Branc@ pobre não é suspeito padrão da policia.

Branc@, mesmo periféric@ está abarrotad@ de privilégios, um deles é não levar tapa na cara de policial bandido.

Por Arisia Barros Do Cada Minuto

É  ter 89 x mais chances de conseguir um bom emprego com bom salário, devido a exigência empregativa da tal “boa aparência” = ser branc@.

Branc@ pobre não é perseguid@ nas lojas,e nem é considerado o ladrão do próprio carro que dirige.

Branc@ pobre não precisa raspar ou alisar os cabelos para manter o emprego.

Branc@ pobre entra em agencia bancaria sem ser constrangido na porta automática.

Branc@ pobre não é suspeit@ padrão da policia, enfim branc@ pobre NAO SOFRE RACISMO.

Branc@ pobre é tão racista quanto branc@ rico, ambos são branc@s!

+ sobre o tema

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

Estrela do Carnaval, ex-passista Maria Lata D’Água morre aos 90 anos em Cachoeira Paulista, SP

A ex-passista Maria Mercedes Chaves Roy – a ‘Maria...

para lembrar

Gênero, raça e ascenção social

por Sueli Carneiro ASHELL ASHELL PRA TODO MUNDO ASHELL Ela mora...

As barreiras causadas pelo racismo limitam os afetos verdadeiros

Se você é uma pessoa branca e não se...

Palmares, Selma e Vila Moisés: a resistência negra e os grilhões do racismo

Contrariando as previsões mais otimistas feitas aqui no Brasil...

Sem absorvente e com tabu

“Eu menstruei com 11 anos, só que quando isso...
spot_imgspot_img

Conversas sobre o luto: quando uma mãe preta retorna ao mundo das encantadas

O encantamento é uma das principais heranças deixadas por África no coração dos africanos do solo ancestral e na diáspora. Trata-se de uma atitude...

De mal a pior

Todo ano a mesma chuva. Certas como a morte — não raro, trazendo-a — são as tempestades de verão no Rio de Janeiro. E,...

Retrospectiva Negra de 2023

Começamos o ano de 2023 recuperando a esperança em avanços na área de direitos humanos. Depois de quatro anos de conservadorismo opressor, negacionismo científico,...
-+=