Barcos africanos coloridos agora são móveis

Na costa oeste da África, os pescadores mantém a tradição de decorar seus barcos com cores alegres e desenhos geométricos. Quando eles retornam para a praia após um dia de pesca, eles são vistos à distância como partes de um extenso mosaico colorido.

Mas depois de uma longa vida nos oceanos, após percorrer muitas milhas náuticas na água, os barcos africanos devem ser aposentados. E foi assim que um time de designers espanhóis pensou em reaproveitar a madeira das embarcações para construir móveis exclusivos que preservam a história dos pescadores.

O primeiro passo da empresa foi buscar os barcos abandonados e formar a equipe de artesãos locais. Não demorou muito para que todos ficassem apaixonados pelo projeto, criando laços sociais e culturais muito fortes entre eles. Depois que os barcos africanos eram negociados com os pescadores e levados para a oficina, os artesãos discutiam sobre como tirar o máximo proveito da madeira, de acordo com o tamanho e a combinação de cores.

Mesas, cadeiras, cômodas, e até uma mesa de totó foram criadas, tornando-se peças únicas feitas à mão. Cada pedaço de um móvel Artlantique une a tradição da pesca e da carpintaria africana e carrega as histórias de vida das antigas embarcações.

Barcos africanos que viram moveis01Barcos africanos que viram moveis02Barcos africanos que viram moveis03Barcos africanos que viram moveis05Barcos africanos que viram moveis06Barcos africanos que viram moveis07Barcos africanos que viram moveis09Barcos africanos que viram moveis10Barcos africanos que viram moveis11Barcos africanos que viram moveis12Barcos africanos que viram moveis13Barcos africanos que viram moveis14Barcos africanos que viram moveis15Barcos africanos que viram moveis16

Fonte: Style Greenvana

+ sobre o tema

Lula critica o Ocidente em cúpula da União Africana

Uma crítica arrojada da atitude do Ocidente em relação...

Ocupação Artística Canhoba recebe o evento “Quebrava Viva Móvel” com o Coletivo Noroest

Coletivo Noroest celebra a cultura do hip-hop com evento...

Ronaldinho Gaúcho vira tema de desenho animado

Inspirado no famoso jogador de futebol, personagem sonha em...

Autor de ‘Zamba Ben’, Marku Ribas foi incompreendido pela massa

  Produtor do lendário Afrociberdelia, de Chico Science & Nação Zumbi, fundador do Funk...

para lembrar

Oração 13 de maio

Seqüestrar, aprisionar, espancar, violentar, privar da liberdade e matar...

Sulivã Bispo: Palavras de um ator que tem em si mesmo o mais marcante de seus personagens!

Kaiala, Delicado, Anoitecidas, Rebola e Compadre de Ogum - Os...

Câmara comemorará Dia da Consciência Negra em sessão solene

A Câmara promove na sexta-feira (11) sessão solene em...

20 de novembro: Dia da consciência negra – Lays Regina

"Enquanto a cor da pele for mais importante que...
spot_imgspot_img

Cientistas revelam mistério por trás dos antiquíssimos baobás, as árvores da vida

Cientistas afirmam ter resolvido o mistério em torno da origem dos antigos baobás. De acordo com análises de DNA, as árvores teriam surgido pela primeira...

‘Está começando a segunda parte do inferno’, diz líder quilombola do RS

"Está começando a segunda parte do inferno", com esta frase, Jamaica Machado, líder do Quilombo dos Machado, de Porto Alegre, resumiu, com certo desânimo, a nova...

Carnaval 2025: nove das 12 escolas do Grupo Especial vão levar enredos afro para a Avenida

Em 2025, a Marquês de Sapucaí, com suas luzes e cores, será palco de um verdadeiro aquilombamento, termo que hoje define o movimento de...
-+=