quarta-feira, setembro 28, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoCantora é vítima de racismo em restaurante: “Essa negra precisa aprender a...

Cantora é vítima de racismo em restaurante: “Essa negra precisa aprender a cantar”

O caso é investigado pela 1ª DP como injúria racial e vias de fato. Suposta autora negou o crime e disse que estava longe do palco

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga um suposto caso de injúria racial cometido por uma cliente do Vasto Restaurante, na Asa Sul, na noite dessa terça-feira (19/10). Uma empresária teria proferido as seguintes palavras contra Andresa Sousa Alves (foto em destaque), 34, durante uma apresentação no local: “Essa negra precisa aprender a cantar”. Além dos insultos, a autora teria agredido a artista com dois tapas no braço.

Segundo testemunhas, três mulheres aproximaram-se do palco, dentre elas a autora, para pedir uma música. Após Andresa cantar a canção solicitada, a mulher teria iniciado os insultos alegando que a profissional não sabia cantar. Ao Metrópoles, a empresária negou qualquer ato racista e disse que nem se aproximou do palco onde Andresa se apresentava. “Nem me levantei da mesa e estava de costas para a banda. Não sei nem o que dizer”, afirmou.

De acordo com o boletim de ocorrência, para evitar conflitos, a cantora disse que aprenderia a canção corretamente em outra oportunidade. No entanto, a cliente teria desferido dois fortes tapas no braço de Andresa, que seguiu ouvindo as provocações.

Em dado momento, a autora teria gritado no estabelecimento: “Essa negra não sabe cantar; vai aprender a cantar, negra”.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada por um dos clientes do estabelecimento. A empresária, porém, recusou-se a acompanhar os policias até a DP. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul, que intimará a autora a prestar depoimento. O caso foi registrado como injúria racial e vias de fato.,

O que diz o restaurante

Por meio de nota, o Vasto Restaurante lamentou o episódio. Leia na íntegra:

Em resposta ao triste episódio ocorrido ontem, o Vasto Restaurante se posiciona, por obvio, veementemente contra qualquer ato e/ou fala que endosse o crime de injuria racial. No momento do ocorrido, e durante o dia de hoje, prestamos todo apoio possível à vítima. Também nos colocamos à disposição das autoridades e das partes envolvidas para prestar os esclarecimentos necessários. Emitimos essa nota na certeza de que esse tipo de conduta deve ser reprimida sempre que presenciada“.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench