Versos da madrugada

Pedro Paulo está remoendo uma dor que o azucrina: o fim do seu segundo casamento. Pelo seu ponto de vista, ele continua o mesmo homem de seis meses atrás, quando juntou com ela corpos e louças para lavar.

Por Fernanda Pompeu Do Fernan da Pompeu

Ele desconfia que as mulheres são maldosas. Com a primeira ex, tudo ia na santa ordem, até a noite em que ela gritou: Pra mim chega, Pedro Paulo! Pega sua vida e dá o fora!

O pobre se mandou levando o notebook e os livros. Deixou os móveis e o bebê. Pedro Paulo tem a sensação de que sempre foi perseguido. Na infância, pela mãe que o queria limpinho, comportado, gordinho.

Depois pelo pai, coronel da Aeronáutica, cujo pavor eram dois: que o filho virasse comunista ou veado. O rapaz se viu obrigado a jogar futebol, ler O Globo, competir no judô e exibir namoradas.

Foi muito duro para Pedro Paulo, pois ele amava os romancistas russos e declamava herméticos versos nas madrugadas de sua adolescência.

 

+ sobre o tema

Em Ceilândia, Anielle Franco anuncia R$ 1,6 milhão para organizações

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, anunciou, nesta...

OABRJ levará absolvição dos policiais no caso João Pedro ao STF

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de...

O grande bazar de direitos

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, declarou nesta semana estar "muito...

para lembrar

A deputada Leci Brandão aborda genocídio de jovens negros com Maria do Rosário

Durante a audiência pública com a ministra Maria do...

O crime de Sharpeville: Imperioso lembrar para jamais repetir, ou imitar

Por: Eloi Ferreira de Araujo   Hoje é um dia especial...

Redes sociais: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por: Leno F. Silva   Nesses tempos em que as...

CUIABÁ – Bolsas Universitárias – LOCAL DA PROVA

- Veja lista do local da prova no anexo...

Saiba o que muda no ensino médio com novo texto aprovado no Congresso

Após sucessivos ajustes, com idas e vindas entre as duas casas do Congresso e nove meses de tramitação, a reforma do novo ensino médio...

É mito pensar que todos os pobres são empreendedores, diz ganhadora do Nobel de Economia

Uma das mais respeitadas economistas do mundo quando o assunto é pobreza, a francesa Esther Duflo tem gastado muito do seu tempo falando sobre os...

Brasileiras reunidas para enfrentar a extrema direita

Muito se diz que organização de base e ocupação das ruas são os caminhos mais efetivos para enfrentar a extrema direita. Difícil é encontrar quem...
-+=