Após ‘discriminação racial’, Lewis Hamilton compartilha postagem em defesa a Bukayo Saka

Enviado por / FonteO Globo

Piloto apontou constante depreciação de jogadores negros

O heptacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton, utilizou suas redes sociais para compartilhar um texto em em defesa do jogador Bukayo Saka, da seleção inglesa. No compartilhamento, Hamilton publicou uma mensagem que cobra responsabilidade dos meios de comunicação pela constante depreciação de jogadores negros.

O episódio que motivou o pronunciamento de Hamilton ocorreu após a derrota da Inglaterra por 1 a 0 para a Islândia em um amistoso pré-Eurocopa. Bukayo Saka entrou em campo no segundo tempo como substituto e jogou por um total de 24 minutos. Apesar de não estar em campo quando a Inglaterra sofreu o gol, diversos jornais e reportagens utilizaram a imagem de Saka como símbolo da derrota.

“Precisamos responsabilizar a mídia inglesa por sistematicamente vilificar jogadores negros. O constante bode expiatório de jogadores negros precisa parar. Essa discriminação racial endêmica não tem lugar no futebol, no entanto, inúmeros veículos de notícias sugerem o contrário”, apontava a mensage, que Hamilton compartilhou.

O texto também destaca a diversidade étnica da seleção inglesa, algo que “deveria ser celebrado, mas que, em momentos difíceis, resulta na rápida demonização de jogadores de minorias étnicas”.

+ sobre o tema

Imigrante africano é agredido com taco de beisebol por 4 homens em SP

Agressões aconteceram na manhã da última quarta-feira (30) e...

Nem pense em me matar

Segunda Dona Maria Terça, Isabela Quarta, a Zumira Quinta a Dona Eva Sexta,...

Violência e ideologia

Assistimos ao espetáculo da violência. A própria frase encerra...

para lembrar

Racismo: país entra numa nova fase

Por Weden Não há, no mundo, país sem racismo....

ILHÉUS: Professor é preso por raciso

Fonte: Pimenta na Muqueca -   O professor Saulo da Cruz...

Delegado é denunciado por abuso de autoridade contra estudante

O titular da delegacia do município de Caracol...

Professor acusado de racismo pode ser expulso, diz diretor da USP

Eduardo Lobo Gualazzi distribuiu um texto elogiando a ditadura...
spot_imgspot_img

Ronilso Pacheco: Ninguém está seguro no Rio de Janeiro se é negro

A fala do governador Cláudio Castro (PL) em defesa de policiais que apontaram uma arma para três jovens filhos de diplomatas em Ipanema, região...

Justiça absolve policiais pela morte do adolescente João Pedro

A juíza Juliana Bessa Ferraz Krykhtine absolveu sumariamente os 3 policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) pela morte do adolescente João Pedro, há 4 anos, em São Gonçalo....

Três meninos no portão

Em 2022, o Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) refez a pesquisa “Elemento suspeito”, feita pela primeira vez em 2003, com dados...
-+=