Alexandre Nero explica por que não pode ter uma camisa de Marta

Marta é uma das estrelas dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e um dos maiores nomes do esporte a nível mundial. Seria normal alguém querer ter a camisa jogadora da Seleção Brasileira, mas o ator Alexandre Nero explicou que essa não é tarefa fácil.

Por Renato Fugulin, do Torcedores 

O ator da Globo, admirador do futebol de Marta, queria ter uma camisa da jogadora que já venceu cinco prêmios de Melhor do Mundo. No entanto, para sua surpresa, a atleta informou que não poderia atender o seu pedido. Isto porque não há camisas das jogadoras da Seleção Brasileira de tamanhos maiores, impedindo assim que homens as utilizem. O ator utilizou a sua página no Facebook para externar a sua frustração.

Veja abaixo o desabafo de Alexandre Nero:

“Final do ano passado participei da brincadeira de amigo secreto do Fantástico. Na revelação dos amigos, soube que a Marta havia me tirado. Me mandou umas roupinhas rock pro Noá, que estava apenas com 10 dias. Noá gostou, mas confesso que iria adorar a camisa da seleção com o nome dela. Não me segurei. No mesmo dia pedi para tentarem falar com ela. Eu queria muito uma camisa da seleção com o nome dela (a última que tive, ainda adolescente, com nome de jogador foi do Sócrates).


Pra minha surpresa ela mesma disse que não existia camisa da seleção feminina com o nome dela, ou de qualquer outra jogadora da seleção para homens (quando digo isso, estou me referindo a tamanho, óbvio). Fiquei indignado, já que não é surpresa nenhuma os diversos motivos arcaicos disso acontecer.
Não posso ter uma camisa da seleção brasileira de futebol com o nome de uma das melhores jogadoras de futebol do mundo simplesmente pq algum pensamento medieval de mercado achou que nenhum homem usaria uma camisa com o nome MARTA. Continuo sem camisa da seleção e vontade zero de ter uma.”

marta

Crédito da foto: Reprodução / Facebook oficial de Alexandre Nero

+ sobre o tema

Ginasta viraliza com tributo à excelência negra e encanta de Simone Biles a Michelle Obama

Quase um ano após viralizar com uma apresentação inspirada em...

“Kbela”, filme sobre a relação da mulher negra com o cabelo crespo, foi eleito melhor do MOV

O curta-metragem carioca Kbela, da diretora Yasmin Thayná (PUC-Rio),...

Marina – por Sueli Carneiro

Racismo e homofobia não são  equívocos. São crimes de...

para lembrar

Conheça a história da fundadora da “UX para Minas Pretas”

Formada em Design Gráfico, Karen se especializou em Experiência...

Os 90 minutos fatais para uma mulher

O Brasil, pese a contar com algumas das leis...

Jovem agredido ao sair de balada no ABC sai do coma e grava vídeo: ‘Estou bem’

Roger Passebom Júnior, de 22 anos, foi espancado por...

Mulheres pretas

Conversar com a atriz Ruth de Souza era como...
spot_imgspot_img

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...

Meninas negras de até 13 anos são maiores vítimas de estupro no Brasil; crime cresceu 91,5% em 13 anos

O número de estupros no Brasil cresceu e atingiu mais um recorde. Em 2023, foram 83.988 casos registrados, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior....

Eugênio Bucci, Marilena Chaui e Sueli Carneiro são finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico; confira a lista completa

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou, nesta quinta-feira (18), os finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico, que contempla obras científicas em 29 categorias, como Artes,...
-+=