ANASTÁCIO: Semana da Consciência Negra está preparada

Fonte: Aquadiana –

 

Em Anastácio, já está tudo pronto para a realização da Semana da Consciência Negra, que será realizada no período de 13 a 20 de novembro com programações por toda a cidade.

A Semana da Consciência Negra no Município é promovida pela Prefeitura Municipal com o apoio do prefeito Cláudio Valério, e as atividades são coordenadas pela Secretaria Municipal de Cultura. Na programação elaborada para este ano no Município estão palestras, caminhadas e até peça teatral.

O prefeito Cláudio Valério afirma que sempre incentivou a Semana da Consciência Negra em Anastácio com atividades educacionais e culturais pois leva a ‘discriminação racial e de todos os tipos’ para dentro da comunidade escolar, das casas, nas ruas como tema social e humanitário onde cada um tem que fazer a sua parte contra a discriminação.

Conforme o secretário Municipal de Cultura, José Edson dos Santos, servidores da Secretaria Municipal de Cultura estarão realizando um trabalho de conscientização e reflexão através de uma peça teatral de fantoches, abordando temas que tratam do racismo e preconceitos contra Afro-descendentes e outros grupos vunerabilizados da sociedade.

A peça teatral denominada “O saci que queria ter mãe”, escrita pelo secretário e professor José Edson dos Santos já tem o cronograma definido das apresentações nas escolas da rede municipal e estadual em Anastácio.

Além da peça, o outro diferencial na programação uma grandiosa ‘passeata’ no encerramento da Semana da Consciência Negra, no dia 20/11 (sexta-feira), pelas ruas da cidade, a partir das 7:30h, reunindo a comunidade escolar das instituições de ensino no Município, além de representantes de ong’s e entidades envolvidas com o tema.

Confira abaixo os locais e horários de apresentação da peça “O saci que queria ter mãe”:
12/11 – 8h e 14h – E.E.I. Guilhermina da Silva; 16h – E.M. Afonso Martins Paim;
13/11 – 8h e 14h – CEI Dona Zefa; 10h e 16h – EPM Aracy Moreira;
16/11 – 8h e 14h – E.E. Carlos Medeiros; 10h e 16h – E.M.Jardim Independência e CEI Jardim Independência;
17/11 – 8h – E.E. Roberto Scaff; 10h – E.E. Teodoro Rondon;
18/11 – 8h e 14h – E.E. Maria Correa Dias; 10h e 16h – E.E. Romalino Alves de Albres;
19/11 – 8h e 14h – CEI Irmã Dulce (Sala Olindina); 10h e 16h – CEI Maria Engrácia / E. E. Carlos Drummond

Matéria original

+ sobre o tema

Coletivo Luiza Bairros: conheça grupo que atua no combate ao racismo institucional na UFBA

A principal estratégia utilizada é na exigência do cumprimento...

Após reivindicação do movimento negro, sítio arqueológico no centro do Rio será preservado

Diferente das ossadas humanas descobertas durante escavações próximas à...

Agenda única de eventos em novembro celebra a consciência negra na UFMG

Iniciativa, que une comunidade e gestão, integra formação, informação...

para lembrar

Palmares promove exposição de arte africana

Em comemoração ao Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, a...

‘Vozes pela Igualdade’ começa nesta segunda

Questões de raça e etnia são temas da programação...

Em 6 meses, governo identificou 407 mil famílias na extrema pobreza

Após seis meses da criação do programa Brasil Sem...
spot_imgspot_img

Câmara aprova projeto que torna Dia da Consciência Negra feriado nacional; texto vai à sanção

Por 286 votos a favor e 121 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) um projeto de lei que declara o dia 20 de...

Profissionais negros reinventam suas carreiras na TV e avaliam a importância da discussão racial

No Dia da Consciência Negra, o gshow conversou com artistas que compartilham a jornada que é ser um profissional preto na teledramaturgia. Entre eles, atores, atrizes e...

“Quanto mais diversos formos, melhores seremos”

Uma das mais destacadas intelectuais em atividade no país, a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, docente da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas...
-+=