Brasil é o destino da primeira viagem de Kareem Abdul-Jabbar como embaixador cultural norte-americano

O Brasil será o destino da primeira viagem oficial da lenda do basquetebol norte-americano Kareem Abdul-Jabbar após ter sido nomeado embaixador cultural dos EUA, na quarta-feira, pela secretária de Estado Hillary Clinton.

Melhor marcador de todos os tempos, a estrela da NBA começa no domingo uma visita oficial ao Brasil, onde irá participar em diversos eventos centrados na Educação. Irá também promover algumas clínicas de basquetebol para jovens no Rio de Janeiro, cidade que em 2016 acolhe os Jogos Olímpicos.

“Estou ansioso por me encontrar com jovens de todo o mundo e discutir formas de reforçar a nossa compreensão mútua através da educação, do desporto e de uma maior tolerância cultural”, disse a antiga estrela dos Milwaukee Bucks e dos Los Angeles Lakers, seis vezes campeão da NBA.

Aos 64 anos, Kareem Abdul-Jabbar, que se chamava Ferdinand Lewis Alcindor antes de se converter ao Islão, recordou que um dos seus heróis, o músico de jazz Louis Armstrong, foi também embaixador cultural para o Presidente John F. Kennedy. “É bom seguir as suas pisadas”, confessou.

O novo embaixador cultural tem como missão promover a educação, a tolerância social e racial, a compreensão cultural e a utilização do desporto como forma de reforço das comunidades.

A sua nomeação foi anunciada na quarta-feira pelo Departamento de Estado norte-americano e a secretária de estado adjunta para a Educação e a Cultura, Ann Stock, explicou que Abdul-Jabbar irá viajar pelo mundo para envolver uma geração de jovens na promoção da diplomacia.

Desde que se retirou do basquetebol, em 1989, Abdul-Jabbar envolveu-se em projetos focados na história afro-americana e na justiça socioeconómica. Lançou a Fundação Skyhook, que visa melhorar a vida das crianças através da educação e do desporto.

No ano passado recebeu a Medalha Lincoln pela sua dedicação à educação, compreensão e igualdade e pelos seus contributos para seguir o legado do Presidente Lincoln.

Já este mês lançou o livro “What Color Is My World?: The Lost History of African-American Inventors” (“De que cor é o meu mundo?: A história perdida dos inventores afro-americanos”) e contou à imprensa que Hillary Clinton lhe disse: “No Brasil ficariam chocados ao saber que os americanos negros estiveram tão envolvidos na invenção de tantos objetos que usamos hoje em dia”.

 

 

 

 

Fonte: Sapo

+ sobre o tema

Propaganda para o Festival de Cacao em Gana

Essa música foi feita para o festival do cacau,...

A política da escravidão na era da liberdade: Estados Unidos, Brasil e Cuba, 1787-1846

Esta série de quatro vídeos do Ciência USP resume a tese do doutor Tâmis Peixoto...

Intervención de figura historica del Brazil salva la vida del opositor Dr Darsi Ferrer

Fonte: Ìrohin- Intervención de figura historica del Brazil salva...

Jovem africana faz cover emocionante de Beyoncé: veja vídeo

O vídeo da estudante universitária Audrey Iteriteka, de Burúndi,...

para lembrar

UMBANDA: Orixá Regente 2014

  O ano de 2014 será regido por...

Carlos Morais o primeiro angolano a jogar na Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA)

  Carlos Morais, eleito Jogador Mais Valioso na última edição...

Márilia – Aula inaugural do Curso de Formação de Estética Negra será nesta terça

A Secretaria Municipal da Juventude em parceria com o...

Conheça o Díaspora.Black

Conheça o Díaspora.Black. Uma rede de anfitriões e viajantes...
spot_imgspot_img

Álbum de Lauryn Hill é considerado melhor da história em lista da Apple Music; veja ranking

Uma lista publicada pela Apple Music elegeu os 100 melhores álbuns de todos os tempos. Em primeiro lugar, a escolha foi para 'The Miseducation...

‘Está começando a segunda parte do inferno’, diz líder quilombola do RS

"Está começando a segunda parte do inferno", com esta frase, Jamaica Machado, líder do Quilombo dos Machado, de Porto Alegre, resumiu, com certo desânimo, a nova...

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...
-+=