Após polêmica em musical, Chico Buarque reage com “espanto e muito desagrado”

Diretor Claudio Botelho atacou Dilma e Lula. Compositor não vai mais autorizar uso de suas canções

Do Jornal do Brasil 

Segundo a assessoria de Chico Buarque, o compositor “reagiu com espanto e muito desagrado à postura do ator e diretor Claudio Botelho” que, durante o espetáculo Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos, em Belo Horizonte, atacou o ex-presidente Lula e pediu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O compositor, que não vai se manifestar publicamente sobre o caso,informou que não vai mais autorizar o uso de suas canções no musical.

A fala de Botelho aconteceu durante o espetáculo, e provocou a reação de parte da plateia, que começou a gritar em coro: “Não vai ter golpe!”

O espetáculo foi suspenso e as pessoas começaram a deixar o teatro, em clima de revolta.

Um áudio divulgado na internet registra Botelho no camarim, após a sessão, discutindo com a atriz Soraya Ravenle. Botelho afirma aos gritos que “são neofacistas, são escrotos, são petistas, são o que há de pior no Brasil.”

Na gravação, Botelho prossegue: “Essa gente chega e peita um ator que está em cena. Um ator que está em cena é um rei, não pode ser peitado. Não pode ser peitado por um negro, por um filho da puta que está na plateia. Eu estava fazendo uma ficção.”

Ainda na gravação, Soraya diz que não concorda com Botelho e que ele “tocou na ferida que está aberta a semana inteira”.

+ sobre o tema

Salve Zumbi e João Cândido, o mestre sala dos mares

Por Olívia Santana   Há 15 anos, após uma grande marcha...

Autoritarismo verde e amarelo

“Sobre o autoritarismo brasileiro” é um livro de Lilia...

Lei 13.019: um novo capítulo na história da democracia brasileira

Nota pública da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais...

Obama recebe hoje propostas para conter violência e uso de armas nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebe hoje...

para lembrar

Para Serra, expor seu currículo ‘denigre’ imagem e prejudica candidatura

Tucano mandou censurar Folha Bancária por entender que informações...

Horário de verão termina à meia-noite de sábado

Relógios devem ser atrasados em uma hora. Medida entrou...

Ataques a religiões de matriz africana fazem parte da nova dinâmica no Rio

“TODO O MAL tem que ser desfeito, em nome de...

O bico do Malafaia e a campanha do ódio

por Renato Rovai O candidato tucano José Serra ativou...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=