quarta-feira, setembro 22, 2021
InícioQuestão RacialCasos de RacismoCandidato a prefeito de SP, Orlando Silva presta queixa por racismo

Candidato a prefeito de SP, Orlando Silva presta queixa por racismo

O candidato do PCdoB à prefeitura de São Paulo, Orlando Silva, prestou queixa na manhã desta terça-feira numa delegacia da capital paulista por ter sido vítima de racismo nas redes sociais. De acordo com o boletim de ocorrência registrado no 26º Distrito Policial, Silva, que também é deputado federal, afirma que sua assessoria tomou conhecimento de seis ofensas raciais praticadas no Twitter, Facebook e Instagram.

— Não podemos tolerar. Racismo é crime. Vou exigir uma investigação policial para que as pessoas saibam que a internet não é uma terra sem lei — afirmou Orlando.

Ainda no BO, o candidato lista os seis perfis que o atacaram e também relata a ofensa disparada por cada um deles. O candidato afirma ter sido chamado de “coisa feia dos infernos”, “rico em melanina”, “cara de bandido” e “negro de alma branca”. Um dos usuários do Instagram escreveu que gostaria de ver o deputado, que pertence ao PCdoB, “ser preto na União Soviética”.

Além das ofensas com cotação racial, o deputado também foi chamados pelos donos desses mesmo perfis de “canalha, corrupto e ladrão”, entre outros ataques. Orlando Silva tem feito da questão racial uma das principais bandeiras de sua campanha. É a primeira vez que o PCdoB lança um candidato em São Paulo.

RELATED ARTICLES