Zagueiro argentino é multado e suspenso por racismo na Bolívia

Fonte: Trivela

zagueiro-argentino

Zagueiro argentino teve voz de prisão decretada dentro de campo após ofender o atacante Grafite (Foto: AE)

O zagueiro argentino Héctor Gaitán, do Oriente Petrolero-BOL, foi suspenso por cinco partidas e recebeu multa de US$ 15 mil por insulto racista contra um adversário do Campeonato Boliviano.

O ex-atleta do Newell’s Old Boys foi acusado de ofender o capitão do Blooming, Alejandro Gómez, durante o dérbi de Santa Cruz, há duas semanas, de acordo com a corte disciplinar boliviana. Segundo o jornal La Razón, Gaitán teria feito referência à nacionalidade de Gómez ao xingá-lo.

De acordo com a mídia local, Gaitán teria rompido seu acordo com o Oriente Petrolero após a divulgação da punição.

 

+ sobre o tema

Iniquidades raciais e as mudanças do clima

O verão brasileiro, embora conhecido pelas belíssimas praias, férias...

Conversas sobre o luto: quando uma mãe preta retorna ao mundo das encantadas

O encantamento é uma das principais heranças deixadas por...

E assim vamos nós, lutando pela existência de nossas gerações

Vamos que vamos! Frase muito usada por quem sonha...

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção...

para lembrar

spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=