Beyoncé lança ‘Homecoming’, documentário e disco do histórico Coachella 2018

“Obrigada por me deixarem ser a primeira mulher negra como atração principal do Coachella.”

por Amauri Terto, do HuffPost Brasil

Homecoming/Divulgação

Os fãs de Beyoncé acordaram com novidades da diva nas plataformas de streaming. Nesta quarta-feira (17), ela lançou na Netflix o documentário Homecoming : A Film By Beyoncé, que mostra a execução e bastidores de seu show histórico no Coachella 2018; e Homecoming: The Live Album, disco que chega sem aviso prévio com 40 faixas apresentadas no espetáculo.

 

Queen B foi a primeira mulher negra a ser headliner do festival, que ocorre anualmente na Califórnia, Estados Unidos. No palco, a diva fez uma ode à cultura afro-americana e contou com a participação de Jay-Z, da irmã Solange, e das ex-integrantes do Destiny’s Child, Michelle Williams e Kelly Rowland.

O espetáculo ocorreu 10 meses após Beyoncé dar á luz aos filhos gêmeos, Sir e Rumi. No documentário, ela revela as dificuldades que enfrentou para dar sequência aos ensaios e rotina de trabalho em meio à amamentação.

A maior parte do repertório do álbum é composta de grandes sucessos da carreira solo de Beyoncé e também junto ao Destiny’s Child. Estão lá, por exemplo, poderosas versões ao vivo de pérolas como FormationCrazy In LoveSingle Ladies (Put a Ring on It)Say My NameSoldier e Lose My Breath.

Ouço o disco no player abaixo:

 

Um dos destaques tanto do documentário quanto do disco é a presença de Blue Ivy, primogênita de Beyoncé e Jay-Z, cantando versos de Lift Every Voice and Sing – poema de James Weldon Johnson, de 1900, conhecido nos Estados Unidos como o “hino nacional negro”.

“Belo trabalho, você canta tão bonito!”, elogia Beyoncé após ouvir a filha. “Eu quero fazer isso de novo. É bom!”, diz Blue Ivy em seguida. “Você quer fazer de novo? Você é como a mamãe, hein?”, responde a mamãe orgulhosa.

Ouça no player abaixo:

+ sobre o tema

20 fotógrafos africanos que você provavelmente nunca ouviu falar (e você realmente deveria!)

Aqui estão 20 dos mais talentosos fotógrafos africanos contemporâneos...

Idris Elba pode substituir Will Smith no próximo Esquadrão Suicida

Parte reboot e parte continuação, o longa terá direção...

Mia Couto: em busca das identidades plurais

Moçambicano agraciado com Prêmio Camões enxerga África em...

para lembrar

Rainha da Inglaterra parabeniza Lewis Hamilton

A festa da McLaren para Lewis Hamilton nesta quarta-feira...

Morabeza Nação aborda racismo em espetáculo infanto-juvenil no Itaú Cultural

Baseado no livro O mundo no black power de T’ayó...

O cabelo da Alicia Keys

O cabelo da Alicia Keys estava super diferente ontem...
spot_imgspot_img

Gilberto Gil afirma que não se aposentará totalmente dos palcos: “continuo querendo eventualmente cantar”

No fim de junho, saiu a notícia de que Gilberto Gil estava planejando sua aposentadoria dos palcos. Segundo o Estadão, como confirmado pela assessoria do...

Ex-seguranças da Chic Show, amigas se emocionam em festival: ‘Chorei muito’

A Chic Show, festa/baile black símbolo da resistência cultural negra paulistana, celebra 50 anos em grande estilo com um festival no Alianz Parque neste...
-+=