Britânico cria escola de inglês gratuita na Rocinha

Jody King, 30 anos, nascido em Newcastle, na Inglaterra, abriu na Rocinha a “Favela Phoenix“, escola gratuita que dá cursos de inglês para 20 moradores da favela. Segundo reportagem do jornal Fala Roça, a meta de Jody é atender 40 pessoas nos próximos meses com a introdução de aulas à noite. Morando no Brasil há 3 anos, Jody percebeu a baixa qualidade do ensino público, e pensou em um projeto que poderia beneficiar os moradores da comunidade que o recebeu tão bem. “Eu tinha o apoio de amigos e familiares na Inglaterra, que poderiam ajudar financeiramente o projeto na Rocinha. Eu queria fazer uma escola de Inglês porque eu falo inglês nativo e iria beneficiar os moradores”, conta ele

Por Michel Silva, do Brasil 247 

Seja a mudança que você quer ver no mundo. Inspirado no pensamento de Mahatma Ghandi, o britânico Jody King, 30 anos, decidiu criar o “Favela Phoenix“, uma escola de inglês para os moradores da Rocinha. O projeto é uma retribuição pelo acolhimento dos moradores na favela.

Oriundo de Newcastle, cidade localizada no nordeste da Inglaterra, Jody trabalhava com construção de andaimes e música, mas o seu passatempo era a fotografia. A depressão fez com ele decidisse se mudar para o Brasil em busca de uma nova vida. “Vim morar no Rio por causa das praias, sol, fotografia de paisagem e aprender uma língua nova”, conta ele que encontrou a felicidade no Rio.

Morando no Rio há 3 anos, as favelas atraíram sua atenção. “Trabalhei no Vidigal por 1 ano e depois arrumei outro emprego como guia turístico, na Favela Adventures, oferecido por Zezinho na Rocinha”, diz ele. Morando na Rocinha, ele se deparou com um cenário perturbador: a educação pública. Para ele, as pessoas nas favelas não possuem boas condições de receber uma boa educação porque o sistema de escola pública é ruim.

A receptividade dos moradores aumentou ainda mais o desejo de Jody em retribuir o carinho com a criação de um projeto social que pudesse beneficiar os moradores. Isso daria a crianças e adultos a oportunidade de melhorar a sua educação e dar-lhes mais oportunidades de emprego, bem como opções de entretenimento. “Eu tinha o apoio de amigos e familiares na Inglaterra, que poderiam ajudar financeiramente o projeto na Rocinha. Eu queria fazer uma escola de Inglês porque eu falo inglês nativo e iria beneficiar os moradores”, conta ele.

A escola atende gratuitamente cerca de 20 moradores. A meta de Jody é atender 40 pessoas nos próximos meses com a introdução de aulas à noite. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h, com professores contratado pelo projeto.

Jody busca patrocinadores para manter e ampliar o projeto para atender mais moradores. Os interessados em voluntariar na escola deve entrar em contato pelo e-mail [email protected]

Funcionamento

Segunda a sexta-feira, de 9h às 11h
Endereço: Rua José Inácio de Assis, 13, Laboriaux
E-mail: [email protected]

 

 

+ sobre o tema

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de...

Programa Erasmus oferece bolsas integrais na Europa

O Erasmus, programa promovido pela União Europeia para fomento a...

para lembrar

MEC abre inscrições para 9 mil vagas em cursos presenciais de inglês

Programa Inglês sem Fronteiras será feito em 42 universidades...

UniCEU, a faculdade da Prefeitura, firma convênio para abrir 3.810 novas vagas de Educação Superior

Convênio com o Ministério da Educação foi firmado nesta...

Pretos em Harvard

Nós, Anderson, Daiane e Sharah, jovens negros, tivemos nosso...
spot_imgspot_img

Taxa de alfabetização chega a 93% da população brasileira, revela IBGE

No Brasil, das 163 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, 151,5 milhões sabem ler e escrever ao menos um...

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de energia, manejo ecologicamente correto na agricultura e prevenção à violência entre jovens nativos digitais. Essas...
-+=