Agente de trânsito é vítima de racismo no Centro de Bauru

 

Na tarde desta segunda-feira (1º), uma multa pela falta de uso do cartão rotativo, na quadra 3 da rua Azarias Leite, no Centro de Bauru, resultou em agressão verbal, racismo, a uma agente de trânsito, devido à cor de pele dela.

De acordo com o registrado em boletim de ocorrência (BO), a agente de trânsito L.S., de 43 anos, após lavrar auto de infração ao condutor de um veículo VW/Fox preto por este estar sem o cartão rotativo, teria sido ofendida com um gesto no braço e com a frase ‘tinha que ser negra mesmo’. O BO foi registrado por injúria.

 

 

Fonte: JC Net 

+ sobre o tema

A reação conservadora à expressão da juventude negra da periferia

  A repressão aos rolezinhos patrocinada pelos interesses...

Chacinas revelam monstro que habita em nós

O Rio de Janeiro é mais uma vez convidado...

Projeto de lei busca acabar com autos de resistência

"Os estudos demonstram que 60% desses autos de resistência...

Carta Aberta sobre a “Nega do cabelo duro”

  A primeira coisa a ser dita é que nada...

para lembrar

Condenação por racismo

Fonte: Clicrbs Funcionária de empresa era chamada de ‘negrona'...

Obama limita a entrega de material militar à polícia

Presidente aplica recomendações feitas por um comitê depois dos...

Diretor da Medicina da USP pede investigação sobre racismo em competição

O diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de...
spot_imgspot_img

Como é a vida para as mulheres no último país da África sob colonização

Ainda hoje há um país africano colonizado. O Saara Ocidental está ocupado pelo Marrocos desde 1976, depois de quase 90 anos de invasão espanhola, e esteve em guerra...

Revolucionário, mas não é para todos

Passei os últimos dias pensando no significado e na profundidade de uma postagem que li numa rede social contendo a afirmação: "Descansar é revolucionário!"....

‘Nossa missão é racializar as políticas públicas em todo país’

Nomeado recentemente  como novo secretário de gestão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), o jornalista baiano Yuri Silva tem uma tarefa...
-+=