‘A África no Brasil e o Brasil na África vistos pela televisão’

A televisão brasileira já é vista na África há algum tempo. Globo, Record e mais recentemente a TV Brasil estão lá por meio dos seus canais internacionais. Novelas e telejornais têm boa audiência. Mas no sentido inverso, a África não tem muito espaço na TV brasileira. Exibir a miséria, a pobreza e a fome é resumir 54 países a um estereótipo, retrato da dominação colonial que perdurou por séculos. As grandes empresas jornalísticas dificilmente mantêm um correspondente na África. Em ocasiões especiais, a cobertura se intensifica, como no caso das revoltas que depuseram os governos do Egito e da Líbia. Na época da última Copa do Mundo, muitos brasileiros descobriram a África do Sul. Viram pela TV um país moderno, capaz de erguer grandes estádios para o espetáculo futebolístico. Fora isso, quando a África tem espaço na nossa televisão? O que se encontra são vídeos sobre a vida selvagem, que reforçam a ideia de que a África é uma grande savana, habitat de várias espécies de animais. No entanto, a TV não nos informa, por exemplo, sobre Angola e seus elevados índices de crescimento econômico. Nos países africanos de língua portuguesa, as novelas e até o Campeonato Brasileiro de Futebol fazem muito sucesso. Porém, o caminho inverso ainda não foi feito. A cultura e a diversidade do continente são vistas, quando muito, como curiosidades exóticas por aqui.

O programa Ver TV (TV Câmara – Lalo Leal Filho) conversa sobre o Brasil na África e a África no Brasil vistos pela TV com Leila Maria Hernandez, professora de História da África da USP; Aline Midlej, repórter da TV Bandeirantes e da série Nova África da TV Brasil; e Mauricio Wladman, antropólogo do Centro de Estudos Africanos da USP.

Link para os vídeos do programa:

clique aqui para o Vídeo 1

clique aqui para o Vídeo 2

clique aqui para o Vídeo 3

 

 

Fonte: Correio Nago

+ sobre o tema

Segundo Nando Cunha: 99,9% dos homens traem

Fernando Cunha , 46 anos, leonino nascido em 19...

Condoleezza Rice narra cantada de Kadafi e questiona Bush em livro

Condoleezza Rice lembra seus anos na Casa Branca durante...

para lembrar

Esperanza Spalding em São Paulo

Depois de assistir à apresentação da cantora americana de...

O correio nagô entra em ação

Por:Maria Stella de Azevedo Santos Na África de séculos atrás,...

Fotógrafo do Morro do Macaco, na Grande SP, ajuda moradores sem internet com cadastro de auxílio emergencial

Trabalhadores informais sem alfabetização enviam informações pelo celular para...

Cantor Péricles deixa UTI, vai para quarto, mas não tem previsão de alta

Rio - O cantor Péricles Faria, de 43 anos,...
spot_imgspot_img

Estou aposentada, diz Rihanna em frase estampada na camiseta

"Estou aposentada", é a frase estampada na camiseta azul que Rihanna, 36, vestia na última quinta-feira (6), em Nova York. Pode ter sido uma brincadeira, mas...

Nota de pesar: Flávio Jorge

Acabamos de receber a triste notícia do falecimento do nosso amigo e companheiro de militância Flávio Jorge, o Flavinho, uma das mais importantes lideranças...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...
-+=