Washington terá memorial em homenagem a Martin Luther King

O ícone da luta pelos direitos civis Martin Luther King Jr. terá seu próprio memorial na esplanada National Mall, em ocasião do aniversário de seu discurso “I Have a Dream” (Eu tenho um sonho), no domingo, e será o único monumento do local não dedicado a um presidente ou a uma guerra.

Cerca de 300.000 pessoas – entre as quais o presidente Barack Obama – são aguardadas na cerimônia de consagração na National Mall, a enorme esplanada gramada ao sul da Casa Branca, cercada de monumentos dedicados aos heróis do país.

A cerimônia ocorrerá 48 anos depois que o líder dos direitos civis proferiu seu famoso discurso, pedindo igualdade racial e o fim da discriminação. Ele foi assassinado quase cinco anos depois, em 4 de abril de 1968.

O Memorial Martin Luther King é “o primeiro da National Mall a celebrar um homem de cor, esperança e paz”, declarou Harry Johnson, presidente da fundação encarregada do projeto, que já dura cerca de 15 anos. Aberto ao público esta segunda-feira, é o primeiro monumento da esplanada não dedicado a um presidente ou a uma guerra.

Espera-se que Obama discurse no ato de domingo diante de uma multidão, que incluirá os membros da família King, o ex-secretário da Defesa Colin Powell e outros políticos, o cineasta George Lucas e os cantores Aretha Franklin e Stevie Wonder.

Dedicado ao ganhador do Nobel da Paz em 1964 e a sua mensagem de democracia, esperança, justiça e amor, o memorial se estende por um amplo espaço aberto de 1,5 hectare, pontilhado de cerejeiras doadas pelo Japão.

Perto dali fica o Lincoln Memorial, onde o pastor fez seu famoso discurso, em 28 de agosto de 1963.

Situado no meio do caminho entre os memoriais dedicados a Lincoln e Jefferson, e próximo do memorial de Roosevelt, tem uma localização “poderosa” que “cria uma linha visual de liderança”, acrescentou Johnson.

O espaço tem o formato de um arco, margeando o lago Tidal Basin, entre o rio Potomac e o Canal Washington, na capital americana. Adornado por vários chafarizes, é dotado de um muro de 140 metros, que traz a inscrição das palavras mais notáveis de King.

Uma estátua com cerca de 9 metros, denominada “Pedra da Esperança”, esculpida em granito branco, à semelhança de King, o retrata olhando firmemente para o horizonte, com os braços cruzados.

“Quando você olha para sua expressão facial, pode ver esperança”, afirmou Lei Yixin, artista chinês autor da escultura.

Os visitantes entram no memorial pela Montanha do Desespero, um enorme bloco de pedra que simboliza a luta dos afro-americanos por paz e igualdade.

Várias festividades serão celebradas esta semana em homenagem a ativistas dos direitos civis, incluindo um concerto, uma exposição e uma cerimônia religiosa.

O memorial, com custo de US$ 120 milhões, ainda não foi totalmente financiado. Ainda faltam US$5 milhões a serem angariados, um lembrete dos vários atrasos de inauguração do monumento devido a problemas econômicos e de segurança.

Fonte: Ne10

+ sobre o tema

Aqui estão 34 fotos deslumbrantes da première de ‘Pantera Negra’

A espera está chegando ao fim. Nesta segunda-feira (29)...

A Saga dos Engenheiros Rebouças

A Bahia reconhecida   desde   suas   origens  como  terra  de   tantos  brasileiros ilustres,  nas mais diversas áreas profissionais, alguns cujos nomes são...

Vem aí o festival feira preta!

No ano em que completa 16 anos, o maior...

Stevie Wonder é destaque em homenagem à Motown Records

Em 1959, começava de forma humilde a gravadora Motown...

para lembrar

spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=