Carlinhos Brown lança ‘Marabô’ e apresenta sua programação de Verão

O CD teve lançamento com 160 mil cópias encartadas gratuitamente no Correio* e as apresentações da temporada começam domingo (12). Assista também entrevista exclusiva!

Márcia Luz

No momento em que tem seu nome consolidado internacionalmente e que ganha projeção nacional com a participação no realitty musical The Voice, o cantor, compositor e multiinstrumentista Carlinhos Brown afirma: “Quero ser regional e ser abraçado pelo seu povo”. Por esta razão, e, na contramão de grandes produções de CDs e DVDS, o artista acaba de lançar o álbum ‘Marabô’, com 160 mil cópias encartadas gratuitamente no jornal Correio*, nos dias 6 e 7. O trabalho traz muitos pontos fortes, entre eles as participações especiais de Luiz Caldas em ‘Afroascendente’ e Quésia Luz na música de trabalho ‘Vc, O Amor e Eu’, além da referência póstuma na música título – uma parceria com Saul Barbosa, falecido em 2010.

Trata-se de uma seleção delicada e cheio de referências regionalistas; de musicalidade simples, que pretende ser absorvida pelo público de maneira mais próxima em cada uma das 12 canções. O álbum deverá ser disponibilizado também no iTunes e ser vendido nas lojas, mas por enquanto, ele preferiu apostar neste novo formato de distribuição. Em seu perfil no facebook, o crítico musical Hagamenon Brito, editor de cultura do Correio* escreveu: “Para quem acompanha a trajetória de Brown é um prazer ver que sua linguagem mais simples (e por vezes prolixa) do começo da sua carreira chegou ao equilibrio atual entre o regionalismo e o pop global, num exercício autoral de criação onde a colaboração iniciada com Marisa Monte nos anos 1990 (e depois acrescida de Arnaldo Antunes) foi fundamental para harmonizar criatividade ritmica e romantismo”. O jornalista diz ainda que ‘Marabô’ é o trabalho que apresenta maior unidade, entre todos já lançados pelo artista.

Considerações à parte, o que Brown afirma desejar é tão somente cantar sua aldeia e estar perto do seu povo. Ele não descarta a possibilidade do novo CD tornar-se um projeto de grandes proporções nacionais, mas prefere salientar que anda mesmo em busca da essência de sua arte e sua música. Em entrevista ao iBahia, ele ressaltou que hoje ser nacional pode representar um certo desfoco da sua arte. “É bom ser nacional quando sua aldeia lhe canta e é tudo o que eu queria. Não pretendo ser um grupo de sucesso da moda. Preciso ser Carlinhos e cantar a minha a minha aldeia tem esse maior significado”, disse. E não pára aí. Brown é enfático nesta questão: “O mundo real e de valor é esse mundo que nos circunda, dos nossos familiares, dos amigos e vizinhos, daquele que lhe impulsiona a crescer e não daquele que que lhe conhece e analisa por causa da roupa, do jeito, de um gesto furtivo de três segundos na televisão. A vida é muito mais real do que virtual. O virtual que espere um pouquinho, porque eu não tenho paciência, neste momento, para apertar o play. Eu quero apertar a mão do outro e me aproximar do meu amigo e disseminar esta verdade, sem a pressa das multidões”.

Brown, que assina a trilha sonora do filme de Rio 2, uma produção de Hollywood que estreia em breve nos cinemas, comemora, em 2014, seus 35 Carnavais. Seja através do CD, das aparições em veículos de comunicação e nos projetos que lança para o Verão, ele afirma que usa a música também para se posicionar politicamente em relação ao Carnaval e também ao social, nesta fase. Uma das ações que melhor traduzem isso é o seu comprometimento com a criação do Afródromo e com a luta para garantir um cenário mais favorável para as entidades afro no Carnaval de Salvador, com um espaço de apresentação e melhores horários de desfile.

Aos 51 anos, o Cacique demonstra estar mesmo mais centrado e tranquilo, porém, segue com a mesma energia criativa e ânimo já conhecidos pelo público. Ele reuniu a imprensa na quinta (9), no Museu du Ritmo, para anunciar uma extensa programação de Verão. Tudo começa neste domingo (dia 12) e vai até a Quarta-Feira de Cinzas. Serão três grandes projetos e uma série de apresentações. Preparem-se porque lá vem: Sarau du Brown, Enxaguada du Bonfim e Afródromo Pré-Avenida com o concerto Pérolas Mistas. Em todos, estarão em foco as tradições regionais e percussivas com participação de nada menos do que 200 outros artistas, o que reforça a característica do artista como mobilizador cultural.

Carlinhos Brown 2 - 560  txdam171721 d7c6ba

Verão du Brown

Sarau du Brown – Carlinhos Brown e convidados (Giramundo, Os Orixás criação de Álvaro Apocalypse, Banda Lateral Elétrica, Amanda Santigo, Banda Didá, Lucy Alves, Daniel e Guilherme Arantes – Esses três no primeiro dia)
Datas: 12 e 26 de janeiro; 9 e 23 de fevereiro; 8 de março
Horário: A partir das 18h30
Local: Museu du Ritmo
Ingressos: R$ 160 (camarote) e R$ 80 (pista)
Vendas: TicketMix

Enxaguada du Bonfim – Carlinhos Brown convida Mariene de Castro, Belo e Nelson Rufino
Data: 16 de janeiro (Lavangem do Bonfim), 14h
Local: Museu du Ritmo
Ingresso: R$ 40
Vendas: TicketMix

Afródromo Pré-Avenida apresenta concerto Pérolas Mistas – Carlinhos Brown recebe Quésia Luz, Lazzo, Orquestra de Câmara de Salvador, Cortejo Afro, Filhos de Gandhy, Ilê Aiyê, Malê Debalê e Muzena, Cacicada e convidados
Datas: 31 de janeiro, 7, 14 e 21 de fevereiro (sextas-feiras), a partir das 20h
Local: Museu du Ritmo
Ingresso: R$ 40
Vendas: TicketMix

Assista entrevista com Carlinhos Brown exclusiva para o iBahia:

 

 

Fonte:iBahia

 

+ sobre o tema

Queen Latifah curte piscina e passeia no Cristo Redentor com a namorada

No Brasil curtindo dias de puro relax, Queen Latifah...

Stevie Wonder é destaque em homenagem à Motown Records

Em 1959, começava de forma humilde a gravadora Motown...

para lembrar

Americanos recorrem a DNA para provar raízes africanas

Os negros ricos americanos redescobriram a África. Com um...

Máscara Geledé é um dos destaques da exposição virtual “Tesouros dos Nossos Ancestrais”

Diversos são os tesouros deixados pelos nossos ancestrais. Materiais...

Países africanos querem financiamento dos BRICS nos seus projectos

Ministro das Relações Exteriores, George Chikoty, disse que com...

Rosana Paulino: sentir na pele

Rosana Paulino compartilha com sua obra a experiência do...
spot_imgspot_img

Nota de pesar: Flávio Jorge

Acabamos de receber a triste notícia do falecimento do nosso amigo e companheiro de militância Flávio Jorge, o Flavinho, uma das mais importantes lideranças...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Estou aposentada, diz Rihanna em frase estampada na camiseta

"Estou aposentada", é a frase estampada na camiseta azul que Rihanna, 36, vestia na última quinta-feira (6), em Nova York. Pode ter sido uma brincadeira, mas...
-+=