quarta-feira, maio 25, 2022
InícioEm PautaApós polêmica em musical, Chico Buarque reage com "espanto e muito desagrado"

Após polêmica em musical, Chico Buarque reage com “espanto e muito desagrado”

Diretor Claudio Botelho atacou Dilma e Lula. Compositor não vai mais autorizar uso de suas canções

Do Jornal do Brasil 

Segundo a assessoria de Chico Buarque, o compositor “reagiu com espanto e muito desagrado à postura do ator e diretor Claudio Botelho” que, durante o espetáculo Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos, em Belo Horizonte, atacou o ex-presidente Lula e pediu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O compositor, que não vai se manifestar publicamente sobre o caso,informou que não vai mais autorizar o uso de suas canções no musical.

A fala de Botelho aconteceu durante o espetáculo, e provocou a reação de parte da plateia, que começou a gritar em coro: “Não vai ter golpe!”

O espetáculo foi suspenso e as pessoas começaram a deixar o teatro, em clima de revolta.

Um áudio divulgado na internet registra Botelho no camarim, após a sessão, discutindo com a atriz Soraya Ravenle. Botelho afirma aos gritos que “são neofacistas, são escrotos, são petistas, são o que há de pior no Brasil.”

Na gravação, Botelho prossegue: “Essa gente chega e peita um ator que está em cena. Um ator que está em cena é um rei, não pode ser peitado. Não pode ser peitado por um negro, por um filho da puta que está na plateia. Eu estava fazendo uma ficção.”

Ainda na gravação, Soraya diz que não concorda com Botelho e que ele “tocou na ferida que está aberta a semana inteira”.

Artigos Relacionados
-+=