Após selfie racista no Carnaval, jovem é demitido: ‘Não nos interessa funcionário com este perfil’

Um rapaz branco que postou uma foto no Instagram insinuando que seria roubados por um grupo de negros foi demitido do Studio Vitoria, local onde trabalhava, na capital do Espírito Santo. Um dos sócios da empresa também é negro e fez questão de comunicar a decisão com um depoimento pessoal.

Do Hypeness

O responsável por denunciar a atitude do homem foi um dos integrantes do grupo, Iarley Duarte, que disse que ele chegou a eles e pediu uma foto, sendo atendido. “Infelizmente ninguém está livre do racismo e do preconceito, esse babaca chegou em nós no bloco, pediu uma foto com a gente, sem nos conhecer, sem nunca ter visto nós…, filhinho de papai. Somos pretos, somos favelados e temos muito orgulho“, escreveu ele.

O rapaz era identificado pela conta @lucasalmeid4 no Instagram, que foi removida. Ao comunicar o desligamento do profissional, o sócio do Studio Vitoria, Fabrício Affonso, repudiou o ato.

“Sei o quanto a minha cor é carregada de estigma e sei quantas barreiras tive que enfrentar para chegar aonde cheguei.”, disse ele.

Foto: Facebook/Reprodução

Fabrício ponderou que o rapaz poderia não ter tido noção da gravidade do que estava fazendo, mas fez questão de ressaltar que isso não importa.

“Conheço meus funcionários a nível pessoal, e acredito que a postagem tenha sido profundamente infeliz, beirando a ingenuidade, mas novamente, a empresa não pode compactuar com esse tipo de comportamento irresponsável e muito menos responder por ele. Podem ter certeza que tomaremos as medidas necessárias. Não nos interessa um funcionário com tal perfil. Nem a imaturidade, nem o carnaval e nem a bebida é desculpa para o racismo. Nada é desculpa para o racismo“, afirmou.

Veja a postagem na íntegra:

 

 

+ sobre o tema

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria...

para lembrar

Seminário Respostas ao Racismo

 Respostas ao Racismo Produção acadêmica e compromisso político em tempos...

O racismo dos seguranças de uma escola em Brasília, por Hony Riquison

Era uma festa beneficente de uma escola dita progressista,...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=