Após campanha com Gil e Emicida, Museu de Arte Negra bate meta para expo 3D

Após a realização de uma campanha com apoio de Gilberto Gil, Emicida, Sueli Carneiro, Mônica Francisco, Keyna Eleison, Totoro, Lucas Salles e outros pensadores e personalidades do meio artístico, o Museu de Arte Negra (MAN) bateu a meta de R$ 75 mil e criará uma plataforma interativa com acesso gratuito para abrigar sua primeira exposição digital. A estreia terá pinturas de Abdias Nascimento em 3D e realidade aumentada.

A primeira mostra virtual do MAN será lançada em novembro, mês da Consciência Negra, e contará com a colaboração de um corpo curatorial único para o seu desenvolvimento. “Costumava dizer Abdias Nascimento que arte é um ato de amor. Nós concordamos com isso e resolvemos combinar a plenitude do amor com a agilidade das novas tecnologias. Para nós, isso é inovação, é reparação e, claro, uma manifestação de amor inspirada em nossa ancestralidade”, dizem, em texto, os responsáveis pela iniciativa.

O acervo do Museu reúne aproximadamente 150 obras do poeta, escritor, dramaturgo, pensador, artista plástico e ativista panafricanista Abdias Nascimento (1914 – 2011) e 300 obras doadas por diversos outros artistas, entre desenhos, gravuras, pinturas e esculturas.

A coleção inclui ainda dezenas de prêmios, medalhas e peças de artesanato. Os itens datam de 1940 até o presente. O acervo reúne documentos históricos que registram a criação e o desenvolvimento do MAN enquanto espaço ativo da expressão cultural africana e afro-brasileira decolonial.

Professor Emérito da Universidade do Estado de Nova York, Abdias Nascimento foi deputado federal, senador da República e secretário do governo do Estado do Rio de Janeiro. Pelo conjunto de sua obra, foi oficialmente indicado ao Prêmio Nobel da Paz 2010.

+ sobre o tema

Coletivo Negro estreia Revolver – Um Experimento Cênico – Entrada Franca

O Coletivo Negro, grupo de pesquisa cênico-poético-racial que se...

Ouça:“Convite para Dançar” com Rappin’Hood

Rappin'hood tá na área com novo single chamado "Convite...

Djavan lança canção pop e associa críticas com alto teor de ‘racismo’

Não é difícil escutar no rádio "Oceano", "Flor...

para lembrar

Seminário propõe nova agenda e renovação políticas afrodescendentes

O seminário foi encerrado no melhor estilo afro-brasileiro, com...

FOPIR – Uma ideia que se materializa

O FOPIR – Fórum Permanente pela Igualdade Racial é...

Gilberto Gil sobe ao palco com sul-africanos no Festival de Montreux

Por Stephanie Nebehay MONTREUX, Suíça, 10 Jul (Reuters)...
spot_imgspot_img

Festival literário propõe amor e diversidade como antídotos ao extremismo

O Festival Literário Internacional de Paracatu - Fliparacatu - vai colocar no centro do debate o amor, a literatura e a diversidade como pilares...

Majestosa, Lauryn Hill entrega show intenso e coroa história da Chic Show

"Não é só um baile black", gritou Criolo durante o terceiro show do festival Chic Show 50 Anos, no sábado (12). O rapper do...

Ícone da percussão, Naná Vasconcelos ganha mostra no Itaú Cultural

O Itaú Cultural, localizado na avenida Paulista, em São Paulo, abre nesta quarta-feira (17) a Ocupação Naná Vasconcelos, em homenagem ao músico pernambucano falecido em 2016. A mostra é...
-+=