Guest Post »

Brasil tem o 3º pior salário mínimo do mundo, aponta estudo

Pesquisa analisou rendimento mínimo garantido por lei em 37 países, por hora de trabalho

Por Maria Fernanda Garcia, Do Observatório do Terceiro Setor

Carteira de trabalho em cima de uma mesa com notas de R$ 50 em sua volta
(Foto: Imagem retirada do site Juros Baixo)

Um estudo do Instituto de Economia e Ciências Sociais da Alemanha, lançado em 2018, analisou o rendimento mínimo garantido por lei em 37 países, por hora de trabalho. Entre os países pesquisados, o Brasil ficou à frente apenas da Rússia e da Moldávia, um pequeno país do Leste Europeu. O salário mínimo brasileiro em 2018 era de 1,67 euro (R$ 7,38) por hora.

A comparação foi feita usando a paridade de poder de compra, cálculo que leva em conta o poder aquisitivo de cada população na hora de fazer a conversão de moeda.

A Austrália, primeira colocada no ranking, tinha 9,47 euros por hora como rendimento mínimo. O valor equivale a R$ 41,84, e, numa jornada de oito horas de trabalho, equivaleria a cerca de R$ 6 mil por mês.

O salário mínimo no Brasil atualmente é de R$ 998, seis vezes menos que o valor mínimo pago aos australianos em 2018.

Depois da Austrália, a lista traz Luxemburgo (9,37 euros/hora), França (9,18) e Holanda (8,79). Até a Argentina, país sul-americano vizinho do Brasil, garante uma remuneração bastante superior à brasileira, com 4,16 euros por hora como salário mínimo.

Related posts