segunda-feira, novembro 28, 2022
InícioQuestões de GêneroViolência contra MulherVictor Chaves após ser indiciado por agressão à mulher: 'O que eu...

Victor Chaves após ser indiciado por agressão à mulher: ‘O que eu fiz foi um ato de desespero’

Indiciado pela Polícia Civil, cantor se justifica em vídeo, dizendo que apenas conteve a mulher, fora de si, para defender a filha de 1 ano.

Por Andréa Martinelli, do HuffPost Brasil

O cantor Victor Chaves foi indiciado na manhã desta terça-feira (4), pela Polícia Civil de Minas Gerais por agressão contra a mulher, Poliana Bagatini, que está grávida do segundo filho. As investigações foram concluídas, e o inquérito será agora remetido à Justiça.

As provas coletadas pela polícia que apontam para a responsabilização de Victor foram: o depoimento de sua esposa e a perícia das imagens na câmera de segurança do prédio onde mora a família. Segundo a polícia, as gravações forneceram evidências da agressão.

Na tarde desta mesma terça-feira (4), o cantor publicou um vídeo em seu perfil do Instagram em que justifica sua atitude dizendo que “não machucou ninguém”.

O sertanejo inicia o vídeo dizendo que veio a público para “esclarecer uma coisa diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos” e que praticou “um ato de desespero para conter uma pessoa que estava completamente fora de si”.

Bagatini registrou queixa contra o marido no dia 24 de março em Belo Horizonte. Ela o acusou de agredir com chutes e pontapés. O exame de corpo de delito havia dado negativo, isto é, não havia indícios de lesões aparentes mas, durante apuração do caso, a Polícia Civil de Minas Gerais descobriu que parte do desentendimento havia ocorrido em áreas comuns do edifício, onde havia câmeras.

Segundo a revista Veja, as imagens mostram o cantor empurrando a esposa dentro do prédio onde moram, em Belo Horizonte. Parte dos fatos teria ocorrido no elevador do prédio. “Segundo a versão da vítima, ele [cantor] empurrou a mesma ao chão e desferiu alguns chutes no elevador”, informou a delegada Danúbia Quadros durante a investigação, segundo o G1.

A investigação foi conduzida pela delegada Danúbia Quadros, chefe da Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (Demid) de Belo Horizonte. Victor foi indiciado pelo crime de “vias de fato” no contexto de violência doméstica.

O empresário do cantor afirmou à imprensa que pretende convocar uma coletiva de imprensa assim que tiver acesso à documentação utilizada no processo. Local e data ainda não foram definidos.

 

Leia Também

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench