Qual narrativa é a sua?

A História dos Negros é maior, mais variada, mais bonita e mais terrível do que qualquer coisa que alguém já tenha falado sobre isso.

(James Baldwin)

no blackourstory traduzido para o Portal Geledés por Angelo Lambert

Não se encaixava na narrativa:

alek-wek24132

Narrativa 1

Sociedade branca: Recusa-se a reconhecer, difundir e celebrar a beleza negra;

Mulheres negras: Apontam o problema;

Sociedade branca: “Pare de reclamar, se você quiser ver uma melhor representação, você tem que fazer isso acontecer”;

Mulheres negras: Criam seu próprio espaço para celebrar a beleza negra;

Sociedade branca: Isso é racismo, você não pode excluir as pessoas.

———-

Escrava-Anast´cia-6-708x500

Narrativa 2

Sociedade branca: Limita o desenvolvimento de atores e apresentadores negros, especialmente em filmes e na televisão/ alimentam a mídia especificamente para o público branco;

Comunidade negra: Aponta o problema;

Sociedade branca: “Pare de reclamar, façam algo vocês mesmos”;

Comunidade negra: Cria suas próprias redes de contatos, shows de premiação, filmes e programas de televisão, especificamente criados para o público negro e com o claro propósito de dar mais empregos e maior visibilidade para artistas negros;

Sociedade branca: “Isso é racismo, as pessoas brancas não tem seus próprios canais de televisão ou shows de premiação. Vocês vão até fazer filmes só para negros? O entretenimento deve ser feito para todos”;

———-

genocidio da populacao negra

Narrativa 3

Sociedade branca: Continua a tratar os negros como cidadãos de uma segunda classe e desprotegidos;

Comunidade negra: Calmamente aponta o problema;

Sociedade branca: “Isso não é nosso problema”;

Comunidade negra: Cria movimentos negros para protestar contra o problema, por meio do qual alguns resultados finalmente começar a aparecer;

Sociedade branca: Isso é divisionismo, todas as pessoas importam… e não é assim que vocês alcançam resultados, vocês precisam ser mais calmos e civilizados, como o nosso melhor amigo Martin Luther King!

 



+ sobre o tema

Grupo interministerial vai propor sistema de cotas para o Mais Médicos

Um grupo de trabalho interministerial foi criado para avaliar...

Filho da presidenta da Unegro, Santa Alves, é assassinado

Morreu, na madrugada deste sábado (28), Bruno Alves de...

para lembrar

“É no trato com os índios que o Brasil se revela”, diz cineasta

Em entrevista a Maria Rita Kehl, diretor do documentário...

Cotas na USP: uma questão ideológica?

"A Faculdade de Economia e Administração da USP assistiu...
spot_imgspot_img

Como é a vida para as mulheres no último país da África sob colonização

Ainda hoje há um país africano colonizado. O Saara Ocidental está ocupado pelo Marrocos desde 1976, depois de quase 90 anos de invasão espanhola, e esteve em guerra...

Revolucionário, mas não é para todos

Passei os últimos dias pensando no significado e na profundidade de uma postagem que li numa rede social contendo a afirmação: "Descansar é revolucionário!"....

‘Nossa missão é racializar as políticas públicas em todo país’

Nomeado recentemente  como novo secretário de gestão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), o jornalista baiano Yuri Silva tem uma tarefa...
-+=