e por GPS. O governo crê haver atualmente de 20 a 39 acampamentos na Venezuela -ao longo dos anos, 87 já foram montados.

 

Bogotá diz que os grupos planejam ataques contra a Colômbia sem que Caracas aja para coibi-los e que 1.500 guerrilheiros estão abrigados na Venezuela. A Colômbia pediu que a OEA lidere, em até 30 dias, uma missão para comprovar sua existência.

A sessão emergencial fora pedida por Bogotá. “Mostramos essas provas várias vezes a Caracas, e como resposta recebemos insultos”, disse o embaixador colombiano, Luis Alfonso Hoyos.

O representante da Venezuela, Roy Chaderton, foi irônico: “Conta outra”. Ele disse que as imagens eram questionáveis e as coordenadas, conhecidas e descartadas.

Durante a noite, a Colômbia divulgou mais fotos.

 

“DIGNIDADE”
Enquanto corria a sessão na OEA, Chávez anunciava em Caracas o rompimento das já congeladas relações e ordenava um alerta na fronteira com a Colômbia, alegando risco de agressão.

Disse que a decisão foi tomada por “dignidade”. Minutos depois do anúncio em Caracas, o embaixador da Venezuela na OEA pediu a palavra para comunicar a ruptura. “Foi uma provocação. Mas em algumas provocações temos de cair mesmo”, disse à imprensa.

Autoridades presentes manifestaram ceticismo quanto às provas. “Não se sustentariam num tribunal”, disse um diplomata. O embaixador do Brasil na OEA, Ruy Casaes, pediu diálogo: “A América do Sul é uma região de paz e é fundamental manter essa característica”.

A jornalista FLÁVIA MARREIRO viajou a convite do governo da Colômbia

 

 

Fonte: Folha de S.Paulo

+ sobre o tema

Afro-uruguaios

Afro-uruguaios notáveis: Rubén Rada Afro-uruguaios refere-se a uruguaios de ancestralidade negra africana. Eles...

Hacia el Estado Comunal Jesus Chucho Garcia

Por: JESUS CHUCHO GARCIA   Llegó la hora de salir de...

Declaracion de Asuncion Paraguay Foro Interamericano Afrodescendiente

Participación e Incidencia De Los Y Las Afrodescendientes En...

A mostra ID_BR cara, pele, jeito

A mostra ID_BR CARA::PELE::JEITO nasceu com o intuito de...

para lembrar

Um advogado e seu smartphone revolucionam a justiça em Uganda

Quando Gerald Abila ganhou um smartphone (telefone celular inteligente),...

Maratonista ‘exausta’ engatinha os últimos 400 m e chega em 3º

Concluir uma maratona já não é fácil, imagine fazer...

Racistas sul-africanos: parceiros incômodos

Racistas sul-africanos: parceiros incômodos Fonte: Alô Escola - TV Cultura Para...

Boicote africano atrasa negociação sobre cortes de emissões

Fonte: Folha de São Paulo - Insatisfeitos, representantes dos países...
spot_imgspot_img

Um Silva do Brasil e das Áfricas: Alberto da Costa e Silva

Durante muito tempo o continente africano foi visto como um vasto território sem história, aquela com H maiúsculo. Ninguém menos do que Hegel afirmou, ainda no...

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...

Com verba cortada, universidades federais não pagarão neste mês bolsas e auxílio que sustenta alunos pobres

Diferentes universidades federais têm anunciado nos últimos dias que, após os cortes realizados pelo governo federal na última sexta-feira, não terão dinheiro para pagar...
-+=